Senado deve votar na segunda pagamento de auxílio emergencial de R$600 - Portal Plural
Connect with us

Economia

Senado deve votar na segunda pagamento de auxílio emergencial de R$600

Publicado

em

Leopoldo Silva/Agência Senado

FAST AÇAÍtopo humbeto pluralAcademia PersonaNuvera

Os senadores devem votar, na segunda-feira (30), às 16h, projeto que estabelece o pagamento de um auxílio emergencial no valor de R$ 600, por três meses, a pessoas de baixa renda (PL 9.236/2017). A medida será deliberada por meio de sessão remota. Também na segunda-feira, às 10h, vai haver uma reunião de líderes no Senado. 

O presidente da Casa, Davi Alcolumbre, confirmou, pelo Twitter, a votação do projeto:

— Diante da importância e necessidade do repasse de R$ 600 a R$ 1.200, por três meses, aos trabalhadores autônomos, o Senado Federal cumprirá o seu papel em nome do povo brasileiro e votará o projeto na próxima segunda-feira, por meio da votação a distância.

O primeiro-vice-presidente da Casa, senador Antonio Anastasia (PSD-MG), afirmou que o projeto é essencial devido à situação que o país está passando diante da pandemia de coronavírus. 

— Muito importante neste momento de dificuldades a aprovação pela Câmara de pagamento de auxílio emergencial de R$ 600 às pessoas que tiveram sua renda comprometida, especialmente os informais, por causa do coronavírus — disse Anastasia no Twitter.

O vice-líder do governo, senador Chico Rodrigues (DEM-RR), acredita que a medida chegou em boa hora. 

— O Congresso e o Poder Executivo estão empenhados em diminuir o sofrimento da população. Toda a população brasileira, que cumpra as condições, terá acesso a recursos que serão transferidos através de bancos públicos.

O líder da minoria, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), comentou a votação em suas redes sociais.

— O nosso Projeto de Lei 873/2020 do Renda Básica da Cidadania deverá ser apensado ao projeto que veio da Câmara e será designado relator para apreciação da matéria — disse ele.

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) afirmou que a sessão, que estava prevista para terça-feira (31), foi antecipada por conta da urgência da matéria.

— Nós haveremos de deliberar e fatalmente há unanimidade em razão do reconhecimento claro que todos nós temos de socorrer e ajudar a mitigar esse problema seríssimo que se aplaca sobre os segmentos mais frágeis de brasileiros. 

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) afirmou que a aprovação da medida na Câmara é a demonstração que o Congresso Nacional está fazendo a sua parte. Para ela, R$ 600 é o valor mínimo para que um cidadão sobreviva.

— Esse valor precisa chegar na mesa das pessoas. As pessoas estão com fome. A fome tem pressa. A ação tem que ser imediata e até agora esse dinheiro ainda não está disponibilizado. Não tem tempo para se pensar e se burocratizar — afirmou. 

O senador Esperidião Amin (PP-SC) também pediu urgência na aprovação.

— Nenhum tema é mais urgente. Acrescento apenas que acompanhar a velocidade da efetividade do projeto é crucial — ressaltou Amin.

Projeto

A medida emergencial foi incluída no PL 9.236/17, de autoria do deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG), e aprovado pelo Plenário da Câmara dos Deputados na quinta-feira (26). 

De acordo com o projeto, será permitido a duas pessoas de uma mesma família acumularem benefícios: um do auxílio emergencial e um do Bolsa Família. Se o auxílio for maior que a bolsa, a pessoa poderá fazer a opção pelo auxílio.

Para as mães que são chefe de família (família monoparental), o projeto permite o recebimento de duas cotas do auxílio, totalizando R$ 1,2 mil.

Já a renda média será verificada por meio do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) para os inscritos e, para os não inscritos, com autodeclaração em plataforma digital. Serão considerados todos os rendimentos obtidos por todos os membros que moram na mesma residência, exceto o dinheiro do Bolsa Família.

