Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Tempestade dessa madrugada deixou estragos – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Tempestade dessa madrugada deixou estragos

Avatar

Publicado

em



 

ESTRAGOS EM NÃO-ME-TOQUE

A tempestade que atingiu o município de Não-Me-Toque na madrugada desta quinta-feira (31), deixou grandes estragos no Estádio Dr. Waldomiro Graeff. Com a força do vento a estrutura da Copa foi arrancada quase que por inteira.

O Prefeito Betão juntamente com uma equipe da Prefeitura estão percorrendo vários pontos do município e contabilizando os estragos

Fonte: Rádio 90.9 FM

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Outubro Rosa: atividades alteram rotina dos pacientes em tratamento na Oncologia

Pável Bauken

Publicado

em



O setor de Oncologia do Hospital Vida & Saúde tem buscado promover ações de envolvimento e entretenimento com os pacientes durante o “Outubro Rosa”, mês de conscientização e prevenção do câncer de mama.

No início do mês, os pacientes tiveram um momento de descontração junto a equipe de profissionais, com entrega de bombons e recreação com direito a música e a animação da Show Time. Alterando um pouco a rotina de tratamentos, o sorriso e a animação dos pacientes foi o que mais chamou a atenção no setor.

“Buscamos trazer um pouco de leveza aos pacientes. Entendemos que é um momento delicado, por isso, no dia a dia, buscamos acolhe-los da melhor forma possível. Aproveitando a visibilidade da causa no mês de outubro, decoramos o setor e oferecemos momentos diferentes e ainda mais acolhedores aos pacientes”, explica a enfermeira coordenadora da Oncologia, Marta de Oliveira.

Recentemente, a fisioterapeuta Rita Theis desenvolveu atividades com os pacientes da Quimioterapia, apresentando opções de exercícios que podem ser feitos em casa, com objetos domésticos, para fortalecimento muscular e para aliviar os sintomas de dor observados durante o tratamento e pós procedimentos cirúrgicos.

Além de apresentar os exercícios, a Fisioterapeuta conversou com cada paciente, tirando dúvidas e oferecendo novas possibilidades. “Eu gostei de tudo que ela ensinou! Agora me senti melhor por saber que eu posso fazer exercícios em casa”, comentou a paciente Orides Alessio, moradora de Tuparendi, que faz quimioterapia desde junho no Hospital.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Consulta Popular mobiliza a região a partir de hoje

Edição contará com votação 100% virtual, por meio de site ou SMS. Processo se estenderá até o dia 3 de novembro.

Pável Bauken

Publicado

em



Tem início nesta segunda-feira, 26, mais uma edição da Consulta Popular – processo que tem o objetivo de fortalecer o desenvolvimento regional, valorizando demandas que ampliam o crescimento econômico, a ciência e a inovação em áreas como agricultura, infraestrutura e turismo.

Realizado de forma totalmente virtual neste ano, o processo vai encaminhar a aplicação de R$ 20 milhões em projetos para municípios de 28 regiões do Estado. Desse valor, R$ 10 milhões serão quitados em 2021, e os outros R$ 10 milhões avaliados conforme a condição financeira de 2022.

A população gaúcha terá até o dia 3 de novembro para escolher e votar nas suas demandas, que foram definidas em assembleias regionais, microrregionais e municipais, realizadas pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão, e pelos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes).

Nas regiões de atuação da Unijuí, os projetos voltam-se ao desenvolvimento da agricultura familiar, empreendedorismo, controle da qualidade da água, cadeia do leite e turismo.

Para votar, é simples: basta ter em mãos o título de eleitor. Dos 96 projetos disponibilizados nas cédulas de votação, o cidadão poderá escolher apenas um, conforme a sua região. É possível votar acessando o site www.consultapopular.rs.gov.br ou via SMS, pelo número 29634, com a mensagem RSVOTO#nº título do eleitor#nº do programa (sem espaços). Exemplo: RSVOTO#99999999#4.

