Vírus: 75% dos trabalhadores de supermercados infectados não têm sintomas – Portal Plural
Connect with us

Saúde

Vírus: 75% dos trabalhadores de supermercados infectados não têm sintomas

Publicado

em



 

Entre os que testaram positivo, 91% prestavam atendimento ao cliente.

Um novo estudo americano alerta que os trabalhadores de supermercados apresentam uma probabilidade até cinco vezes superior de testarem positivo para o novo coronavírus. Mais ainda, estima-se que 75% permaneçam assintomáticos.

Perante a atual pandemia da Covid-19 e a segunda onda do vírus que está assolando o mundo, em certos países os supermercados fazem parte das poucas lojas que permanecem abertas.

Porém, uma equipe de pesquisadores apurou que até 75% dos trabalhadores destes lugares que testam positivo para o novo coronavírus não manifestam qualquer sintoma.

No estudo, os acadêmicos analisaram 104 empregados num supermercado em Boston, nos Estados Unidos.

Cada trabalhador completou um questionário acerca do seu estilo de vida, histórico médico e laboral, antes de realizar o teste de diagnóstico.

De acordo com os resultados, um em cada cinco indivíduos testou positivo para o SARS-CoV-2, sendo que 75% dos quais estava e permaneceu assintomático.

Preocupantemente, entre os que testaram positivo, 91% prestavam atendimento ao cliente.

No estudo, publicado no BMJ, os pesquisadores disseram: “no momento em que trabalhadores essenciais passam a estar infectados, tornam-se numa fonte poderosa de transmissão devido aos serviços que prestam à comunidade”.

Os dados apurados revelaram ainda que vários trabalhadores reportaram problemas de saúde mental como consequência da pandemia. Aproximadamente 24% relataram sofrer de ansiedade, enquanto 8% de depressão.

Os pesquisadores afirmaram: “consideramos ser de extrema importância dar assistência aos trabalhadores essenciais, de modo a que consigam manter-se saudáveis tanto física como mentalmente durante a pandemia da Covid-19”.

 

 

Noticias ao Minuto

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos

Publicado

em



A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a indicação da vacina Comirnaty, da Pfizer, para crianças com 12 anos de idade ou mais. Com isso, a bula da vacina passará a indicar essa nova faixa etária para o Brasil.

 

De acordo com a agência, a ampliação foi aprovada após a apresentação de estudos desenvolvidos pelo laboratório que indicaram a segurança e eficácia da vacina para esse grupo. Os estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela Anvisa.

 

Antes, a vacina Comirnaty estava autorizada para pessoas com 16 anos de idade ou mais. Até o momento, esta é a única entre as vacinas autorizadas no Brasil com indicação para menores de 18 anos.

 

A vacina da Pfizer foi a primeira a receber o registro definitivo para vacinas contra covid-19 no Brasil.

Fonte: Rádio Colonial

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Saúde

Número de novos casos de Covid cai, mas internações aumentam em Três de Maio

Publicado

em



 

Boletim divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde de Três de Maio nesta quarta-feira (09/06) confirmou 14 novos infectados pela Covid-19 no município.

 

É o menor número de registros diários desde 19 de maio, quando foram informados 12 casos.

Agora, são 2.970 casos registrados desde o início da pandemia, com 2.796 recuperados, 138 ativos e 36 mortes.

Além disso, 259 pessoas com sintomas gripais estão em acompanhamento.

Dez moradores de Três de Maio diagnosticados com Covid-19 estão internados e outros dois aguardam resultados dos exames laboratoriais. Ontem, eram nove internações.

Conforme o Mapa de Leitos do governo do RS, a taxa de ocupação da UTI do Hospital São Vicente de Paulo na noite de hoje (09/06) chega a 109,1%, isto é, a instituição já ultrapassou a sua capacidade máxima de atendimento.

 

FONTE: RADIO COLONIAL

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Saúde

CASE de Santo Ângelo enfrenta surto de Covid-19

Publicado

em



De acordo com o diretor da instituição, Rodrigo Medeiros, no momento são 17 funcionários afastados e três hospitalizados. “Estamos em quarentena até o dia 16 de junho”, destacou. Segundo ele, houve dez casos de internos infectados, que já se recuperaram.

Medeiros contou, ainda que quando começou o problema a instituição entrou com um pedido para que o município vacinasse os trabalhadores do local. “A Susepe vacinou no mês de abril. Estamos pedindo vacina desde então. Praticamente todos os outros Cases do Estado já vacinaram. Seremos os últimos”, desabafou, acrescentando que os casos começaram a surgir em meados de maio na instituição.

Medeiros também contou que devido a esta situação, os internos não podem ter aula presencial e nem receber visitas familiares

Fonte: Redação Grupo Sepé

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×