Sebrae RS passa a integrar programa Conecta Educação – Portal Plural
Connect with us

Geral

Sebrae RS passa a integrar programa Conecta Educação

Publicado

em



 

O conceito de empreendedorismo vai muito além de abrir um negócio próprio. Uma pesquisa da Fundação Telefônica Vivo, em parceria com o Ibope Inteligência e Rede Conhecimento Social, que também trabalha com o empreendedorismo entre os jovens, constatou que 55% acreditam que empreender é conseguir colocar em prática os seus sonhos e 64% concordam que empreendedorismo é mais que ter um negócio, é ter atitude, iniciativa e criatividade.

Pensando no futuro, o Sebrae RS passou a integrar, nesta terça-feira, 10 de setembro, o Projeto Conecta Educação Santa Rosa, que reúne escolas do município e conecta professores e estudantes ao prazer de ensinar e aprender com o uso de tecnologias educacionais digitais colaborativas. Com três anos de atividade, o programa integra todos os sistemas educacionais num projeto que redesenha a prática pedagógica do município para uma realidade mais colaborativa e digital com o uso do Google For Education como ferramenta de integração e trabalho colaborativo.

Participaram da cerimônia para assinatura do convênio a diretoria executiva do Sebrae RS, André Vanoni de Godoy (diretor-superintendente), Ayrton Pinto Ramos (diretor Técnico) e Marco Aurélio Paradeda (diretor de Administração e Finanças); o prefeito Alcides Vicini, o presidente da Agência de Desenvolvimento de Santa Rosa, Marcos Scherer, o gerente do Sebrae na Região Noroeste, Armando Pettinelli, e a consultora Maidi Dalri, que fará a apresentação do programa.

A parceria pretende trabalhar o desenvolvimento de competências empreendedoras junto aos estudantes. “A intenção é que nós possamos apoiá-los nesse desenvolvimento e que isso possa reverberar numa geração de jovens empreendedores com capacidade de resolução de problemas e que, sobretudo, sejam protagonistas das suas histórias desde cedo, durante sua trajetória escolar. Isso requer um novo jeito de ensinar e aprender. Não é apenas adotar ferramentas digitais mas, a escola necessita revisar o seu processo pedagógico, o qual suscita na formação de professores para que estejam alinhados com as novas demandas educacionais”, comenta Godoy .

Além disso, serão oferecidas consultorias, em uma parte inicial do projeto, para trabalhar com os professores e alunos, ajudando a redesenhar processos de ensino para gerar transformações na forma de ensinar. “É uma etapa para explicar como essas mudanças vão acontecer dentro das escolas. Nesse processo, há a implementação de uma plataforma digital, o desenho de como atender em cada escola, níveis de segurança, os processos de capacitação com os professores em que a formação pretende tornar o educador mais colaborativo e os conectando com alguns recursos digitais, com conteúdos que eles possam usar em sala de aula”, comenta a especialista em atividades colaborativas e metodologias ativas e consultora do projeto, Maidi Dalri.

Para viabilizar o projeto empresas locais estão apoiando financeiramente as ações em conjunto com a Prefeitura Municipal, numa iniciativa que está efetivamente mobilizando toda a cidade. Até agora, já são 400 professores, 30 escolas e mais de 2.500 alunos. Até o final do programa, pretende-se ampliar a atuação para todas as escolas municipais, chegando a mais de sete mil alunos.