Corede Noroeste Colonial

Na cédula de votação do Corede Noroeste Colonial, que concentra os municípios de Ijuí e Panambi, constarão os projetos de Desenvolvimento da Agricultura Familiar, através do programa de qualificação de agricultores familiares e aquisição de equipamentos; Desenvolvimento de Micro e Pequenas Empresas Individuais, que prevê a realização de um programa de qualificação profissional; e o projeto de Controle da Qualidade da Água e Alimentos, que compreende a avaliação de resíduos de agrotóxicos em água e hortaliças consumidas na região Noroeste, além de ações educativas.

Conforme explica o presidente do Corede Noroeste Colonial e pró-reitor na Unijuí – Campus Panambi, Nelson Thesing, a demanda que conquistar mais votos receberá o valor de R$ 314 mil em 2021 e, o segundo mais votado, R$ 314 mil em 2022. A distribuição será igualitária para todos os 11 municípios – sendo que, para ter acesso ao recurso, é necessário atingir, no mínimo, 2% de votos do total de eleitores do município. “Entendo que a Consulta Popular é o ponto de partida, uma oportunidade, enquanto espaço de participação dos diversos segmentos da sociedade. É um processo de planejamento, que tem presente o desenvolvimento territorial, a estrutura federativa, mas acima de tudo, a necessidade de democratizar as relações com o poder público, para mitigar as profundas desigualdades socioeconômicas”, opinou Thesing, lembrando que a Consulta também é um processo importante na construção da democracia participativa, onde os cidadãos têm a oportunidade de escolher, pelo voto, os investimentos de interesse local.

Corede Fronteira Noroeste

Na região de Santa Rosa, foi construído um fato inédito, conforme explica o secretário do Corede Fronteira Noroeste e pró-reitor na Unijuí – Campus Santa Rosa, Marcos Paulo Scherer: não haverá divisão do recurso. A região entendeu que o valor era baixo para ser compartilhado entre os 20 municípios e praticamente não haveria impacto no desenvolvimento regional. “A região compreendeu a proposta de concentrar o recurso num projeto macrorregional voltado à inovação e ao empreendedorismo. A proposta que apresentamos prevê duas etapas. Assim, na etapa 1 será utilizado o valor de R$ 314 mil, que já está liberado para 2021, e caso seja liberada a segunda parcela, da etapa 2, também no valor de R$ 314 mil, teremos um investimento integral na iniciativa”, explicou.

O projeto – que constará na cédula de votação como Fomentar as Dimensões de Inovação e Empreendedorismo junto a Empresas, Organizações do Terceiro Setor e Setor Público da Região – visa, na primeira etapa, mapear e diagnosticar todo o ambiente de inovação, as características e potenciais empreendedores da região. Já na segunda, será realizado um plano de ações, com o intuito de aproveitar e estimular os potenciais apontados na etapa 1. “Certamente que, no futuro, esse trabalho regional, coletivo e colaborativo que está sendo proposto agora, reverterá em um crescimento e desenvolvimento regional melhor aproveitado e planejado, oportunizando que cada município possa se ver no contexto regional e desenvolver aquilo que é do seu perfil, ou que esteja alinhado com suas características e potencialidades”, completou Scherer.

Também consta na cédula, como terceira opção, a Avaliação de Resíduos de Agrotóxicos em hortaliças consumidas na Região Noroeste, com ações educacionais aos produtores rurais.

Corede Celeiro

Na região de Três Passos, o Corede Celeiro optou pelos projetos de Apoio à Cadeia Produtiva do Leite, com cursos de capacitação dentro da área da bacia leiteira; Inventário Turístico da Região Celeiro, que prevê o desenvolvimento turístico a partir do levantamento de dados de cada comunidade; e a Construção, Reforma e Aquisição de equipamentos para o Centro de Distribuição de Alimentos In Natura.

Segundo o presidente do Corede Celeiro, Carlos Eugênio, o valor disponibilizado aos 21 municípios, de R$ 371 mil, não atende à expectativa e, se dividido, representaria uma verba irrisória para cada localidade. Por isso, a região entrou num consenso que, o projeto que receber mais votos, levará todo o recurso.

