X vermelho na mão: mulheres agredidas podem pedir socorro no comércio – Portal Plural
Connect with us

Destaque

X vermelho na mão: mulheres agredidas podem pedir socorro no comércio

Publicado

em

Pedido de socorro na mão - Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília


 

 

Um X vermelho desenhado na palma da mão com batom ou caneta. Este é o sinal sigiloso para mulheres que estão sendo vítimas de violência doméstica pedirem socorro no comércio do Distrito Federal.

 

 

Basta ir a farmácias, condomínios, hotéis e supermercados da região e mostrar a mão com o sinal, que os comerciantes vão entender que a mulher está vivendo uma situação de vulnerabilidade e estarão prontos para ajudar, sem alarde e chamar a polícia.

O pedido de socorro em forma de X faz parte do Programa de Cooperação e Código Sinal Vermelho. Ele foi instituído por decreto e saiu no Diário Oficial do Distrito Federal na semana passada.

 

Como

O programa está sendo colocado em prática pelas secretarias da Mulher (SMDF), de Segurança Pública (SSP) e unidades da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam)

Os funcionários dos estabelecimentos serão orientados a acolher essas mulheres e levá-las para um local seguro e discreto, até que possam receber atendimento especializado.

A orientação para quem receber a denúncia é manter a calma para não chamar a atenção das pessoas próximas sobre a condição da mulher e, menos ainda, levantar suspeitas do agressor, caso ele esteja por perto.

Os participantes do programa serão capacitados por meio de vídeos tutoriais e cartilha elaborados pela SMDF, SSP e unidades da Deam.

Entre as recomendações, quem receber o pedido de socorro deverá anotar os dados da vítima, caso ela tenha necessidade de sair do local, e ligar, imediatamente, para os números 190 (Emergência – Polícia Militar), 197 (Denúncia – Polícia Civil) ou 180 (Central de Atendimento à Mulher) para reportar a situação às autoridades competentes. Todas as informações deverão ser mantidas em sigilo absoluto.

Caberá à equipe policial levar a vítima à delegacia para registro de ocorrência, bem como garantir o transporte gratuito e seguro até uma unidade de saúde para atendimento médico, caso ela necessite.

A mulher também poderá ser conduzida a um dos centros de atendimento especializados, como o Centro Especializado de Atendimento a Mulher (Ceam), da Secretaria da Mulher, ou à Casa Abrigo, para que ela tenha acesso aos serviços de assistência social, psicológica e orientação jurídica.

 

Adesão

As instituições interessadas em aderir ao programa, de forma espontânea, deverão procurar a Secretaria da Mulher para ter acesso ao material de capacitação. Elas também receberão um selo de identificação que será afixado em lugar visível para que as mulheres reconheçam que aquele local está preparado para acolhê-las em caso de estarem vivendo uma situação de violência doméstica.

“Essa iniciativa é extremamente relevante porque amplia esforços e envolve toda a sociedade no enfrentamento à violência de gênero”, disse Irina Storni, subsecretária de Enfrentamento à violência contra as mulheres.

 

 

Pedido de socorro na mão - Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

 

 

FONTE: Só Noticia Boa

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Voos em Santa Rosa iniciam na próxima semana

Publicado

em



O Rio Grande do Sul ficará ainda mais conectado a partir da próxima segunda-feira (2/8). Quatro meses após o anúncio do governador Eduardo Leite de que a Azul ampliaria seus voos, a empresa iniciará a operação de oito novos destinos no interior do Estado.

Às 9h, decolará do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, o primeiro voo com destino a Bagé. Antes disso, o governador, secretários, deputados e representantes da companhia área e da concessionária Fraport participam da solenidade que inaugura as rotas regionais.

Ao longo da semana, a Azul inicia suas operações nas cidades de Alegrete, Erechim, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa, São Borja e Vacaria, com ligações diretas até a capital. Além das novas bases, Canela, na Serra, também volta a receber aeronaves da companhia.

Durante a cerimônia, prevista para começar às 7h30 de segunda-feira, a Azul oficializará cinco novos mercados partindo da capital gaúcha, que devem entrar em operação a partir de outubro: Maringá e Londrina, no interior do Paraná, Uberlândia, no Triângulo Mineiro, além de São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, no interior paulista.

SERVIÇO

O quê: ato de início de novos voos regionais
Quando: segunda-feira (2/8), às 7h30
Onde: aeroporto Salgado Filho (avenida Severo Dullius, 1.244)

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Vacinação avança para 35 anos em Santa Rosa

Publicado

em



Santa Rosa recebeu 872 novas doses para D1 (Dose Um) e 820 doses de D2 (Dose Dois). A partir de segunda-feira (02), será ampliada a vacinação. Serão vacinadas pessoas a partir de 35 anos.

Também será aplicada a vacina no grupo das gestantes e puérperas, inclusive, gestantes adolescentes de 12 a 17 anos, essas, com o imunizante da Pfizer, o único autorizado no Brasil para pessoas abaixo dos 18 anos. As gestantes que fizeram D1 (Dose Um) com o imunizante da AstraZeneca e ainda não deram à luz aos seus bebês, podem completar seu esquema vacinal com o imunizante da Pfizer. A aplicação das doses será feita em todas as Unidades Básicas de Saúde até terminarem os estoques. O atendimento será mediante agendamento prévio por telefone ou presencial. É preciso levar documento com foto, CPF, cartão SUS e caderneta de vacinação.

Santa Rosa já aplicou até o momento, 61.739 doses. Do total, 40.456 foram de D1 (Dose Um), essa quantidade corresponde a 55% da população vacinada, 19.019 de D2 (Dose Dois) e 2.264 de D.U (Dose única), sendo assim temos 21.283 pessoas com a imunização completa, 29% dos santa-rosenses. Também estão sendo aplicadas de forma antecipada a segunda dose da vacina AstraZeneca. Quem já recebeu a primeira dose da vacina há no mínimo dez semanas, ou seja, 70 dias da aplicação, já pode buscar uma das 18 unidades de saúde para completar o seu esquema vacinal.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Dep. Bibo Nunes reforça apoio à ponte em Porto Mauá

Publicado

em



A ACISAP recebeu na última quarta-feira o Deputado Federal Bibo Nunes (PSL), para discutir e buscar soluções em relação à importância da ponte em Porto Mauá para o desenvolvimento da região, especialmente no que tange ao escoamento da produção local. Em reunião com o deputado estiveram a Presidente da ACISAP, Lídia Linck Lagemann, o Vice-Presidente de Comércio da ACISAP, Cássio Feltes, o Presidente da Fundação Pró Construção da Ponte Internacional Alba Posse – Porto Mauá, Artur Lorentz e o representante local do Dep. Bibo Nunes, Jeremias Barbosa. Atualmente, a Fundação Pró Construção da Ponte Internacional está em busca de recursos para contratar o projeto oficial, com chancela do DNIT.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Powered by WhatsApp Chat

×