Confira o que o projeto pretende ajudar a resolver:

• Reduzir o percentual de evasão das escolas de Santa Rosa;
• Melhorar os indicadores educacionais do município;
• Interferir de forma direta no nível motivacional dos professores;
• Adequar a prática pedagógica à realidade geracional e digital do século XXI;
• Transformar digitalmente as instituições envolvidas;
• Derrubar o paradigma “Escola do século XIX, professor do século XX e estudante do século XXI;
• Preparar os estudantes para a realidade de trabalho do mundo conectado no qual estamos vivendo;
• Estimular o desenvolvimento do trabalho por projetos;
• Reconectar os professores com o prazer de aprender e, consequentemente, de ensinar;
• Desenvolver o letramento digital do corpo docente envolvido.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

O drama das crianças brasileiras deportadas ao Haiti que o Brasil quer repatriar

Publicado

em



84 crianças brasileiras foram enviadas para o Haiti pelos EUA; governo brasileiro quer trazê-las ao Brasil em dez dias. No México, há outras 1,7 mil crianças haitiano-brasileiras que podem cruzar a fronteira com os EUA a qualquer momento.

 

As certidões de nascimento de Carlos* e Laura*, de três e um ano de idade, indicam Rondonópolis, no Estado de Mato Grosso, como a cidade em que ambos vieram ao mundo. Apesar disso, há poucas semanas, as duas crianças brasileiras foram deportadas pelo governo dos Estados Unidos para o Haiti, país de origem de seus pais, que moraram por mais de cinco anos no Brasil.
A deportação foi o ponto final de uma viagem de migração que incluiu passagens por mais de uma dezena de países, feitas de ônibus e a pé, em meio à fome e à violência.
“Na Colômbia, o homem me apontou a pistola, mas eu falei que a gente não tinha dinheiro, a gente não tem nada, e ele liberou a gente pra seguir”, relata Patrick*, o pai de Carlos e Laura, sobre a passagem pelo perigoso estreito de Darien, trajeto de 100 quilômetros em mata amazônica até o Panamá, que eles levaram 14 dias para percorrer.
Depois de atravessar o Panamá, a Costa Rica, a Nicarágua, Honduras e Guatemala, a família até tentou se estabelecer no México.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Delegado da 3ª DPR faz reunião virtual com colegas do sistema penal de Missiones-Argentina

Publicado

em



Foi realizado uma conferência virtual de integração entre servidores do sistema prisional gaúcho e do sistema penal argentino. Na ocasião, o delegado penitenciário da 3ª Região, Ederson Dornelles, e o administrador do Presídio Estadual de Santa Rosa, Rubesmar Goebel, trocaram informações com o Chefe do Serviço Penitenciário de Missiones, General Manuel Dutto, e com o chefe do departamento de Inteligência e informação, Major José Caceres.

Um dos objetivos da reunião foi proporcionar aos participantes trocas de informações relativas aos sistemas penais de ambos os países, evoluir na integração entre os entes de segurança, assim como partilhar conhecimentos na área da segurança e do sistema penal.

Segundo o delegado Ederson Dornelles, a conversa foi muito produtiva, pois, segundo ele “é fundamental a integração e a troca de conhecimentos entre os dois países. Essas reuniões aproximam os referidos gestores e os capacitam mutuamente segundo suas experiências”.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Prefeitura de Giruá dá prosseguimento em concurso público

Publicado

em



O prefeito Ruben Weimer de Giruá – RS e a Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências – FUNDATEC, informam que o prosseguimento do concurso público, que anteriormente fez-se necessário sua suspensão temporária, por conta da pandemia do novo coronavírus. No último dia 13 foi publicado o Edital Nº 01/2021 que dá prosseguimento ao concurso que terá sua prova no dia 16 de janeiro de 2022.

Considerando a possibilidade de prosseguir com as atividades suspensas temporariamente, conforme Edital Nº 08/2020 – Retificação do Edital de Abertura e Prorrogação das Inscrições, em decorrência do novo coronavírus (COVID-19), observando os cuidados de distanciamento social e higienização conforme orientações vigentes da vigilância sanitária, determina-se o prosseguimento deste Concurso Público agendando a aplicação das Provas Teórico-Objetivas para os candidatos com inscrições homologadas, conforme Edital N° 14/2020, publicado dia 08/05/2020 no site da FUNDATEC, seguindo cronograma especificado que pode ser conferido através do link: https://concursos-publicacoes.s3.amazonaws.com/…/564

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×