Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Bancos fazem mutirão para negociar dívidas em atraso – Portal Plural
Connect with us

Geral

Bancos fazem mutirão para negociar dívidas em atraso

Pável Bauken

Publicado

em



 

Começa nesta segunda-feira (2) a Semana de Negociação e Orientação Financeira, que ocorrerá até sexta-feira (6) em todo o país.

Durante o mutirão, organizado pelo Banco Central e pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), parte das agências bancárias de todo o país, de sete instituições financeiras (Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco Pan, Caixa Econômica, Itaú e Santander), terá o horário estendido até as 20h para oferecer orientação financeira e negociar dívidas em atraso de seus clientes, em condições especiais. A lista completa pode ser acessada no site Papo Reto, da Febraban.

A negociação ainda poderá ser feita nas demais agências desses bancos, localizadas em todo o território nacional, no horário normal de funcionamento, nos canais digitais das instituições e pela plataforma consumidor.gov.br.

Segundo a Febraban, os bancos Votorantim e Safra também participam da iniciativa, somente por meio dos canais digitais.

Banrisul

O Banrisul informou que oferecerá desconto sobre o total da dívida e nos juros. Além do atendimento nas agências, o banco oferece o Portal de Solução de Dívidas, localizado em seu site, e por meio do aplicativo Banrisul Digital, na função Resolva Dívidas em Atraso. No site do Banrisul, o cliente tem acesso ainda a orientações financeiras na área Crédito Consciente.

Banco do Brasil

O BB dará descontos de até 92% na liquidação de dívidas e oferecerá prazos que podem chegar a 120 meses, além de até 180 dias de carência. O banco também oferecerá, promocionalmente, taxas de juros até 14% menores para as operações de renegociação. Além das agências, o banco também dá a opção de atendimento digital pelo Portal de Renegociação de Dívidas e pelo aplicativo do BB.

Bradesco

O Bradesco informou que participa do mutirão da dívida com prazos e taxas diferenciadas, de acordo com o perfil dos clientes. “O Bradesco vai participar da Semana da Negociação e Orientação Financeira, organizada pela Febraban e o Banco Central, oferecendo prazos e taxas diferenciadas para a renegociação de dívidas. As condições serão estruturadas de acordo com o perfil de cada cliente. Vamos realizar intensiva comunicação com clientes potenciais. As Agências e canais de atendimento estarão preparadas para atender aos clientes com alçada para negociar eventuais sugestões de condições para a renegociação dos pagamentos”, disse em nota.

Caixa Econômica Federal

Segundo a Caixa, na renegociação do crédito comercial, os clientes podem quitar dívidas que estejam em atraso há mais de 1 ano, com até 90% de desconto para pagamento à vista, de acordo com as características da operação. Podem ainda unificar os contratos em atraso e parcelar em até 96 meses, realizar uma pausa no pagamento de até uma prestação vencida ou a vencer e efetuar a repactuação da dívida, com possibilidade de aumento do prazo.

As condições também englobam os contratos habitacionais. Uma das alternativas oferecidas compreende o pagamento de um valor de entrada e a incorporação do restante da dívida em atraso às demais prestações do contrato, permitindo que o cliente retome seu fluxo de pagamento mensal.

Para outro grupo de clientes, há possibilidade, após o pagamento da entrada, de fazer acordo para pagamento de uma prestação por mês na data de vencimento, durante três meses consecutivos. Após esse prazo, as demais prestações que ainda estiverem em atraso serão incorporadas ao saldo do contrato.

Para o cliente que tem saldo na conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), outra opção é utilizar o recurso para reduzir a prestação em até 80% por 12 meses. Essa condição vale para clientes que apresentam até três parcelas do financiamento em atraso.

Segundo a Caixa, as condições variam de acordo com as características do contrato e o tipo de operação.

A renegociação também pode ser feita por meio do site www.negociardividas.caixa.gov.br, via telefone e WhatsApp 0800 726 8068, nos perfis do banco no Facebook e no Twitter, APP Cartões Caixa, nos caminhões Você no Azul e nas agências. Na habitação, os clientes contam ainda com a possibilidade de renegociar a dívida pelo serviço Habitação na Mão do Cliente, nos telefones 3004-1105 (capitais), opção 7, ou 0800 726 0505 (demais cidades).

