Santa Rosa terá 4 voos semanais, passagens podem variar de R$ 200,00 até R$ 1.000,00 – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Santa Rosa terá 4 voos semanais, passagens podem variar de R$ 200,00 até R$ 1.000,00

Publicado

em



 

Em setembro deverá começar a funcionar o aeroporto em Santa Rosa, serão quatro voos semanais, na segunda, terça, quinta e sexta-feira. Os voos de Porto Alegre para Santa Rosa tem saída da capital às 9h10 com chegada as 10h40 em Santa Rosa. O retorno para Porto Alegre será às 10h55 chegando a capital às 12h25.

A aeronave para nove pessoas será da empresa Twoflex mas será ofertado pela GOL, as passagens começam a ser comercializadas em agosto, o passageiro terá direito a todas vantagens da Gol em promoções e de mais serviços. A passagem terá um custo variando de R$ 200,00 até R$ 1.000,00, podendo ser comprada com 320 dias de antecedência. A média do ticket da Gol é de R$ 380,00.

Nove dias depois dos incentivos à aviação regional anunciados pelo governador Eduardo Leite, o Rio Grande do Sul teve a confirmação de que terá o dobro de rotas de voos regionais comerciais até a primeira semana de setembro. A confirmação foi dada nesta sexta-feira (12/7) pela Gol Linhas Aéreas, em audiência pública proposta pela Assembleia e que ocorreu na Câmara de Vereadores de Santana do Livramento – um dos municípios gaúchos que será atendido com transporte aéreo.

A companhia aérea anunciou que no dia 25 de agosto decolará o primeiro dos seis voos que irá colocar em operação no RS, conectando Passo Fundo a Porto Alegre em apenas 55 minutos – contra as mais de quatro horas do trajeto de carro. As demais rotas, entre Rio Grande, Bagé, Santa Rosa, São Borja e Santana do Livramento e a Capital serão iniciadas durante as duas semanas seguintes.

Audiência pública proposta pela Assembleia ocorreu na Câmara de Vereadores de Santana do Livramento – Foto: Cristiano Guerra / ALRS / Divulgação

“Estamos confirmando o acerto da nossa política de estímulo à aviação regional com o anúncio desses novos voos. Isso é desenvolvimento para o nosso Estado, porque aproxima essas regiões dos grandes centros e oportuniza novos investimentos para cada uma das regiões, já que permitirá que os investidores estejam mais rapidamente perto desses locais onde, antes, levariam horas para acessar”, disse Leite.

O governador assinou no dia 3 de julho duas medidas que alteram o Programa Estadual de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR-RS). O Decreto 54.686permitiu à Gol iniciar as atividades no RS, pois passou a possibilitar às companhias aéreas a exercerem as atividades por meio de contratos comerciais com terceiros.

Dessa forma, embora a Gol vá comercializar as passagens (a partir do dia 25 de julho) e ser responsável pelas rotas regionais, quem vai operar os voos diretamente será a Two Flex Aviação Inteligente. Os aviões da empresa, inicialmente, terão capacidade para nove passageiros.

Redução de imposto

O Decreto 54.685 prevê a redução de base de cálculo na compra de querosene de aviação no RS. O novo texto possibilita que a alíquota do combustível possa cair a até 2%, dependendo da quantidade de rotas ofertadas, a disponibilidade de assentos e a frequência de voos.

Esse benefício entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 2020. Com isso, representantes tanto da Gol como da Azul Linhas Áreas, que opera com seis voos regionais no Estado, anunciaram que pretendem ampliar a oferta de voos e de municípios gaúchos atendidos a partir do próximo ano.

Presidente da Comissão do Mercosul e Assuntos Internacionais e da Frente Parlamentar da Aviação Civil Regional na Assembleia Legislativa, que propuseram a audiência pública desta sexta-feira, o deputado estadual Frederico Antunes comemorou a notícia e agradeceu a Leite pelos incentivos.
“Empresários, mas também estudantes, pessoas doentes, quem vai visitar parentes, o turismo de compras, tudo isso passa ou pode passar e se beneficiar do transporte aéreo regular. A aviação tornou-se um meio de transporte público e, por isso, precisa ter políticas públicas. O governador Eduardo Leite aceitou o desafio e, agora, vamos colher os frutos”, afirmou Antunes durante a audiência pública.

Secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella reafirmou o compromisso do Estado de fortalecer os diversos modais de transporte. “Além de recuperar nossas estradas, estamos focados em desenvolver políticas para explorar o potencial de nossos aeroportos e hidrovias. A sociedade e a economia ganham muito com isso”, destacou Costella.

