Surgimento de piranhas vermelhas no Rio Jacuí é monitorado; espécie ameaça peixes menores – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Surgimento de piranhas vermelhas no Rio Jacuí é monitorado; espécie ameaça peixes menores

Reporter Cidades

Publicado

em



Pescadores do Rio Jacuí — que atravessa o RS desde Passo Fundo, no Norte, até Porto Alegre — têm relatado o aparecimento de palometas, peixes mais conhecidos como piranhas vermelhas. A espécie, que é carnívora, tem se alimentado de peixes menores na região.

A aparição dos animais tem sido frequente nas cidades do Vale do Rio Pardo. Em Vale Verde, por exemplo, a prefeitura acompanha a situação.

O diretor do Departamento de Meio Ambiente da cidade, Rodrigo Klamt, afirma que os pontos de surgimento desses animais estão sendo mapeados.

“Hoje já temos relatos de aparições desde a divisa com Rio Pardo e até na divisa com General Câmara. Ela [a espécie] já tem uma certa movimentação, já tem sido encontrada em diversos tamanhos, desde pequenininhos até 800 gramas, tamanho grande já. Isso é preocupante para nós. Mostra que talvez já esteja se reproduzindo aqui no nosso ecossistema”, explica.

Também há informações sobre o aparecimento das palometas em Cachoeira do Sul. As piranhas não são nativas da região. A principal hipótese é que elas tenham chegado até o Rio Jacuí através de canais de irrigação.

Risco aos demais peixes

O aparecimento da espécie carnívora pode desregular todo o sistema hídrico da região, uma vez que o peixe dourado, predador natural da palometa, está quase desaparecendo das águas do Jacuí. Com isso, a população das piranhas vermelhas cresce, e se alimenta dos peixes menores do rio.

O professor de biologia da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC), Andreas Kohler, aponta ainda outros possíveis motivos para o aumento da população das palometas no Jacuí.

“Existem dois principais fatores pra esse aumento. O primeiro é o aquecimento global, também aquecimento das águas dentro dos nossos rios aqui na região, que favorece o desenvolvimento da espécie. E o segundo é a população, que tem agora já um tamanho tão grande, que tem grande facilidade de, a cada ano, crescer cada vez mais”, sugere.

Especialistas temem que a espécie siga migrando até a bacia hidrográfica do Lago Guaíba. O Ibama também foi acionado e avalia soluções em conjunto com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente. Entre elas, o abate.

“Vão ser controles de abate que a gente vai estudar, junto com as universidades, as melhores estratégias. A gente teria que atacar em períodos reprodutivos, tentar eliminar os filhotes, mas é um trabalho bastante difícil”, diz o analista ambiental do Ibama no RS Maurício Vieira de Souza.

“Os pescadores vão ser agentes muito importantes, que eles vão nos ajudar a detectar”, completa.

‘Tomou conta do rio’

As palometas são animais pequenos, mas, em cardumes, podem causar estrago na pesca. “A coisa tá muito difícil por conta da palometa, e agora ela tomou conta do rio”, comenta o pescador Vanderlei Pereira.

“O relato de todos os pescadores é que o peixe que eles pegam, de dois, três, quatro quilos, a metade é comida. Hoje em dia, até as crianças, as pessoas que vêm no fim de semana pescar lambari, [comentam que] a palometa come a metade”, afirma.

Em Vale Verde, além dos pescadores, bares e lanchonetes sobrevivem do movimento nas prainhas do Rio Jacuí. Proprietária de um estabelecimento no balneário, Lisete Fogolari está com medo de queda no movimento devido ao aparecimento das palometas.

“Afasta os turistas também, porque mães não vão deixar as crianças tomarem banho com as palometas no rio. Vai ser difícil. Eu acho que o movimento vai ser fraco também”, aponta.

Fonte: G1 RS

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Homem é assassinado e Santo Cristo enquanto dormia

Ele levou três tiros de arma de fogo

Reporter Cidades

Publicado

em

ilustrativa google

Um assassinato agitou a madrugada em Santo Cristo. Segundo a Brigada Militar, a mãe da vítima ligou para a BM durante a madrugada informando que ouviu tiros na casa de seu filho, localizada ao lado da sua residência.

Soldados da BM se dirigiram ao local e constataram que uma porta lateral foi arrombada e um homem com tornozeleira eletrônica havia sido assassinado na cama com três tiros de revólver. O SAMU foi acionado e compareceu ao local, assim como a equipe volante da Polícia Civil, que assumiu a ocorrência e acionou o Instituto-Geral de Perícia de Santo Ângelo. O corpo da vítima, identificada extraoficialmente pelas iniciais A.S., foi levado ao IML de Santa Rosa para necropsia.

