Tempo instável e risco de raios em quase todo o Brasil - Portal Plural
Connect with us

Clima/Tempo

Tempo instável e risco de raios em quase todo o Brasil

Publicado

em


FAST AÇAÍ15 topo humberto pluralNuverabanner plano0 goldAcademia Persona

Muitas áreas de instabilidade continuam se formando por quase todo o Brasil por causa da grande disponibilidade de umidade de calor que existe na atmosfera.

Uma área de baixa pressão atmosférica está ganhando força sobre o Rio Grande do Sul, o que vai estimular mais nuvens carregadas sobre este estado

Uma massa de ar seco ganha força sobre o Nordeste diminuindo as condições para chuva em parte da região

Previsão do tempo para 3/2/2021 – quarta-feira

O tempo permanece bastante instável em quase todo o Brasil nesta quarta-feira, 3 de fevereiro. Quase todo país tem um dia abafado, com períodos de sol e muitas nuvens e pancadas de chuva com raios durante a tarde e à noite.

Na região de Manaus, no oeste da Bahia, na divisa entre Goiás e Mato Grosso, no extremo norte do Amapá e também no leste da Bahia, incluindo a região de Salvador, pode chover várias vezes durante o dia.

Poucas pancadas de chuva são esperadas para o leste de Minas, para o Espírito Santo e para o norte do estado do Rio De Janeiro.

Em São Paulo a chuva se concentra entre a tarde e a noite e ainda pode vir forte em alguns pontos, mas de forma isolada e com curta duração. O destaque ainda é o calor.

O tempo fica seco, com predomínio de sol o dia todo, na região mineira do Vale do Jequitinhonha, no centro-norte do Maranhão e do Piauí, nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e no extremo norte da Bahia.

As capitais Teresina, Fortaleza, Natal, João Pessoa, Recife, Maceió e Aracaju passam o dia com tempo firme e predomínio de sol.

No centro-sul e oeste do Rio Grande do Sul o tempo fica instável o dia todo, já com risco de pancadas de chuva desde a madrugada.

Alertas meteorológicos para 3/2/2021

As condições para pancadas de chuva e raios sobre o Brasil permanecem bastante elevadas durante esta quarta-feira. Na maioria das áreas do país, a situação é de atenção para o risco de chuva moderada a forte, com raios e fortes rajadas de vento.

Alerta especial para o sul do Rio Grande do Sul: perigo de temporais com granizo e chuva volumosa. A região de Pelotas e de Bagé estão nesta situação

Alerta para temporais na Grande Porto Alegre e em todo o centro-oeste do Rio Grande do Sul

Alerta para temporais no estado de Goiás, no Distrito Federal, no leste de Mato Grosso, em Palmas em todos os centro, sul e leste do Tocantins, no oeste da Bahia e também no Acre.

Não há nenhuma situação de risco para o estado do Rio de Janeiro, Espírito Santo e para a região de Belo Horizonte e o centro-leste de Minas Gerais.

Também ficam fora da área de risco de eventos meteorológicos especiais a região de Boa Vista, o norte e leste de Roraima, a região de Santarém, Altamira e Tucuruí, no Pará, as áreas do Nordeste no centro-norte do Maranhão e do Piauí, o norte da Bahia, os estados de Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará

Clima Tempo

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima/Tempo

Santa Rosa terá dia ensolarado com início do veranico no RS

Publicado

em

portal plural santa rosa terá dia ensolarado com início do veranico no rs

15 topo humberto pluralAcademia Personabanner plano0 goldFAST AÇAÍNuvera

O sol brilhará em todo o Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (18), marcando o início de um veranico que se estenderá até o dia 25 de julho. Apesar do tempo firme, algumas áreas podem apresentar períodos de nebulosidade ao longo do dia. As temperaturas sobem, principalmente à tarde, enquanto manhãs e noites permanecem frias.

