Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Sexta-feira será de sol e calor em todo o RS – Portal Plural
Connect with us

Clima/Tempo

Sexta-feira será de sol e calor em todo o RS

Pável Bauken

Publicado

em



 

O dia será de sol e calor em todo o Rio Grande do Sul nesta sexta-feira, com amplos períodos de céu claro. Nuvens esparsas podem aparecer ao longo do dia, e o amanhecer pode ter neblina em pontos isolados.

De acordo com a MetSul Meteorologia, a tarde será mais quente em comparação aos últimos dias, e as máximas mais altas devem ser registradas nas regiões Oeste e Noroeste do Estado.

Em Santa Rosa, sol com algumas nuvens, não chove. A mínima deve ser de 16°C, e a máxima deve chegar aos 33°C.

Mínimas e máximas no RS

Passo Fundo 13°C / 30°C
Santa Maria 13°C / 32°C
Uruguaiana 16°C / 33°C
Bagé 14°C / 31°C
Vacaria 8°C / 27°C
Caxias do Sul 11°C / 29°C

CP/PP
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima/Tempo

AR FRIO TRAZ NEVASCA NA ARGENTINA E CHEGARÁ AO SUL DO BRASIL

Em pleno verão climático e a 22 dias do Natal, Ushuaia teve um dia branco

Pável Bauken

Publicado

em



Uma grande nevada atingiu a cidade argentina de Ushuaia, na província de Terra do Fogo, na madrugada desta quinta-feira (3). A localidade do Extremo Sul do continente amanheceu com temperatura de 0,2ºC abaixo de zero às sete da manhã e com a paisagem branca pela neve muito tardia. Houve acumulação na área central de Ushuaia, mas a neve caiu com maior intensidade em áreas próximas como as montanhas. A nevada ocorreu no terceiro dia do chamado verão climático (trimestre de dezembro a fevereiro) e a menos de 20 dias do começo do verão astronômico.

Uma incursão de ar gelado na parte meridional da América do Sul foi a responsável pela nevada de dezembro no Sul do continente. O ciclone que agora está na costa gaúcha vai avançar para o Sul pelo Atlântico e, no seu deslocamento, vai impulsionar a bolha de ar mais frio pelo Leste da Argentina até chegar ao Rio Grande do Sul.

A massa de ar mais frio ingressa no território gaúcho entre esta sexta-feira à noite e o sábado, prevendo-se que seja responsável por temperatura abaixo da média nos próximos dias no Rio Grande do Sul. A meteorologista Estael Sias enfatiza que ninguém deve esperar frio de inverno e que o efeito destas incursões de ar frio tardias nesta época do ano é muito mais deixar os dias mais agradáveis e sem calorão do que propriamente provocar frio em nossas latitudes.

Como é normal nesta época do ano, a influência destas incursões frias tardias é maior no Sul e no Leste do Rio Grande do Sul. As mínimas serão menores no Sul gaúcho durante o fim de semana com marcas de 10ºC em alguns pontos.

Nas áreas de maior altitude dos Campos de Cima da Serra, o resfriamento noturno maior será desfavorecido pelas nuvens e até chance de momentos de instabilidade neste fim de semana. Porto Alegre deverá ter mínimas ao redor de 17ºC, o que não é nada baixo, mas as máximas devem ser bastante agradáveis, abaixo dos 25ºC.

Fonte MetSul

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

CICLONE EXTRATROPICAL SE FORMA NA COSTA GAÚCHA

Sistema deixa o tempo ventoso no Sul e no Leste do Rio Grande do Sul

Pável Bauken

Publicado

em



Um ciclone extratropical se formou na costa do Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (3). O sistema se origina a partir do centro de baixa pressão que cruzou pelo Estado durante o dia de ontem, trazendo chuva localmente forte a intensa com temporais localizados em que ocorreram vendavais com estragos e transtornos em diversos municípios.

Não se trata de um ciclone intenso e seus impactos não serão relevantes. O sistema deixa o tempo mais ventoso hoje no Sul e no Leste do Rio Grande do Sul, incluindo Porto Alegre, com rajadas em alguns momentos, em regra de 50 km/h a 70 km/h, mas isoladamente superiores na orla e na região da Lagoa dos Patos e seu entorno.

