Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Trabalhador já pode cancelar crédito automático do FGTS na Caixa – Portal Plural
Connect with us

Geral

Trabalhador já pode cancelar crédito automático do FGTS na Caixa

Pável Bauken

Publicado

em



 

Os trabalhadores com conta poupança na Caixa Econômica Federal que não quiserem o crédito automático do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) já podem solicitar o cancelamento pela internet. O prazo para pedir o cancelamento vai até 30 de abril de 2020.

A solicitação do trabalhador para cancelar o crédito automático em conta poupança está disponível no site fgts.caixa.gov.br desde a última segunda-feira (05), e nos demais canais de atendimento, a partir de 12 de agosto de 2019. No site, o trabalhador pode visualizar o valor a receber, a data do saque e quais canais de atendimento estão disponíveis. A Caixa também criou uma central de atendimento com número 0800 724 2019.

As informações constam de circular da Caixa publicada na edição de hoje (8) do Diário Oficial da União.

De acordo com a circular, a Caixa terá até 60 dias para processar o pedido de cancelamento. O estorno do crédito automático poderá ser realizado caso os valores depositados, provenientes da conta vinculada do FGTS, não tenham sido sacados da conta poupança.

A Caixa Econômica Federal inicia, em setembro, o pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os repasses serão feitos até 31 de março de 2020, conforme a data de nascimento dos beneficiários.

O valor será depositado automaticamente em conta poupança, no dia 13 de setembro, para pessoas nascidas em janeiro, fevereiro, março e abril, que têm conta poupança na Caixa.

Aqueles com data de aniversário em maio, junho, julho e agosto, recebem a partir do dia 27 de setembro de 2019. Para trabalhadores nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro, o pagamento será feito a partir do dia 9 de outubrode 2019.

De acordo com a Caixa, o crédito automático só será realizado para quem abriu conta poupança até o dia 24 de julho de 2019.

O pagamento aos não correntistas da Caixa seguirá o seguinte cronograma:

Os saques de até R$ 100 poderão ser realizados em casas lotéricas, com apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF. Será feita a leitura da digital no momento do saque.

Para quem possui cartão Cidadão e senha, o saque poderá ser feito nos terminais de autoatendimento, em unidades lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui. O trabalhador também poderá procurar atendimento nas agências da Caixa. Os valores poderão ser transferidos para outro banco, com pagamento de tarifa.

Fonte Agência Brasil
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Polícia do Rio combate quadrilha que rouba combustível da Petrobras

Reporter Global

Publicado

em



 

A ação faz parte das segundas e terceiras etapas da Operação Sete Capitães, e ocorre na região norte do estado do Rio

 

 

A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) cumprem hoje (4) 14 mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra uma quadrilha especializada em roubar combustível de dutos da Petrobras e da Transpetro.

A primeira etapa da operação ocorreu em novembro de 2019 e cumpriu oito mandados de prisão. Na ocasião, foram identificados os líderes, executores e seguranças da quadrilha, que tinha um policial militar da ativa.

Integrantes do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPRJ, conseguiram identificar receptadores do combustível roubado nas cidades de Rolândia, no Paraná, e Vila Velha, no Espírito Santo. E também nos municípios paulistas de Ourinhos e Iracemápolis.

Os denunciados vão responder por crimes de organização criminosa, furto, receptação, uso de documento falso e comunicação falsa de crime.

Além do Gaeco/RJ, participam da operação a Coordenadoria de Segurança e Inteligência, Polícia Civil do Rio de Janeiro e as Gaecos do São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Espírito Santo.

 

 

Noticias ao Minuto

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Sobe para 11 o número de presos em assalto a banco em Criciúma

Reporter Global

Publicado

em

Sobe para 11 o número de presos em assalto a banco em Criciúma | Foto: Guilherme Cordeiro / AFP / CP

 

Pelo menos 30 homens participaram do roubo a banco, com armamentos de guerra e explosivos. Moradores foram feitos reféns em vias públicas

 

 

Subiu para 11 o número de pessoas presas acusadas de envolvimento no assalto a uma instituição bancária de Criciúma, em Santa Catarina. A Polícia Civil chegou aos novos suspeitos de participarem do mega assalto por meio de um ticket de abastecimento do carro e prendeu mais duas pessoas em Campinas, no interior de São Paulo.

Após o ataque da última terça-feira (1º) na cidade catarinense, a polícia iniciou as investigações. Dentro de um dos carros abandonados pela quadrilha em um matagal na cidade de Nova Venza, foi localizado um comprovante de pagamento de abastecimento de um carro, uma BMW branca.

O comprovante mostrava que o carro havia sido abastecido em um posto de combustíveis na cidade de Campinas, no interior paulista. Pelo posto, foi identificado o cartão em que a compra foi efetuada.

A dona do cartão utilizado foi identificada como Sheila, posteriormente apontada como irmã de um dos suspeitos de ter participado do ataque, conhecido como Diego. A polícia foi até o apartamento dela, onde foram localizadas cápsulas de munição de fuzil.

A polícia descobriu que o marido de Sheila, Eduardo, abasteceu o carro com o cartão da esposa e entregou o veículo para Diego. A mulher teria confessado que o irmão seria integrante de quadrilha de roubo de banco.

Eduardo, assim como Sheila, também foi detido. Ele foi localizado em seu escritório , onde foi encontrado o cartão usado no posto e alguns celulares, que foram apreendidos. A polícia foi, então, até a casa do pai do Diego e Sheila. O pai também foi encaminhado à delegacia, onde prestou depoimento e foi liberado. Eduardo e Sheila foram encaminhados ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), onde permanecerão detidos.

 

 

Correio do Povo

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Pedidos de falência crescem 10,1% em novembro ante outubro, diz Boa Vista

Reporter Global

Publicado

em



 

Na comparação com novembro de 2019, os pedidos de falência cresceram 61,4% e, no acumulado de 2020, avançam 10,5% em relação a igual período do ano anterior.

 

 

O número de pedidos de falência por empresas cresceu 10,1% em novembro ante outubro, informou nesta sexta-feira a Boa Vista. É o segundo aumento seguido na margem, depois de três meses de quedas, de julho a setembro.

Na comparação com novembro de 2019, os pedidos de falência cresceram 61,4% e, no acumulado de 2020, avançam 10,5% em relação a igual período do ano anterior. Na outra ponta, as falências decretadas caíram 39,6% em novembro ante outubro, mas, apesar da redução na margem, ainda sobem 13,4% na comparação com igual mês de 2019 e 0,3% no acumulado de 2020.

“As falências decretadas apontam desaceleração em seu ritmo de queda na análise acumulada, sugerindo que as empresas ainda estão encontrando dificuldades em seus indicadores de solvência neste final de ano”, diz, em nota, a Boa Vista.

A empresa apurou queda de 16,9% dos pedidos de recuperação judicial em novembro ante outubro, equivalente a um crescimento de 30,2% na comparação com novembro de 2019 e de 19,9% no acumulado de 2020. As recuperações judiciais conferidas cederam 16,7% na margem, mas subiram 2,7% na comparação interanual e 16,9% no ano.

O indicador de falências e recuperações judiciais da Boa Vista é construído com base na apuração de dados mensais de fóruns, varas de falências, Diários Oficiais e do Poder Judiciário de Estados registrados na base do SCPC.

 

 

Noticias ao Minuto

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×