Requisitos

Para ter acesso ao auxílio, a pessoa deve cumprir, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • ser maior de 18 anos de idade;
  • não ter emprego formal; 
  • não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;
  • ter renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); e
  • não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

O candidato deverá também cumprir uma das condições abaixo:

  • exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI);
  • ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS);
  • ser trabalhador informal inscrito no CadÚnico;
  • ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

Forma de pagamento

Segundo o projeto, o auxílio emergencial será pago por bancos públicos federais por meio de uma conta do tipo poupança social digital.

Essa conta será aberta automaticamente em nome dos beneficiários, com dispensa da apresentação de documentos e isenção de tarifas de manutenção. A pessoa usuária poderá fazer ao menos uma transferência eletrônica de dinheiro por mês, sem custos, para conta bancária mantida em qualquer instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central.

A conta pode ser a mesma já usada para pagar recursos de programas sociais governamentais, como PIS/Pasep e FGTS, mas não pode permitir a emissão de cartão físico, cheques ou ordens de pagamento para sua movimentação.

Se a pessoa deixar de cumprir as condições estipuladas, o auxílio deixará de ser pago. Para fazer as verificações necessárias, os órgãos federais trocarão as informações constantes em suas bases de dados.

O Executivo poderá prorrogar o pagamento do auxílio enquanto durar a epidemia.

Fonte: Agência Senado

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Sicredi União RS/ES disponibiliza crédito emergencial para associados

Publicado

em

portal plural comprometido com a reconstrução do rio grande do sul e a retomada do desenvolvimento das regiões onde está presente, a sicredi união rses está disponibilizando mais de 250 milhões e
Foto: Divulgação/ Sicredi
topo humbeto pluralAcademia PersonaNuveraFAST AÇAÍ

Comprometido com a reconstrução do Rio Grande do Sul e a retomada do desenvolvimento das regiões onde está presente, a Sicredi União RS/ES está disponibilizando mais de 250 milhões em crédito emergencial aos agricultores e empresas impactados direta e indiretamente pelas condições climáticas no Estado.

A Cooperativa vem acompanhando e apoiando de diversas formas a população afetada pelas enchentes de forma direta ou indiretamente. Estas linhas de crédito são mais uma forma de apoio para contribuir na retomada de crescimento dos nossos associados“, explicou Fernando Reichert Haas, diretor executivo da Sicredi União RS/ES.

São diversas linhas de crédito, como K-giro Peac FGI, Pronampe, Fampe, Crédito Solidário, CPR Tradicional para PF e CPR PJ com taxa diferenciada, sendo que as operações devem ser contratadas até 31 de julho.

Associados podem procurar a sua agência ou conversar pelo WhatsApp (51) 33584770.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

SINE Santa Rosa divulga diversas oportunidades de emprego

Publicado

em

portal plural sine santa rosa divulga diversas oportunidades de emprego

NuveraFAST AÇAÍAcademia Personatopo humbeto plural

O SINE de Santa Rosa está com diversas vagas de emprego abertas em diferentes áreas. Os interessados devem comparecer à agência, localizada na Avenida Rio Branco, 634, Centro, com documento pessoal (RG, CPF, CNH) e currículo atualizado. O atendimento acontece de segunda a quinta-feira, das 8h às 16h30, e na sexta-feira, das 8h às 15h, sem fechar ao meio-dia.

Confira as vagas disponíveis:

  • Administração/Comércio: Auxiliar de Escritório, Recepcionista para Hotel, Analista de RH, Analista Contábil, Contador(a), Comprador(a), Gerente de Vendas, Fiscal de Loja, Operador(a) de Caixa, Vendedor(a) De Motos, Vendedor(a) Interno(a), Consultor(a) de Vendas, Vendedor(a) Externo(a), Vendedor(a) Interno(a) de Eletro e Bazar.
  • Alimentação: Frentista, Nutricionista, Auxiliar de Cozinha, Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Limpeza, Servente de Limpeza, Auxiliar de Limpeza.
  • Construção Civil: Auxiliar de Serviços Gerais (com conhecimento em elétrica e jardinagem), Pedreiro, Servente de Obras.
  • Indústria: Operador de Barca/Balsa, Costureira, Auxiliar de Estoque, Líder de Setor De Produção, Auxiliar de Açougue, Auxiliar de Depósito, Auxiliar de Padaria, Lubrificador de Veículos, Mecânico Automotivo, Mecânico de Empilhadeiras, Motorista de Caminhão Basculante, Rebarbador de Metais, Operador de Dobradeira, Auxiliar de Eletricista Industrial, Auxiliar Técnico de Processos, Montador Industrial, Torneiro/Fesador, Auxiliar de Montagem de Estruturas Metálicas, Forneiro de Vidro, Operador de Retroescavadeira, Marceneiro, Auxiliar de Marceneiro, Auxiliar de Produção.
  • Serviços: Babá, Fiscal de Trânsito.
  • Pessoas com Deficiência (PCD): Vagas para PCD em loja de vestuário e supermercado.

Observações:

  • A vaga de Operador de Barca/Balsa é para trabalhar em Porto Vera Cruz.
  • Para a vaga de Auxiliar de Serviços Gerais, é necessário conhecimento em elétrica e jardinagem para manutenção predial.
  • Para a vaga de Motorista de Caminhão Basculante, é exigida CNH categoria “C”.
  • Para a vaga de Auxiliar Técnico de Processos, é necessário curso técnico em Mecânica e conhecimento de Solidworks.
  • Para a vaga de Forneiro de Vidro, é exigida experiência em Torno CNC, Centro de Usinagem ou Máquina de corte plasma.
  • As vagas para PCD exigem a apresentação de laudo médico.

 

Interessados devem procurar a agência do SINE, situada na Avenida Rio Branco- 634- Centro/ Santa Rosa. O atendimento acontece das 08h às 16h30 e na sexta-feira, das 08h às 15h, sem fechar ao meio-dia.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Sete em cada dez pessoas planejam presentear alguém no Dia dos Namorados, revela pesquisa

Publicado

em

portal plural sete em cada dez pessoas planejam presentear alguém no dia dos namorados, revela pesquisa
Foto: Divulgação
FAST AÇAÍNuveraAcademia Personatopo humbeto plural

O Dia dos Namorados de 2024 promete aquecer o comércio, com 66% das pessoas indicando a intenção de fazer compras, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva em parceria com a QuestionPro. Em comparação, em 2023, esse percentual foi de 59%. A expectativa para este ano representa 102 milhões de pessoas, o que equivale a sete em cada 10 brasileiros.

Ao considerar diferentes faixas de renda, o levantamento revela que pessoas com melhores condições financeiras planejam desembolsar, em média, R$ 440, enquanto parcelas das classes D/E têm a intenção de gastar cerca de R$ 239. Roupas e acessórios despontam como as principais opções de presentes, indicadas por 50% dos entrevistados, seguidas por chocolates (32%), cosméticos (26%) e calçados (23%).

Além disso, quase 9 em cada 10 pessoas consultadas pelo levantamento e que estão em relacionamentos pretendem sair para passear ou ir a um restaurante para comemorar a data. “A forma de comemorar ou presentear pode mudar, mas identificamos que a intenção é grande, o que demonstra uma melhora na situação econômica do país, com a redução do desemprego”, destaca Renato Meirelles, presidente do Instituto Locomotiva.

A expectativa de aumento nas vendas também é compartilhada entre os setores da economia. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima um crescimento de 5,6% no volume de vendas no varejo brasileiro, totalizando um saldo de R$ 2,59 bilhões. Apenas o setor de shoppings espera um aumento de 4,2%, alcançando um faturamento de R$ 4,4 bilhões no período de 6 a 12 de junho. De acordo com a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), 81% dos shoppings estão otimistas com a data. Por sua vez, a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) projeta um faturamento ainda mais otimista, de R$ 7,5 bilhões.

Fonte: CNN Brasil

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

×

Entre em contato

×