Street Fighter II comemora 30 anos – Portal Plural
Connect with us

Geral

Street Fighter II comemora 30 anos

Pioneiro do e-sports, o game deu início a uma franquia bilionária

Pável Bauken

Publicado

em



No último sábado (6), um dos jogos mais populares da história dos videogames completou 30 anos. Street Fighter II foi lançado exclusivamente para fliperamas em 6 de fevereiro de 1991 e virou febre instantaneamente, definindo o gênero dos games de luta como o conhecemos hoje

Como o nome já indica, Street Fighter II não era o primeiro título da franquia, iniciada em 1987 com a versão original do game. Aquele jogo, porém, não permitia que o jogador escolhesse outro personagem que não o Ryu (ou o Ken, caso você fosse o segundo jogador). A quantidade de movimentos também era bem limitada, sem a possibilidade de combos, mas já estavam lá elementos que seriam aprimorados na continuação, como as barras de energia e golpes icônicos como o Hadouken, acionados por uma combinação de comandos.

Com Street Fighter II, a desenvolvedora Capcom queria focar em uma linha de jogos de luta, seguindo uma tendência iniciada com alguns sucessos dos anos 80, principalmente nos Estados Unidos, como Final Fight, da própria Capcom, Double Dragon (Taito) e Teenage Mutant Ninja Turtles (Konami). A empresa japonesa alcançou o sucesso como queria, talvez só não imaginasse o quão grandioso seria. Os fliperamas tomaram conta das lojas, bares e galerias no Japão e também do Ocidente: no Reino Unido, eles representaram nada menos que 60% de todos os gabinetes espalhados pelo país.

São muitos os motivos que podem explicar o sucesso por trás de Street Fighter II, mas a razão mais citada é a tela de seleção de personagens, algo inédito até então. O painel era bem limitado em comparação com os jogos de hoje: apenas oito lutadores representando seis nações diferentes, incluindo o Brasil. Ainda assim, finalmente era possível não se prender a um único guerreiro, e sim experimentar heróis tão diversos como um monge budista indiano, um lutador de sumô japonês ou o monstro amazônico Blanka. Dava para escolher até mesmo uma mulher, a praticante de artes marciais Chun-Li, em uma época que controlar personagens femininas ainda era bem raro.

Depois dessa boa recepção, não demorou muito para Street Fighter II ganhar versões para os consoles da época, como Super Nintendo e Mega Drive. O jogo também ganharia várias atualizações, a mais famosa delas a Super Street Fighter II, que dobraria o número de lutadores selecionáveis. Tamanho sucesso foi replicado em diversas mídias: quadrinhos, desenhos animados e até um filme live-action bancado por Hollywood nos anos 90. Street Fighter: O filme era protagonizado pelo astro Jean-Claude Van Damme, que deu vida ao lutador americano Guile. A franquia da Capcom também expandiu com muitos e muitos games, como a série prequel Street Fighter Alpha ou os spin-off Street Fighter EX. Não podemos deixar de falar nos crossovers, como X-Men vs Street Fighter (1996), que dariam início à bem sucedida série Marvel Vs Capcom. Participações especiais em outros jogos não faltaram, com a inclusão de Ryu no panteão de personagens de Super Smash Bros, sendo uma das incursões mais recentes e mais famosas.

O jogo também ganhou sequências oficiais, a última delas Street Fighter V (2016), exclusivo para PlayStation 4 e computadores. Pela primeira vez, a Capcom não apostaria em uma versão para fliperamas, que estavam – e ainda seguem – em declínio de popularidade. Ainda assim, uma versão arcade limitada para o Japão seria lançada três anos depois. Ainda hoje, SFV é atualizado com correções ou adição de novos modos, cenários e personagens. Até o fim deste ano, serão 45 lutadores selecionáveis, um recorde em qualquer game Street Fighter. Por enquanto, o número mais alto ainda está com Ultra Street Fighter 4 (2014), com 44 lutadores.

Street Fighter II também é um dos pioneiros no esporte eletrônico. Competições amadoras do jogo eram comuns desde o início dos anos 90. Uma delas, disputada em uma galeria de fliperamas na Califórnia, se transformaria no EVO, um dos principais torneios profissionais de games de luta do mundo. A partir de 2014, a Capcom também apostaria em campeonatos oficiais, criando a Capcom Pro Tour, um circuito que culminaria na Capcom Cup, reunindo os 32 melhores jogadores do planeta. A edição de 2020 foi cancelada por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19), mas sa deste ano está confirmada no formato online nos próximos dias dias 20 e 21 de fevereiro. 

Aqui no Brasil, a série Street Fighter também fez bastante barulho, com direito à transmissão de desenhos animados na TV aberta e também nas telas de cinema. Blanka – a besta selvagem da Amazônia com o coração de um menino inocente – foi adotada com muito carinho pelos brasileiros. O nosso país sempre foi bastante representado nos games da série, com cenários na Floresta Amazônica, no porto de Santos e nos morros cariocas. Outros lutadores, mais próximos e semelhantes da nossa realidade, seriam introduzidos: Sean, em Street Fighter III, e sua irmã mais velha Laura, em Street Fighter V. Daqui, saíram também alguns dos melhores jogadores de Street Fighter do mundo, como Keoma Pacheco – top 8 no Capcom Cup 2015 -, e Thomas “Brolynho” Proença, que participou da final mundial em 2016 e 2017.