Pelo solo saturado da chuva forte e muitas áreas ainda estarem sem luz, o vento pode trazer queda de árvores e retardar o restabelecimento da energia, além de gerar novos cortes no serviço isoladamente.

A sua circulação de umidade induz, ao interagir com o ar mais quente, nuvens do tipo Cumulus que provocam chuva isolada e passageira, que se alterna com sol, mas que em alguns pontos podem ser fortes. A chance destas pancadas isoladas é maior na tarde de hoje, mas a tendência é de o tempo secar em definitivo à noite.

Ciclones extratropicais são absolutamente rotineiros e ocorrem ao longo de todo o ano no Atlântico Sul, sendo mais comuns e mais intensos nos meses mais frios pelo contraste de pressão maior com os sistemas de alta pressão associados às incursões de ar polar. Este ciclone vai começar nas próximas horas a se afastar gradualmente do continente.

MetSul
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

Novos temporais podem vir para o Rio Grande do Sul a partir desta quarta

Reporter Global

Publicado

em

Instabilidade ingressa no Rio Grande do Sul pela Fronteira Oeste, vinda da Argentina e pode trazer temporais entre a quarta e quinta-feira (foto reprodução Sigma)

 

O avanço de novas áreas de instabilidade que atuam sobre o território Argentino neste momento, começam a se aproximar da fronteira oeste do Rio Grande do Sul nos próximos minutos.

 

 

Essas tormentas devem vir acompanhadas de alta densidade de descargas elétricas atmosféricas e rajadas de vento em alguns pontos. No decorrer do dia essas tempestades se espalham para as demais regiões do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e algumas regiões do estado do Paraná. No Uruguai essas instabilidades também devem fazer presença ao longo do dia, com possibilidade para temporais mais significativos na metade norte do país.

Segundo a Sigma Meteorologia, após um final de semana marcado por muita instabilidade e até tempo severo em algumas áreas do Cone Sul, a instabilidade mais intensa volta a afetar áreas do Sul do Brasil entre essa quarta e quinta-feira. Neste período, a passagem e intensificação de um centro de baixa pressão atmosférica sobre o estado do Rio Grande do Sul, deve contribuir com os movimentos verticais e de convergência da parcela de ar, num ambiente mais quente e úmido.

A presença de uma intensa corrente de ventos de origem tropical, associados ao Jato de Baixos Níveis (JBN), juntamente com outros fatores, deve servir como combustível para formação de nuvens de tempestade em diferentes regiões do RS, de SC e do PR ao longo do período. Até mesmo o Uruguai, sobretudo os departamentos próximos a divisa com o Rio Grande do Sul, teriam condição para chuvas e vendavais pontualmente fortes, acompanhados de descargas elétricas e granizo de maneira isolada.

Inicialmente, já nesta madrugada, as instabilidades devem afetar áreas da Argentina e Paraguai. No decorrer da manhã e principalmente na tarde desta quarta-feira (02/12), às instabilidades devem alcançar áreas do setor oeste do Rio Grande do Sul e oeste de Santa Catarina e do Paraná. Há condição para pancadas de chuva pontualmente fortes, acompanhada de descargas elétricas, sem descartar ventos fortes (> 70 km/h) e granizo de maneira isolada.

Entre o final da tarde e a noite de quarta e a madrugada e tarde de quinta-feira, conforme o sistema de baixa pressão se aprofunda sobre o RS, as instabilidades devem se intensificar sobre várias regiões dos três estados do Sul do Brasil. Apesar da divergência, alguns modelos sugerem inclusive, a formação e propagação de uma ampla e longa Linha de Instabilidade (LI) associada a um Sistema Convectivo de Mesoescala (SCM) sobre o Sul do Brasil, o que normalmente está associada a fortes rajadas de vento em superfície (70/90 km/h), não raro, potencialmente severas de maneira muito isolada.

Desta forma, há condição para chuvas fortes, intensas rajadas de vento e eventual precipitação de granizo em diferentes pontos do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná no período. A chuva, no entanto, será muito irregular e de baixo acumulado em várias áreas, embora pontualmente possa ser intensa e volumosa.

 

 

Caderno7

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

O que você achou do site novo do Portal Plural?

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×