O caso está sendo investigado ela Polícia Civil.

GSRN

 

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Edital para Fundo Municipal de Cultura 2021

Pável Bauken

Publicado

em



A Prefeitura de Santa Rosa, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura torna publica a abertura do processo de seleção de programas, projetos e ações culturais pelo Edital 01/2021 -Fundo Municipal de Cultura. A partir desta sexta-feira(07), estará disponível o edital nos meios de comunicação da Prefeitura.

O objetivo do edital é o desenvolvimento da economia e da cultura local e incentivando artistas, grupos artísticos, produtores e empreendedores culturais independentes (pessoas físicas ou jurídicas, com ou sem fins lucrativos). Será destinado o valor de R$ 150.000,00 para o Edital 01/2021 – Incentivo à Produção Cultural e Artística de Santa Rosa/RS. Poderão se inscrever empreendedores culturais, pessoa física e/ou pessoa jurídica, residentes ou sediadas em Santa Rosa/RS, que queiram realizar programas, projetos ou ações culturais que atendam as condições estabelecidas no edital. As inscrições dos programas, projetos ou ações culturais acontecerão do dia 10 de maio até o dia 25 de junho de 2021, nos horários de 7h30min às 11h e 13h30min às 17h. A inscrição será mediante o protocolo no Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, no Centro Cívico Cultural Antônio Carlos Borges, rua Buenos Aires, 937, Centro, Santa Rosa – RS.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Encaixando o EaD à rotina agitada e qualificando a carreira profissional

Pável Bauken

Publicado

em



Residente em Santo Cristo, Janete Klering, de 41 anos, tem uma rotina bastante agitada: casada com Roberto e mãe de Danielle, de 14 anos, é também a filha mais próxima de seus pais e presta cuidado a eles. A atenção à família, como conta, precisa ser conciliada com a vida profissional.

Graduada pela Unijuí em Informática – Sistema de Informações, em 2008, Janete atualmente está à frente da administração de dois postos de combustíveis e de uma transportadora, onde conta com a ajuda de 26 colaboradores. “Por estar na gerência, vi a necessidade de aperfeiçoar meus conhecimentos na área. Minha graduação, em Informática, ficava um pouco distante do ramo que optei seguir e foi então que decidi ingressar no curso de Administração a distância da Unijuí”, contou a profissional, que conseguiu, por meio da modalidade Ensino a Distância (EaD), adaptar a sua rotina aos estudos.

“O EaD me dá a liberdade de organizar os estudos nos horários disponíveis, durante o dia, noite e aos finais de semana. E como já havia concluído uma graduação na Unijuí, consegui aproveitar várias matérias no curso EaD, o que ajudará no tempo para conclusão do curso”, completou.

Janete destaca que as disciplinas passadas pelos professores são de fácil compreensão e aplicáveis ao dia a dia das empresas. “Temos acesso a vários canais de comunicação com os professores e colegas, o que é muito importante para tirar dúvidas e realizar trabalhos”, comenta, afirmando, ainda, que os assuntos abordados nas aulas conectam ao que há de mais atual nos campos da gestão e da administração de negócios e empresas. “A aplicabilidade dos temas nos permite uma conexão da teoria com a prática do dia a dia.”

Para quem deseja, assim como Janete, qualificar-se por meio de um curso de graduação a distância, a Unijuí oferece 15 opções: bacharelado em Administração, Ciências Contábeis e Educação Física; licenciatura em Educação Física, História, Letras: Português e Pedagogia; e de tecnologia em Gestão Comercial, Gestão da Qualidade, Gestão de Micro e Pequenas Empresas, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Logística, Marketing e Processos Gerenciais.

O candidato pode optar por realizar a prova de vestibular online; utilizar a nota de redação de outros vestibulares da Unijuí, a partir de 2005; ou optar por realizar a nota de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Neste último caso, os classificados ganharão 50% de desconto no primeiro módulo do curso.

Mais informações em unijui.edu.br/ead.

Destaques:

Criatec realiza MeetUp sobre desafios da trajetória empreendedora

Direitos, tecnologia e democracia estarão em debate na Semana Jurídica

Projeto de Extensão Cinema e Direitos Humanos exibirá dois curtas

Curso promove Bate-papo com Conselho Regional de Biomedicina

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×