Técnicos do Sojão na Clínica de Basquete – Portal Plural
Connect with us

Esportes

Técnicos do Sojão na Clínica de Basquete

Pável Bauken

Publicado

em



Nos dias 06, 07 e 08 de março os técnicos das categorias de base do SOJÃO, masculino e feminino, Giovani Assis e Pedro Immig, participaram em Caxias do Sul da clínica de basquete com o técnico argentino Carlos Duro.

Carlos Duro foi treinador da seleção argentina além de ter em seu currículo passagens por clubes como Boca Juniors, San Lorenzo, Obras Sanitárias, Vasco da Gama, entre outros.

A clínica foi uma realização da parceria entre a Federação Gaúcha de Basquete (FGB), e os clubes federados.

As atividades das categorias de base do SOJÃO já começaram e, neste ano, o clube vai participar das modalidades Sub12 (misto), Sub16 (feminino) e Sub 15 e Sub20 ( masculino).

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

PSG apresenta prejuízo de mais de R$ 1 bilhão em suas finanças

Reporter Global

Publicado

em



 

 

O Paris Saint Germain foi fortemente abalado pelo impacto econômico que a pandemia da covid-19 trouxe. A equipe teve um prejuízo de 204 milhões de euros (um pouco mais de 1 bilhão de reais) para a temporada 2020/2021, sendo 60% a mais do que no ano passado, conforme publicou o L’Equipe, da França.

 

Esse cenário obriga o PSG a vender jogadores do seu elenco. A complicação é que os parisienses também buscam acertar as renovações de suas estrelas Kylian Mbappé e Neymar. Os contratos das duas estrelas se encerram em junho de 2022 e ambos podem negociar com qualquer clube a partir de 1º de janeiro.

O PSG é líder do Campeonato Francês com 42 pontos e enfrentará o Barcelona pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

 

 

FONTE: Gazeta Esportiva

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Esportes

Josef Bican, o maior artilheiro da história do futebol que peitou nazistas e comunistas

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Nem Ferenc Puskas, nem Gerd Müller, nem Eusébio. O maior artilheiro europeu da História é Josef “Pepi” Bican, um atacante austríaco que, mesmo sendo tão efetivo diante dos goleiros, acabou esquecido pela maioria dos torcedores.

 

Nascido em Viena em 1913 e falecido em Praga em 2001, Josef Bican é uma das maiores lendas da história do futebol da Europa Central, além de ser o maior goleador de todos os tempos e um personagem inigualável, capaz de enfrentar primeiro os nazistas e depois sobreviver ao desprezo do governo comunista da Tchecoslováquia. Um esportista a quem não chegou os merecidos reconhecimentos até seus últimos anos de vida e a quem o Slavia Praga rende homenagens de forma enfática.

De acordo com os dados da Rec Sport Soccer Stadistics Foundation, Bican somou 805 gols em 530 partidas oficiais, uma cifra que não alcançam nem Romário (772), Pelé (767), Ferenc Puskas (746) ou Gerd Müller (735), tendo todos eles jogado muito mais partidas que o austríaco/tcheco, quem, de acordo com o mesmo portal especializado, alcançou os 1468 gols em 918 jogos, levando em conta também os amistosos.

Porém, além das cifras escandalosas, ou ao lado delas, Josef Bican foi um personagem especial. Nascido em Viena em setembro de 1913 em uma família muito modesta de origem tcheca, perdeu o pai ainda muito novo e sua paixão pelo futebol combinou com vários trabalhos até que aos 18 anos, em 1931, estreou na primeira equipe do Rapid Vienna. Ao piscar os olhos, virou a sensação do time e do Wunderteam, como ficou conhecida a seleção austríaca na década de 30 e que ficou de fora da Copa do Mundo de 1934 por conta de uma arbitragem polêmica.

Sua popularidade não parou de crescer entre os torcedores até que em 1938, depois da anexação da Áustria por parte da Alemanha nazista, Bican se negou a jogar por sua seleção e decidiu marchar à Tchecoslováquia, a Praga, para se envolver como Slavia, onde sua capacidade goleadora veio à tona ao ponto de conseguir 395 gols em 217 partidas oficiais com o clube. Sua excepcional carreira esportiva, no entanto, não evitou com que voltasse a ter problemas com os nazistas, que já tinham ocupado a Tchecoslováquia e desmembrado também a seleção.

Com 40 anos de idade, fez 57 gols na temporada de 1953/54, mesmo com 40 anos, e se aposentou um ano mais tarde como um herói.

 

A grande questão é: Por que Bican não é mais conhecido?

 

“A explosão midiática do futebol internacional aconteceu com a Eurocopa no fim dos anos 50. Nela, apareceram figuras como Puskas e Di Stefano. Bican é de uma geração anterior”, afirma Horak.

Após encerrar a carreira, o lendário jogador teve que trabalhar como operário, motorista de ônibus e chegou a alimentar animais ferozes no zoológico de Praga.

 

 

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Esportes

Presidente do COI ignora piora da crise da Covid-19 e confirma Jogos em julho: “Não há plano B”.

Reporter Regional

Publicado

em



O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, reiterou nesta quinta-feira a confiança na realização dos Jogos de Tóquio em julho de 2021. Em meio ao crescimento do número de casos de Covid-19 no mundo e ao aumento das restrições no país asiático, os japoneses cada vez mais se mostram contrários à realização do evento.

– Nós temos, neste momento, nenhuma razão para acreditar que os Jogos Olímpicos de Tóquio não começarão no dia 23 de julho no Estádio Olímpico de Tóquio. Isto é porque não há plano B e porque estamos totalmente comprometidos em fazer estes Jogos seguros e bem-sucedidos – disse, em entrevista ao jornal “Kyodo News”.

No dia 7 de janeiro, o Japão declarou estado de emergência em Tóquio, com duração prevista de um mês. A entrada de cidadãos estrangeiros foi proibida no país – antes da virada do ano os privilégios concedidos a atletas já haviam sido retirados.

Fonte: Globo Esporte.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×