WhatsApp: administradores de grupos poderão apagar mensagens - Portal Plural
Connect with us

Tecnologia

WhatsApp: administradores de grupos poderão apagar mensagens

Publicado

em


Academia Personatopo humbeto pluralNuveraFAST AÇAÍ

O mensageiro WhatsApp está desenvolvendo uma nova função que dará mais poderes aos administradores de grupos de conversa na plataforma.

De acordo com o site WABetaInfo, a versão Beta 2.22.1.7 do aplicativo para Android traz um recurso que permite aos administradores apagarem qualquer mensagem nova ou antiga na conversa — ao que tudo indica, algo que vale inclusive para controlar outros administradores.

Como mostra a imagem abaixo, os recados apagados deixam o indicativo de qual dono do grupo apagou a mensagem, diferente de quando alguém remove algo escrito por si mesmo.

Dar mais poderes aos administradores pode ser uma forma do WhatsApp de aumentar a moderação nos grupos: várias dessas conversas massivas possuem regras próprias, mas difíceis de serem controladas em um ambiente de poucos controles para os responsáveis.

Por enquanto, a nova função está ainda em desenvolvimento para operar de forma estável nos dispositivos móveis. Não há uma data de lançamento prevista para a sua inclusão nas versões da plataforma para Android, iOS ou Web.

FONTE:TECMUNDO

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Amazon e Vrio lançarão internet via satélite na América do Sul, competindo com Starlink

Publicado

em

portal plural amazon e vrio lançarão internet via satélite na américa do sul, competindo com starlink
reprodução internet
NuveraAcademia Personatopo humbeto pluralFAST AÇAÍ

A Amazon e a empresa de telecomunicações Vrio anunciaram nesta quinta-feira que irão lançar conjuntamente um serviço de internet via satélite em sete países da América do Sul, colocando-se em concorrência direta com a Starlink, de Elon Musk.

A Vrio, empresa norte-americana que administra a filial latino-americana da DirecTV e a Sky Brasil, oferecerá o serviço a clientes na Argentina, Brasil, Chile, Uruguai, Peru, Equador e Colômbia.

“Acreditamos que a oportunidade é enorme”, disse Lucas Werthein, vice-presidente da Vrio, à Reuters.

O Projeto Kuiper, da Amazon, iniciado por um ex-funcionário da Starlink, fornecerá internet utilizando satélites em órbita baixa da Terra.

“Cerca de 200 milhões de pessoas na região têm acesso precário, pouco ou nenhum acesso à internet”, afirmou Werthein, citando estimativas do Banco Mundial. “Acrescente a isso o terreno geográfico e os desafios de grandes investimentos em infraestrutura.”

O serviço está previsto para entrar em operação em meados de 2025, começando pela Argentina, conforme o plano de lançamento do Projeto Kuiper.

Nos próximos meses, o Projeto Kuiper detalhará seu plano para colocar 3.236 satélites em órbita, disse Bruno Henriques, chefe de desenvolvimento de negócios da empresa na América Latina.

A Amazon anunciou em 2019 a intenção de investir US$ 10 bilhões no projeto.

“Nosso objetivo é que todos os clientes, quer vivam em áreas urbanas, suburbanas ou rurais, tenham o mesmo nível de acesso à banda larga”, afirmou Henriques.

Fonte: Forbes Brasil

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Pesquisadores desenvolvem cão-robô para coletar ar tóxico em ambientes perigosos

Publicado

em

whatsapp image 2024 06 13 at 17.21.57
Foto: Divulgação/ Bin Hu
topo humbeto pluralNuveraFAST AÇAÍAcademia Persona

Pesquisadores criaram um robô canino capaz de coletar partículas de ar para análise da composição atmosférica em ambientes potencialmente perigosos. Equipado com um braço articulado, o dispositivo pode acessar locais inacessíveis aos humanos.

Durante os testes, o protótipo foi enviado a aterros sanitários, sistemas de esgoto, áreas de incêndio e depósitos de produtos químicos, onde coletou amostras de ar para detectar compostos orgânicos voláteis (VOCs) perigosos. O estudo, publicado na revista Analytical Chemistry da ACS, descreve detalhadamente os testes realizados com o robô.

Realizando tarefas que seriam arriscadas para técnicos humanos, o robô acessa ambientes com ar potencialmente tóxico e retorna as amostras para um espectrômetro de massa portátil, que permite a análise imediata da composição das amostras. O estudo demonstrou que o dispositivo realiza essas operações em menos tempo do que seria necessário para transferir as amostras a um laboratório externo.

No futuro, a equipe planeja desenvolver sistemas móveis de detecção de gases perigosos e VOCs, integrando-os a dispositivos controlados remotamente, como drones aéreos e pequenas embarcações.

Fonte: CNN Brasil

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Tecnologia

Robô com IA ajuda a combater o desperdício de água e vazamentos em cidades brasileiras

Publicado

em

portal plural robô com ia ajuda a combater o desperdício de água e vazamentos em cidades brasileiras
Foto: Cesa/ES
Academia Personatopo humbeto pluralFAST AÇAÍNuvera

Uma nova iniciativa tecnológica está revolucionando o combate ao desperdício de água e vazamentos em diversas cidades brasileiras. Trata-se de um robô equipado com inteligência artificial (IA), que já está em pleno funcionamento no Espírito Santo, em São Paulo, no Ceará, na Bahia, na Paraíba e no Distrito Federal.

Este robô opera diretamente nas tubulações, dispensando a necessidade de cortes ou grandes aberturas no asfalto. Seu sistema é controlado remotamente, garantindo uma intervenção precisa e eficiente.

Desenvolvida com tecnologia alemã, a máquina é avaliada em cerca de R$ 10 milhões, de acordo com informações da Companhia Espírito-santense de Saneamento (Cesan). Ela representa um Método Não-Destrutivo (MND) para substituição de redes de água, reduzindo consideravelmente os prejuízos causados por vazamentos.

Apesar de suas dimensões compactas, o robô, com aproximadamente 1 metro de altura, é dotado de alta inteligência e eficácia. Controlado por um técnico através de um computador com controle remoto, o equipamento é capaz de identificar e corrigir vazamentos, utilizando uma peça semelhante a um plástico, aquecendo-a para reparar danos na tubulação.

Uma das vantagens mais notáveis desse sistema é a sua capacidade de realizar os reparos sem a necessidade de interdição das ruas, tornando o processo de manutenção mais ágil e menos disruptivo para a comunidade.

O projeto está em fase de expansão pelo país, embora, segundo o presidente da Cesan do Espírito Santo, Munir Abud de Oliveira, ainda existam poucas unidades em operação. No estado capixaba, o robô está focado exclusivamente na recomposição da rede de água, contribuindo diretamente para a preservação dos recursos hídricos e a redução do desperdício.

Dados fornecidos pela empresa capixaba revelam que aproximadamente 40% da água tratada é perdida devido a vazamentos e ligações clandestinas, conhecidas como “gatos”, evidenciando a urgência e a importância desse tipo de tecnologia no contexto atual.

Fonte: Só notícia boa

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×