Itaú Unibanco

O atendimento no Itaú Unibanco ocorrerá nas agências, pelo site, aplicativo e na central telefônica. Segundo o banco, o cliente vai encontrar taxas reduzidas, a partir de 1,99% – nesse caso, para débitos com mais de 90 dias de atraso –, e prazo de até 30 dias para o pagamento da primeira parcela. Quem for pessoalmente renegociar pode obter desconto de até 90% nas dívidas com atraso superior a um ano; ter a opção de pagamento da dívida renegociada em até 6 vezes, com parcelas fixas; ou parcelamento, em até 60 meses do valor devido.

Santander

O Santander informou que a renegociação envolve descontos de até 90% no valor da dívida. Clientes com atrasos de até 60 dias terão reduções nas taxas de até 20%. Já para acordos com atrasos acima de 60 dias, dependendo do caso, os descontos serão de até 90% no valor total da dívida.

As condições especiais serão válidas para as modalidades crédito pessoal, consignado, capital de giro, conta garantida, Santander Master, descontos de recebíveis e cartão de crédito nos canais de relacionamento do banco (aplicativo, central telefônica, portal de renegociação e agências). No período da campanha, o Santander também manterá algumas de suas agências abertas até as 20h para o atendimento, com orientação financeira aos clientes.

Dívidas com bancos

Segundo levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), a maior parte das dívidas (53%) em aberto no país está ligada a instituições financeiras. Já o comércio responde por uma fatia de 17% do total de dívidas. O setor de comunicação foi responsável por 12% das pendências e as contas de água e luz, por 10%.

AGB

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Xuxa monta um exército de famosos e declara guerra a Sikêra Jr., após apresentador afirmar que a loira é criminosa

Reporter Global

Publicado

em



 

“Quem fala o que quer, ouve o que não quer”, provavelmente você já ouviu este ditado popular que serve de alerta para todos que não têm ‘papas na língua’ e fala o que bem entende como é o caso do apresentador e jornalista Sikêra Jr.

 

Recentemente durante a apresentação do telejornal ‘Alerta Nacional’, exibido pela RedeTV, Sikêra Jr. atacou duramente a apresentadora Maria da Graça Xuxa Meneghel, e eterna ‘rainha dos baixinhos’.

Na ocasião Sikêra Jr. afirmou que Xuxa fazia apologia as drogas e que estava ligada ao grave crime contra crianças, associando o nome da apresentadora a pedofilia.

Nesta terça-feira (27), a briga entre Sikêra e Xuxa ganhou um novo contorno, a rainha dos baixinhos reuniu, além de sua filha Sasha e do marido, Junno Andrade, para participarem da campanha “Zoofilia não é piada”.

A campanha foi criada após Sikêra Jr. exibir no ‘Alerta Nacional’ um abuso contra um animal e fazer piada cobre o crime.

Xuxa reuniu um time de famosos de ‘peso’, entre eles estão, Ana Maria Braga, Angélica, Camila Pitanga, Carolina Dieckmann, Luisa Mell, Paola Oliveira, Paulo Gustavo, Ratinho, Rita Lee, além do deputado estadual Bruno Lima (PSL – SP), aparecem nos vídeos, publicados pela “rainha dos baixinhos”, onde é dita a seguinte frase: “Zoofilia é crime, não é piada”.

A ‘peleja’ entre Xuxa e Sikêra Jr. está longe de acabar, o apresentador será denunciado junto ao MP-SP (Ministério Público de São Paulo) pelos ataques contra Xuxa Meneghel no Alerta Nacional da última sexta-feira (23). Durante o programa exibido pela RedeTV!, o apresentador associou a “rainha dos baixinhos” à pedofilia por publicar um livro infantil sobre uma criança com duas mães.

 

 

Diario ao Vivo

 

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Gusttavo Lima vai pagar 54 salários mínimos de pensão, R$ 56,5 mil, para Andressa Suita e filhos após separação

Reporter Plural

Publicado

em

EXTRAA

A primeira decisão em torno do divórcio milionário de Gusttavo Lima e Andressa Suita já saiu. Na semana passada, a Justiça determinou os valores de pensão que o cantor vai pagar para os dois filhos e também para a modelo. Gusttavo vai desembolsar 54 salários mínimos por mês.

Para Andressa serão 24 salários mínimos mensais, R$ 25.080,00, durante um ano, e para cada um dos filhos mais 15 salários mínimos, R$ 15.675,00, para as despesas básicas. Escola e planos de saúde, por exemplo, serão custeados à parte pelo sertanejo.

Os advogados do cantor também propuseram um acordo aos de Andressa sobre os bens que ela pleiteia, mas a modelo não aceitou e entrou na disputa pela partilha. A liminar que dava direito de Andressa viver na fazenda de Bela Vista de Goiás, onde os dois passaram toda a quarentena, foi derrubada e a mansão segue com Gusttavo.

