Trinta anos depois, Sol a Sol volta a ser realizado em Giruá – Portal Plural
Connect with us

Agro

Trinta anos depois, Sol a Sol volta a ser realizado em Giruá

Publicado

em



 

As comunidades rurais de Giruá voltaram a confraternizar, 30 anos depois da última edição, na fase municipal dos Jogos Rurais Sol a Sol. A retomada dos Jogos ocorreu neste domingo (25/08), acompanhada por um público de mais de 700 pessoas, que prestigiou as diversas modalidades individuais e coletivas.

O evento foi promovido pela Emater/RS-Ascar, Prefeitura de Giruá e pela comunidade anfitriã, Boca da Picada. Entre as modalidades disputadas por 287 atletas, sendo homens e mulheres de diferentes faixas etárias, estiveram futebol cinco, voleibol, milho no buraco, batida de prego, corrida de saco, cabo de guerra, chute de pênalti, bocha, corte de lenha, debulha de milho, salto em distância, tiro de laço na vaca parada, entre outros.

Também houve escolha da Garota, do Garoto, do Homem e Mulher Sol a Sol. A faixa de Garota Sol a Sol foi para Karine Mendonça de Oliveira, da comunidade de Mato Grande. Já o título de Mulher Terceira Idade ficou com Valmi Scherer Weber, de Boca da Picada, e de Homem Terceira Idade, com Amarino de Almeida Marque, da localidade de Santa Lúcia.

Entre os objetivos do evento estão a integração das famílias rurais e das entidades parceiras que atuam para o desenvolvimento rural sustentável; promoção de melhorias na área de lazer e de organização rural; levantamento de recursos para as comunidades usarem em infraestrutura comunitária; envolvimento das famílias rurais com esporte, lazer e recreação em uma mesma oportunidade; resgate cultural e promoção da integração entre várias gerações com inclusão social.

Como tudo começou

Em 1982, um grupo de extensionistas da Emater/RS-Ascar do Noroeste gaúcho iniciou um trabalho voltado ao lazer e à recreação das famílias rurais. A iniciativa surgiu a partir da reivindicação de mulheres e jovens rurais para mais lazer e melhor qualidade de vida no meio rural.

Diante do desafio, foi organizado ainda naquele ano um torneio padronizado, os “Jogos Rurais Sol a Sol”, uma referência ao feito da família rural, que acordava cedo e trabalhava até o fim do dia, ou seja, do nascente ao poente do sol. Assim, a primeira edição envolveu famílias rurais, em fases municipal, microrregional e regional.

A partir do regulamento elaborado, foram iniciados trabalhos de sensibilização junto às equipes de extensionistas municipais, a fim de mobilizar o público. Giruá passou a realizar a fase municipal dos Jogos Rurais Sol a Sol em 1984, seguindo anualmente até 1988 e a 6ª edição, em 1989.

Diante dos anseios apresentados pelas famílias rurais, a equipe municipal da Emater/RS-Ascar uniu esforços com a Prefeitura de Giruá e a comunidade de Boca da Picada para, em 2019, realizar a 7ª edição, voltando a oportunizar às famílias rurais momentos de lazer, esporte, integração entre comunidades e organização social.

O evento contou com o apoio da Agropecuária Giruá LTDA, TransLupi Transportadora, Agrovema, Coopermil, Cegil, Sicredi, Habilitare Clínica de Saúde, Posto do Marcos, Madeireira e Serraria Schmidt, Auriverde, Cultivar, Pippi Máquinas, Taborda Transportes, Atelier Encantare e Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agro

RTC e cooperativas iniciam projeto pioneiro na prevenção de doenças da soja

Publicado

em



Com o objetivo de aprimorar o conhecimento técnico e prático na área da fitopatologia, a Rede Técnica Cooperativa – RTC promoveu o treinamento sobre a utilização de coletores de esporos para monitoramento de oídio e ferrugem na cultura da soja.

O treinamento simboliza o início de um projeto pioneiro conduzido entre a RTC e as cooperativas, baseado em uma rede de coletores de esporos distribuídos pelo Estado, com o propósito de monitorar a flutuação do inóculo de Phakopsora pachyrhizi e Microsphaera diffusa, fungos causadores de ferrugem e oídio, respectivamente.

O evento ocorreu no dia 05 de outubro, na área de pesquisa e tecnologia da CCGL, e contou com 12 das cooperativas associadas participantes da primeira fase do projeto.

Participam da primeira fase do projeto as cooperativas: Coopatrigo, Cotripal, Agropan, Cotrijal, Cotriel, Cotrisal, Coopermil, Cotricampo, Cotrisul, Cotrijuc, Cotribá e Coasa, além da CCGL, cooperativa que coordena a iniciativa por meio do projeto da RTC.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Agro

Otimismo marca abertura oficial da colheita do trigo no RS

Publicado

em



Em meio a um cenário positivo para a safra de trigo, com aumento de área e de preço, foi aberta oficialmente nesta segunda-feira (18/10) a colheita do trigo no Rio Grande do Sul. A cerimônia aconteceu na Fazenda Santa Terezinha, em Cruz Alta. Até o momento, as máquinas já colheram mais de 5%, ou seja, aproximadamente 60 mil hectares de uma produção estimada pela Emater/RS-Ascar em 3,59 milhões de toneladas.

Puxado pela demanda aquecida, o preço do trigo subiu. A saca de 60 kg, em média, vale R$ 80,70. No mesmo período do ano passado o produto era cotado em R$ 62,13.

A confiança dos produtores no cereal elevou o trigo à principal safra de inverno, à frente da aveia branca grãos (799.714 t), cevada (129.934 t) e canola (55.672 t). A área cultivada com o grão no Estado superou um milhão de hectares, o que não acontecia desde 2014. Dos 915,7 mil hectares cultivados na safra do ano passado neste ano a área cultivada foi de 1.177.487 hectares.

Em que pesem perdas registradas, principalmente no Noroeste gaúcho, o cenário é “positivo”, na avaliação de Tarcísio Minetto, coordenador da Câmara Setorial do Trigo, uma das 23 câmaras setoriais da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Agro

Massey Ferguson lança revista da Turma da Mônica sobre a evolução da agricultura no Brasil

Publicado

em



Publicação será distribuída gratuitamente para produtores rurais

A história da Massey Ferguson no Brasil será contada em quadrinhos pela Turma da Mônica. Referência no mercado agrícola brasileiro, a marca lança no mês das Crianças um gibi especial sobre a trajetória e a evolução da agricultura brasileira. A iniciativa é parte das celebrações dos 60 anos da inauguração da sua primeira fábrica no Brasil.

Com o título “Plantando tecnologia e colhendo boas histórias”, a aventura se passa no sítio de Chico Bento, que também comemora 60 anos em 2021. Cebolinha, Mônica e Magali conhecem um pouco do dia a dia do campo e a importante contribuição da marca para o processo de mecanização agrícola e desenvolvimento da agricultura de precisão no país.

A produção da revista especial em quadrinhos, pelo estúdio Mauricio de Sousa, teve assessoria da equipe da empresa de tratores e equipamentos agrícolas passando, em uma linguagem simples e bem humorada, esta história que se mistura com o desenvolvimento da agricultura no Brasil.

As publicações serão distribuídas gratuitamente a partir de outubro para produtores rurais, filhos de funcionários e escolas de algumas regiões do país. Os gibis ainda estarão disponíveis, também gratuitamente, nas concessionárias da Massey Ferguson.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×