7 dicas para evitar brigas nas redes sociais por causa de política – Portal Plural
Connect with us

Geral

7 dicas para evitar brigas nas redes sociais por causa de política

Publicado

em

Trabalhar as emoções e repeitar a opinião do outro deve ser um exercício diário para manter o vínculo com a família e amigos. ILUSTRAÇÃO GOOGLE


Neste período eleitoral de posturas tão acirradas entre os eleitores, tem muita gente perdendo amigos e vivenciando brigas com familiares. Os ânimos estão inflamados e muitos internautas estão usando as redes sociais não só para argumentar sobre suas posições políticas, mas também partindo para palavras agressivas. Algo que pode influenciar profundamente não só as relações pessoais, mas também as profissionais.

Para não passar uma impressão errada de intolerância no ambiente familiar, profissional ou de lazer, é importante ter alguns cuidados ao fazer postagens nas redes sociais ou divulgar informações no WhatsApp. Confira sete cuidados fundamentais para evitar brigas desnecessárias por causa de política:

1) Perceba que limites são necessários: é muito simples, no novo mundo online os valores devem ser os mesmos do mundo real. Muitos estão descobrindo essa realidade e acham que não existem leis, contudo, não é bem assim, por isso os cuidados devem ser similares aos que tomamos em nosso dia a dia, nos passeios, no trabalho ou em casa.

2) Foque no positivo: muitas pessoas debatem o problema dos outros, não seria melhor defender as qualidades do lado que defendem? O recomendável é valorizar e dar foco adequado ao que é positivo e evitar exposições desnecessárias.

3) Evite debates políticos mais tensos e brigas: emitir opiniões não tem problemas, contudo, em tempos de polarização, vemos muitas brigas e exposições desnecessárias, dificilmente mensagens em redes sociais mudarão opiniões de pessoas, muito pelo contrário, poderá ser vetor de ódio.

4) Respire fundo antes de responder: ao ver uma mensagem não precisa responder imediatamente, principalmente se estiver nervoso. Assim, não responda, pode até escrever o que pensa, mas deixe para enviar quando estiver mais calmo, releia antes de enviar. Na maioria das vezes perceberá que a resposta era desnecessária ou descabida.

5) Fuja da fake news: evite ser um replicador de informações falsas, nesta fase estão se multiplicando informações que não condizem com a verdade, assim cuidado ao enviar informações que recebe sem conferir fontes. E, se for curtir uma página ou participar de uma comunidade, pesquise antes, evite as que que incitem o ódio ou o preconceito.

6) Não faça para o outro o que não quer para você: antes de expor qualquer pessoa, pense bem: como se sentiria na posição do outro na hora que receber a mensagem? Se a pessoa te ofendeu, uma alternativa pode ser responder a mesma no particular, estabelecendo um limite na exposição.

7) Lembre-se, política passa: o momento político que passamos, mais cedo mais tarde, irá passar e teremos que nos adequar a uma realidade definida democraticamente. Assim, pense se vale a pena se desgastar com as pessoas por causa da política. Lembre-se, opiniões podem ser diferentes, sem interferir no afeto.

Fonte: Reinaldo Passadori, administrador de empresas com especialização em recursos humanos, especialista em Comunicação Verbal e CEO do Instituto Reinaldo Passadori de Comunicação Verbal

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

São Paulo confirma o terceiro caso da variante Ômicron no Brasil

Publicado

em



Passageiro vindo da Etiópia fez o teste para Covid-19 ao pousar em Guarulhos; ele está isolado, assintomático e foi vacinado com duas doses da Pfizer (mais…)

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Patrões têm até hoje para pagar a primeira parcela do 13º salário

Publicado

em



A primeira parcela do 13º salário será paga a 51 milhões de trabalhadores do mercado formal até esta terça-feira (30). A outra metade da remuneração extra precisa ser depositada até o dia 20 de dezembro.

Instituída pela Lei 4.749, de 1965, a gratificação natalina beneficia todos profissionais que atuam com carteira assinada, incluindo funcionários domésticos, urbanos e rurais.

Fonte: terra

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Mais de 27 mil horas de treinamentos na Prefeitura

Publicado

em



Capacitar, qualificar e oportunizar o aprimoramento. Estes são objetivos da Gestão, que busca com isso melhorar a eficiência e qualidade no atendimento público. Para isso, diversas ações estão sendo realizadas desde o início do ano, visando a melhoria continua no atendimento prestado para os contribuintes de Santa Rosa.

Nesse sentido, a Prefeitura tem realizado treinamentos em todas as áreas de serviços do município, totalizando mais de 27 mil horas neste ano. Se somadas as horas de treinamento da Fundação Municipal de Saúde já foram realizadas 59.469 horas.

Entre os vários treinamentos já realizados, um dos destaques foi para o de preenchimento da caderneta dos veículos. Após uma auditoria, foi percebido a maior atenção e até mesmo controle do uso. Esta atividade teve abrangência em 100% dos motoristas, operadores de máquinas e suas chefias.

Para o Secretário de Gestão, Ademir Rosa, este assunto era recorrente em sindicâncias e solicitações do Ministério Público, “A Secretaria de Gestão, através de seus propósitos, vem intensificando a importância da elaboração dos procedimentos padrões e também na execução de treinamentos aos servidores. Este é mais um que foi realizado e estamos alcançando o nosso objetivo, mostrando que podemos avançar ainda mais”.

Todas as semanas, são realizados treinamentos em diversas áreas, com destaque para a digitalização dos processos que já oportunizou um grande avanço no atendimento da Prefeitura. O projeto para 2022 é avançar ainda mais com o Planejamento Estratégico.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×