Para o presidente, a Consulta Popular é de suma importância e resultou na conquista, nos últimos quatro, cinco anos, de cerca de R$ 10 milhões, que foram aplicados nos municípios, em áreas como saúde e educação. “São verbas que atendem a projetos, aos anseios da comunidade”, completou.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

RS fica com uma bandeira vermelha na 25ª rodada do Distanciamento Controlado

Pável Bauken

Publicado

em



Das três regiões classificadas preliminarmente com risco epidemiológico alto, apenas uma ficou com bandeira vermelha na 25ª semana do modelo de Distanciamento Controlado. Trata-se da região de Cruz Alta, que apresentou piora em alguns indicadores na semana passada, entre eles a elevação no número de hospitalizações para Covid-19 e de pacientes em leitos de UTI. A região não encaminhou recurso ao governo do Estado.

A divulgação foi feita após avaliação pelo Gabinete de Crise na tarde desta segunda-feira (26/10), que aceitou os pedidos de reconsideração apresentados pelas regiões de Ijuí e Santo Ângelo, que permanecem, portanto, em bandeira laranja, junto com as outras 18 regiões previamente classificadas com risco médio.

A vigência das bandeiras da 25ª rodada começa à 0h desta terça-feira (27/10) e se encerra às 23h59 de segunda-feira (2/11).

Veja o mapa preliminar da 25ª rodada em https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br.

Embora reconheçam o agravamento em alguns indicadores, os recursos das duas associações regionais coincidem no argumento de que as regiões de Santo Ângelo e de Ijuí apresentavam, na última quinta-feira, uma ocupação de leitos de UTI abaixo da média estadual, estando a macrorregião missioneira numa situação que as entidades apontam como confortável.

Dessa forma, o mapa do RS volta a ter bandeira vermelha depois de duas semanas consecutivas e nenhuma amarela – que havia também duas rodadas atrás. As bandeiras amarelas (risco epidemiológico baixo) nas regiões de Bagé, Cachoeira do Sul e Palmeira das Missões deram lugar, novamente, a bandeiras laranjas (risco médio).

Mesmo Cruz Alta ficando com bandeira vermelha, a região está entre as 18 regiões que aderiram ao sistema de cogestão do Distanciamento Controlado. Com isso, pode adotar regras do nível laranja. As outras 17 regiões classificadas em laranja que estão em cogestão podem adotar protocolos de bandeira amarela.

Das 21 regiões Covid, apenas Uruguaiana, Bagé e Guaíba não aderiram ao sistema compartilhado. Os planos regionais aprovados estão disponíveis em https://planejamento.rs.gov.br/cogestao-regional.

Regra 0-0

Conforme o mapa definitivo da 25ª rodada, 13 municípios (do total de 497) estão classificados em bandeira vermelha, somando 152.581 habitantes, o que corresponde a 1,3% da população gaúcha (total de 11,3 milhões de habitantes).

Desses, sete municípios (40.937 habitantes, 0,4% da população em bandeira vermelha) podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

Clique aqui e acesse a lista dos municípios que se encaixam na regra 0-0.

RESUMO DA 25ª SEMANA

Em Bandeira Vermelha: 1 região 
– Cruz Alta (em cogestão)

Em Bandeira Laranja: 20 regiões
– Palmeira das Missões (em cogestão)
– Cachoeira do Sul (em cogestão)
– Bagé
– Santa Maria (em cogestão)
– Uruguaiana
– Capão da Canoa (em cogestão)
– Taquara (em cogestão)
– Novo Hamburgo (em cogestão)
– Canoas (em cogestão)
– Guaíba
– Porto Alegre (em cogestão)
– Santo Ângelo (em cogestão)
– Ijuí (em cogestão)
– Santa Rosa (em cogestão)
– Erechim (em cogestão)
– Passo Fundo (em cogestão)
– Pelotas (em cogestão)
– Caxias do Sul (em cogestão)
– Santa Cruz do Sul (em cogestão)
– Lajeado (em cogestão)

Clique aqui e acesse o levantamento completo da 25ª rodada após análise de recursos. 

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×