Zé Ricardo promete Inter ofensivo, mas sem mudanças radicais na forma de jogar – Portal Plural
Connect with us

Esportes

Zé Ricardo promete Inter ofensivo, mas sem mudanças radicais na forma de jogar

Pável Bauken

Publicado

em



 

Zé Ricardo revelou na primeira entrevista coletiva como técnico do Inter que quer uma equipe ofensiva nos 11 jogos que irá comandar o time no clube no Campeonato Brasileiro. Apesar de garantir que não irá alterar profundamente a forma como o Colorado joga, o treinador promete recuperar a parte mental dos jogadores e fazer pequenas alterações para lutar pela vaga na Libertadores.

“Pela pontuação que queremos, temos que buscar pontos dentro e fora de casa. São seis jogos fora e cinco no Beira-Rio. Então, temos que ser um time agressivo, que queira vencer as partidas, mas, lógico, com muita organização. Às vezes, determinadas partidas necessitam mais cuidados em alguns setores ou um comportamento diferente, mas, de uma forma geral, vamos sempre buscar os gols”, destacou.

O profissional destacou ainda que, independente da formação tática que o time irá jogar, é preciso ser ofensivo para buscar o objetivo. “Precisamos ter um comportamento agressivo. Gostar de ficar com a bola. Porém, em alguns momentos, vamos ter que jogar de acordo com o nosso adversário. Atuar como a situação exige. Precisamos ser efetivos e ganhar jogos”, afirmou.

O presidente Marcelo Medeiros abriu a coletiva desejando sucesso ao treinador e, na sequência, o executivo Rodrigo Caetano falou sobre a escolha. Revelou que havia conversado com Zé Ricardo na última semana e que teria ficado esperando uma resposta, já que o técnico tinha planos de intercâmbio nos últimos meses do ano.

O profissional revelou que aceitou o convite, mesmo com um período curto de contrato, pela clareza que os dirigentes tiveram com ele durante a negociação, pelo desempenho demonstrado pelo time durante o ano e pelo grupo experiente e de qualidade. Zé ainda fez questão de destacar o excelente trabalho feito por Odair Hellmann no Inter.

“Não queremos nenhuma mudança de forma radical, o que tem um risco muito grande. Queremos aproveitar o que o Inter tem de bom, potencializar nossos atletas, que são de alto nível, para que possamos, lógico, com as particularidades do trabalho que vamos desenvolver, chegar na vaga para a Libertadores”, declarou.

Confira o histórico de Zé Ricardo
O treinador começou a carreira na base do Flamengo e chegou a conquistar a Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2016. Em maio do mesmo ano, assumiu a equipe principal do rubro-negro. No clube carioca ficou à frente da equipe em 89 jogos. Foram 47 vitórias, 25 empates e 17 derrotas, com mais de 62% de aproveitamento, e um título, o Campeonato Carioca de 2017.

Entre o final de 2017 e início de 2018, foi técnico do Vasco da Gama onde teve 22 vitórias, 13 empates e 15 derrotas, com aproveitamento de pouco mais de 52% dos pontos disputados. No segundo semestre de 2018, acertou com o Botafogo. Acabou demitido em abril de 2019, ao cair na Copa do Brasil para o Juventude, após 41 partidas, com 17 vitórias, 11 empates e 13 derrotas, com aproveitamento de pouco mais de 55%.

O último trabalho de Zé Ricardo foi no Fortaleza. E ele não empolgou. Pelo contrário: são os piores números da carreira do treinador. Após assumir no lugar de Rogério Ceni, contratado pelo Cruzeiro, teve uma passagem de pouco menos de dois meses. Estreou com derrota para o Inter, por 1 a 0, no Castelão, e durou apenas sete partidas, com uma vitória, dois empates e quatro derrotas, e aproveitamento de 23,8%.

• A carreira de Zé Ricardo em números

187 jogos
87 vitórias
51 empates
49 derrotas
55,6% de aproveitamento

CP

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Atleta da equipe 15 Milhas tem ótimo resultado em competição

Pável Bauken

Publicado

em



“O segredo não é ter vontade de vencer, pois isso todo mundo tem. É a vontade de se preparar para vencer que é realmente importante.” E foi assim que João Vitor Brizolla fez para chegar ao 3º lugar no Campeonato Estadual Caixa de Atletismo sub20.

Atleta da equipe 15 Milhas de Corredores de Rua de Santa Rosa, Vitor leva muito a sério a sua rotina que se divide em trabalhar, estudar e treinar. Sabe o quanto é importante ter regras e entende que algumas se aplicam perfeitamente neste mundinho das corridas onde cair, se levantar, aprender e se superar são lições poderosas que fazem muita diferença.