Por enquanto, a expectativa fica por conta de um possível Street Fighter 6, que muito provavelmente já está em desenvolvimento. Muitos especulavam que o jogo seria lançado em 2021, mas com a pandemia de covid-19 ainda presente, acredito que o game só deva mesmo chegar às lojas a partir do ano que vem. Enquanto isso, para quem quiser embarcar de cabeça na franquia, eu sugiro dar uma conferida na coletânea Street Fighter 30th Anniversary Collection, que reúne todos os jogos da série principal até o Street Fighter III: Third Impact. Os capítulos IV e V, mais recentes, também já se encontram a um preço bem reduzido, mesmo com todo o conteúdo adicional já incluído em suas versões definitivas :Ultra e Champion, respectivamente.

ebc

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Corsan suspende atendimento presencial e disponibiliza canais digitais

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Após a determinação de bandeira preta em todas as regiões do Rio Grande do Sul e da adoção de diversas medidas de prevenção ao contágio da Covid-19, a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) suspendeu nesta segunda-feira os atendimentos presenciais aos usuários em todas as unidades de saneamento.

 

A medida deve vigorar pelo menos até o próximo domingo (7).

Conforme a gestora da Corsan em Imbé, Maria Clara Silveira, o atendimento ao cliente em todo o Estado será realizado exclusivamente por telefone e por meio das plataformas digitais da companhia. Um dos canais de atendimento é o telefone 0800-646-6444, que funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. A ligação é gratuita e pode ser realizada a partir de telefone fixo ou de celular. “Por meio dele é possível encontrar solução para questões relativas às contas de água, alteração de endereço de entrega da fatura, novas ligações de água, segunda via, emissão em braile e reclamações de falta de água”, cita a responsável pela estatal na cidade.

 

Canais

Outra alternativa são os canais da companhia na internet, através do site www.corsan.com.br ou do aplicativo Corsan, disponível para smartphones e tablets. Entre os serviços oferecidos pela empresa nestes canais estão a consulta de histórico de consumo e do extrato das últimas faturas, o cadastro de informação de vazamento, a solicitação de troca de titularidade a consulta de situação de abastecimento nas localidades atendidas pela companhia, entre outros.

 

FONTE: O Sul

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

STF garante porte de arma para guardas municipais

Reporter Global

Publicado

em



 

 

O STF (Supremo Tribunal Federal) manteve nesta segunda-feira (1º) a decisão que garantiu porte de armas de fogo para todos os guardas municipais do país.

 

De acordo com a decisão, que teve maioria de votos, o plenário virtual da Corte referendou liminar proferida pelo ministro Alexandre de Moraes. Em 2018, o ministro suspendeu dois artigos do Estatuto do Desarmamento, aprovado em 2003, que limitava o porte de armas com base no número de habitantes do município.

Pela norma, os guardas das capitais e de municípios com mais de 500 mil habitantes conseguiram autorização para andar armados durante o trabalho e nos momentos de folga. Quem trabalhava em municípios com mais 50 mil e menos de 500 mil pessoas só poderia usar armamento em serviço. Por sua vez, nos lugares com menos de 50 mil habitantes, o porte foi totalmente proibido.

A decisão foi motivada por uma ação do DEM. Ao entrar com uma ação direta de inconstitucionalidade, o partido alegou que o estatuto criou uma restrição ilegal ao porte de arma entre uma mesma categoria de integrantes da segurança pública.

 

FONTE: O Sul

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

TRABALHOS REALIZADOS NA SEMANA, INFORMADOS PELA SECRETARIA DE OBRAS DE PORTO XAVIER

Reporter Global

Publicado

em



 

Confira abaixo os trabalhos realizados pela Secretaria de Obras no decorrer da semana, trabalhos estes, com o objetivo de melhorar a infraestrutura do município, proporcionando melhor qualidade de vida aos munícipes.

-Terraplanagem no pátio de galpão de recebimento de grãos para Cooperativa local;

-Abertura de açude para criação de peixes e bebedouro de animais;

-Ligação de caixa d’água à rede hidráulica instalada em Linha São Francisco.

 

Pode ser uma imagem de ao ar livre e texto que diz "PORTO XAVIER GVE. ABERTURA DE AÇUDES PARA CRIAÇÃO DE PEIXES E BEBEDOURO DE ANIMAIS"

Pode ser uma imagem de árvore, ao ar livre e texto

Pode ser uma imagem de ao ar livre e texto que diz "TERRAPLANAGEM EM PÁTIO DE GALPÃO DE RECEBIMENTO DE GRÃOS PORTO PORTOXAVIER XAVIER GOVERNO GV."

 

FONTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO XAVIER

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×