A região Norte do estado registrará as temperaturas mais altas, com máxima prevista de 25°C em Novo Tiradentes. Já as mínimas mais baixas, de 3°C, ocorrerão em São José dos Ausentes e Soledade, na Serra gaúcha. No Noroeste, a variação será de 8°C a 25°C.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

Veranico na segunda quinzena de julho trará temperaturas até 10°C acima da média no RS

Publicado

em

portal plural veranico na segunda quinzena de julho trará temperaturas até 10°c acima da média no rs
Foto: Divulgação
banner plano0 gold15 topo humberto pluralAcademia PersonaNuveraFAST AÇAÍ

Após uma primeira quinzena de frio intenso, a segunda metade de julho trará um veranico ao Rio Grande do Sul. Segundo a Climatempo, as temperaturas podem ficar até 10°C acima da média para o período, trazendo de volta a sensação de calor ao estado. A elevação das temperaturas será gradual, com um período mais quente começando na sexta-feira (19). Guilherme Borges, meteorologista da Climatempo, afirma que os próximos dias serão de tempo seco, com predomínio de sol e aumento gradual das temperaturas. Na terça-feira (16), ainda pode chover na faixa norte do Estado, mas os volumes serão insignificantes.

— De 19 a 26 de julho, o Rio Grande do Sul enfrentará temperaturas acima do normal. O Estado deve passar por um veranico, conforme indicado por dois modelos meteorológicos convergentes. O tempo será firme e quente — explica Schneider.

Na região oeste do Rio Grande do Sul, em áreas como a Campanha, que registrou mínimas negativas nas últimas semanas, as temperaturas devem ficar de 4°C a 6°C acima da média. Em algumas regiões, podem ultrapassar de 8°C a 10°C do habitual para o período. Em Uruguaiana, na Fronteira Oeste, a temperatura mínima média geralmente é de 12°C ou 13°C. Se ficar de 8°C a 10°C acima, pode chegar a 23°C. As máximas, que costumam ser em torno de 19°C, podem atingir 27°C ou 28°C, o que é quente para essa época do ano. — Será uma situação incomum para julho, que normalmente não apresenta veranicos — exemplifica Schneider.

No Norte e Noroeste — especialmente nos municípios que fazem divisa com Santa Catarina — as máximas podem alcançar ou ultrapassar os 30°C.

Bloqueio atmosférico Segundo Borges, o retorno do calor será provocado por um bloqueio atmosférico na região central do Brasil, que envolve áreas de alta pressão, inibindo a formação de nuvens de chuva, retirando a umidade e elevando as temperaturas.

Retorno da chuva A partir do dia 24 de julho, o cenário mudará com o retorno da chuva, que deve amenizar um pouco o calor. As temperaturas permanecerão de 2°C a 4°C acima da média. No dia 26, os termômetros devem voltar à normalidade.

Fonte: GZH

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

Semana terá retorno do sol e temperaturas em elevação no RS

Publicado

em

portal plural (1)
Foto: Divulgação
FAST AÇAÍAcademia PersonaNuverabanner plano0 gold15 topo humberto plural

Depois de um período de frio e muita instabilidade, os gaúchos devem ganhar um alívio nas condições do tempo a partir desta segunda-feira (15). A expectativa da meteorologia é de que a maior parte do Rio Grande do Sul tenha dias de sol entre nuvens e temperaturas em elevação, pelo menos até o meio da semana. A previsão da Climatempo indica que, nesta segunda, o sol deve reaparecer entre nuvens ao longo de todo o dia. Não há expectativa de chuva em praticamente todo o Estado. Apenas na faixa litorânea a expectativa é um pouco diferente: o tempo pode ficar instável com possibilidade de chuva a qualquer momento.

A massa de ar polar que estava  no Rio Grande do Sul nos dias anteriores começa a perder força, e as temperaturas passam a se elevar em algumas áreas. Na Serra, porém, o frio intenso ainda deve predominar. Na terça-feira, mantém-se a condição de tempo estável em praticamente todo o Estado, com o sol predominando entre nuvens.

A previsão é de que esse cenário permaneça inalterado na quarta-feira (17), com tempo firme e sem chuva no Rio Grande do Sul. Os termômetros devem continuar registrando marcas mais elevadas. Espera-se a formação de nevoeiros na faixa central, no Oeste e na Campanha.

Em Santa Rosa,  a máxima deve chegar a 26ºC na quinta e na sexta-feira,

Essa situação pode mudar apenas a partir da outra semana, mas ainda é um pouco cedo para dizermos como vai ficar o tempo para os gaúchos porque vai depender de como as frentes frias provenientes da Argentina vão se comportar — acrescenta Alves.

Fonte: GZH
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×