A preparação é fundamental e Vitor teve uma base de apoio do treinador Claudio Menzel que ensinou os primeiros caminhos para ser um bom corredor. Só que o jovem foi se destacando e precisou um conhecimento mais específico para esta área de competições de pista e passou a contar com uma parceria do atleta Patrick que foi auxiliando em alguns treinamentos. Ninguém consegue ganhar medalhas sem treinar muito, ter dedicação e a disciplina é essencial para conquistas e superações.

João Vitor tem ótimos tempos em suas provas sendo o atleta de Santa Rosa mais bem colocado no JERGS na prova dos 3km em 2019, que foram somando para conseguir chegar em uma competição tão importante no qual muitos jovens sonham em chegar.

A prova foi realizada em Timbó/SC, o atleta jamais havia disputado uma competição em pista oficial de atletismo, quando foi convocado ficou apreensivo, mas o apoio da família e equipe 15 Milhas foi fundamental. Encontrou dificuldades por não ter condições financeiras para viajar e disputar esta prova devido a distância e precisaria custear as despesas para estar lá. João Vitor contou com o apoio da comunidade e amigos que se solidarizaram com a causa e fizeram doações e o mesmo é muito grato por tudo: “Eu acreditava em mim e sabia que podia ter bons resultados foi ai que decidi correr atrás do meu objetivo. Não coloquem limites em nada, pois quanto mais você sonha mais longe chega.” Relata João.

João Vitor participou de duas modalidades no sábado dia 08 de maio sendo:
5km conquistando o 3º lugar de 5 atletas da sua categoria
3km conquistando o 5º lugar de 9 atletas da sua categoria

Com este resultado passa a ocupar 10º posição no ranking brasileiro sub20, o que nos deixa orgulhosos. Parabéns Joãozinho!!! Esperamos que você se mantenha firme no caminho dos seus objetivos e assim possa conquistar muitas vitórias. Continue sendo este jovem humilde e terá uma jornada de muito sucesso. Desejo de todos os amigos da equipe 15 Milhas.

Lembrando que João Vitor não possui patrocínio, mas precisa muito de apoio para continuar a seguir firme na disputa por melhores resultados. Se alguém estiver disposto a investir neste atleta pode entrar em contato com o Claudio Menzel pelo telefone (055) 981229313.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

REFORÇO DENTRO E FORA DE QUADRA

Pável Bauken

Publicado

em



O Santa Rosa Sicredi Futsal anunciou o 15° jogador para a temporada 2021. O ala William Bigode assinou a renovação de contrato e já treina com os companheiros de equipe, em preparação para a Taça Farroupilha. William Amaral Santos tem 24 anos e foi um dos destaques na campanha do título da Liga Unificada. A permanência dele no clube passa também pelo patrocínio da Vencal Esportes, a loja oficial dos produtos do Santa Rosa Sicredi Futsal.

Fora de quadra, a comissão técnica também foi reforçada. Dailon Wachekowski é o novo preparador de goleiros. Novo mesmo! Aos 29 anos, vai ter a missão de treinar um dos mais experientes da posição: Danilo, de 47 anos. Dailon também terá a disposição os goleiros Murilo e Venicius.

A estreia na Taça Farroupilha é no dia 01/05. Segundo o diretor de futebol Sérgio Camargo, a competição vai servir de teste para o grupo que foi montado, com a manutenção de 10 atletas que estavam no clube em 2020. “Agora é dar rodagem para esse grupo, entrosamento no regional, pensando no principal objetivo, que é o Gauchão de Futsal Série B em julho”.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Esportes

Grupo reforçado no Santa Rosa Sicredi Futsal

Pável Bauken

Publicado

em



O Santa Rosa Sicredi Futsal anunciou mais dois jogadores antes de iniciar os treinos. E são dois conhecidos da torcida. Yago Miranda e Lucas Silva estiveram na campanha do título da Liga Unificada.

O pivô Yago tem 24 anos e foi o artilheiro da equipe na competição, com 11 gols em 10 jogos. Foi dele inclusive o gol do título. O fixo Lucas Silva, de 30 anos, também tem faro de gol. Em 2020, marcou 7 vezes em 12 jogos. Agora retornam para disputar o Gauchão de Futsal.

Com os dois reforços, a equipe deve começar a temporada com 14 atletas no elenco. Os treinamentos iniciam no dia 13 de abril. Além dos trabalhos em quadra, o Santa Rosa Sicredi Futsal contará também com o suporte da Academia Persona, auxiliando na preparação física dos jogadores.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×