A amigos mais íntimos, ele diz que não quer brigar com a ex-mulher por conta de dinheiro. Apesar de serem casados pelo regime de separação total de bens, Gusttavo e Andressa deverão dividir parte do patrimônio do cantor, avaliado em R$ 150 milhões. A modelo estaria buscando pelo menos 30% desse montante, algo em torno de R$ 45 milhões, pelas aquisições feitas após o casamento dos dois.

 

Saiba o valor da pensão que Gusttavo Lima pagará para Andressa Suita e os  filhos! - POPline

 

FONTE EXTRA

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Mesmo parado, seu carro necessita de cuidados

Reporter Plural

Publicado

em

Crédito: Divulgação/Shell

Nos últimos meses, muitas pessoas deixaram o automóvel na garagem. Mas é bom lembrar que, mesmo estacionado ou andando pouco, ele requer atenção. Confira a seguir como cuidar de seu carro como ele merece.

1. Aprenda a verificar o nível do óleo e da água

Dependendo da quantidade de quilômetros que você faz por mês, esta tarefa deverá ser realizada ao menos uma vez a cada quinze dias. Mas fique tranquilo que isso não exigirá muito conhecimento técnico.

Com relação ao óleo, a primeira coisa a aprender é que ele só deve ser verificado com o motor desligado há pelo menos 10 minutos, com o automóvel em um lugar plano. Com isso, você pode olhar o nível, que deve estar entre o mínimo e o máximo da vareta. Lembre-se também dos prazos de troca, que geralmente ficam entre 10 mil e 15 mil quilômetros.

O liquido do arrefecimento, que é composto por água e um aditivo para conservar as peças, também deve ser verificado com o motor frio. Se estiver pouco abaixo do nível, basta completar. E ele também precisa ser trocado a cada 10 mil quilômetros.

 

2. Mantenha o carro limpo

Limpar o carro não é só uma questão de estética. A sujeira, tanto no interior como no exterior compromete a pintura, pode provocar manchas e ainda é capaz de causar danos nocivos à saúde do condutor e dos passageiros.

 

3. Limpe o motor do automóvel

A cada um ou dois anos, leve o carro à lavação para limpar o motor. Quando está limpo, ele trabalha muito melhor e ainda permite que o condutor perceba fugas ou vazamentos com antecedência, imprescindível para evitar gastos desnecessários.

 

4. Dirija com precaução

Ao conduzir de maneira cautelosa, o condutor está zelando pelo bem estar, tanto dele próprio quanto do veículo, evitando colisões, raspões e uma série de outras avarias nocivas ao carro.

 

5. Estacione na sombra

A tinta do carro é a primeira barreira contra diversos fatores, protegendo o veículo das ações do tempo e evitando o aparecimento da ferrugem, por exemplo. Por este motivo, é importante tomar muito cuidado com a exposição prolongada ao sol e a incidência dos raios ultravioleta, que desgastam e corroem a tinta do carro.

 

6. Faça alinhamento e balanceamento

A cada 10 mil quilômetros ou após trocas de pneus e outros componentes, faça o alinhamento e o balanceamento das rodas. Isso evita o desgaste irregular dos pneus e aumenta a segurança dos passageiros.

 

7. Fique atento à pressão dos pneus

A pressão correta dos pneus reduz o consumo do combustível, evita o superaquecimento, o desgaste precoce e ainda elimina o risco de acidentes. A pressão adequada para os pneus do seu veículo pode ser verificada no manual que o acompanha.

 

8. Tire o pé da embreagem

Ao dirigir, evite deixar o pé constantemente sobre a embreagem. Essa ação mantém o engate desacoplado, já que o conjunto da peça funciona por fricção, ocasionando o desgaste prematuro e até mesmo quebra da embreagem.

9. Use peças originais na reposição

As peças genéricas não passam por testes rigorosos de qualidade. Por este motivo, sempre que precisar repor as peças do veículo, escolha as originais. Com isso você evita problemas mecânicos, acidentes e até mesmo perda de garantia.

 

10. Substitua os filtros

Tanto o filtro do ar, do óleo e do combustível têm como missão a proteção do motor. Por este motivo, substitua-os sempre que necessário, de acordo com as datas do manual do fabricante.

 

Viu só? Com essas dicas para cuidar do carro, você evita uma série de problemas desnecessários e ainda mantém a segurança e a longevidade do seu veículo.

 

 

 

 

FONTE LITORAL CAR

 

 

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

O que você achou do site novo do Portal Plural?

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×