VOOS COMERCIAIS NO RS

COMO É
Atualmente, a Azul Linhas Aéreas integra o PDAR-RS, operando seis rotas regionais, com aeronaves de, pelo menos, 70 lugares. As rotas em operação são as seguintes:

– Porto Alegre–Santa Maria
– Porto Alegre–Uruguaiana
– Porto Alegre–Pelotas
– Porto Alegre–Santo Ângelo
– Caxias do Sul–Campinas (SP) (120 lugares)
– Passo Fundo–Campinas (SP) (120 lugares)

COMO SERÁ
Com as duas principais alterações no PDAR-RS (menor alíquota sobre o combustível de aeronaves e possibilidade de terceirizar a operação dos voos), a Gol Linhas Aéreas deverá oferecer seis novos voos regionais, com capacidade para nove passageiros cada, contratando a Two Flex para a operação dos voos.

As novas rotas, em fase de conclusão devem ser as seguintes:
– Porto Alegre–Rio Grande
– Porto Alegre–Bagé
– Porto Alegre–Santana do Livramento
– Porto Alegre–São Borja
– Porto Alegre–Santa Rosa
– Porto Alegre–Passo Fundo

Com a alíquota de ICMS menor, a Azul, que já está em atividade no PDAR-RS, pretende ampliar a atuação, operando as seguintes rotas:
– Porto Alegre–Bagé
– Porto Alegre–Santana do Livramento

Outras companhias que tiverem interesse e atenderem os requisitos exigidos pela legislação também podem protocolar pedidos para operar no RS.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Anderson recebe Comenda da Brigada

Publicado

em



Nesta semana, o Prefeito Anderson Mantei recebeu a Comenda do Batalhão da Brigada Militar. A honraria foi entregue pelo Tenente Coronel Wladimir Luis da Silva Rosa, Comandante do Comando Ambiental da Brigada Militar do RS. O ato foi realizado na Câmara de Vereadores. O reconhecimento se dá pelas atuações profissionais e sociais realizadas pelo prefeito.

A Comenda do Comando Ambiental da Brigada Militar foi instituída pela Portaria n°421/EMBM/2010. O objetivo do título é homenagear personalidades, órgãos e entidades públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, que se destacaram por suas relevantes contribuições prestadas ao CABM.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Vice-prefeito Taborda foi a Brasília em busca de recursos para Giruá

Publicado

em



O vice-prefeito Dari Taborda está em Brasília desde a última segunda-feira(18), visitou em torno de 15 gabinetes entre deputados federais e senadores, objetivando a busca de recursos através de emendas parlamentares para o orçamento de 2022. Segundo o vice-prefeito a viagem está sendo muito proveitosa no que tange às perspectivas para o município.

A comitiva giruaense esteve em audiência com o Ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), João Augusto Nardes e encontrou-se com o chefe da Assessoria de Convênios Edmilson Alves, no Ministério da Agricultura, onde foram tratados assuntos do interesse do município. O vice-prefeito Dari Taborda está acompanhado do secretário interino de Planejamento Econômico, Paulo Engler e o vereador Luiz Cesar Mello.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Tuparendi abre edital para venda de lotes junto ao Distrito Industrial

Publicado

em



A Concorrência Pública irá ocorrer no dia 26 de outubro de 2021, terça-feira, às 9h, na Sala do Departamento de Licitações da Prefeitura Municipal, tendo como critério de julgamento a maior oferta. Os interessados em adquirir lotes e realizar a instalação de novas indústrias, transferência, ampliação ou criação de filiais poderão participar.

A forma de participação restringe-se ao protocolo junto a Prefeitura de dois envelopes identificados. No envelope número 1 (um), deverá conter o comprovante original do valor da caução, que é de 5% do valor mínimo do imóvel. No envelope número 2 (dois) deverá ser anexado o plano de negócios e a proposta financeira juntamente com a cópia do CNPJ e Contrato de Constituição da Empresa.

Quanto ao pagamento dos lotes, este poderá ocorrer à vista, ou a prazo. Sendo a prazo, terá uma entrada, de no mínimo 10% valor, que será pago no ato da assinatura da escritura de venda e compra por lote adquirido e o saldo poderá ser parcelado em até 60 vezes.

Como incentivo o Município proporciona junto ao Distrito Industrial: As ruas pavimentadas; rede do troco de energia elétrica de alta e baixa tensão; rede de água e a concessão de isenção do pagamento do IPTU incidente sobre os prédios, por um período de 5 anos; mais a terraplanagem necessária à instalação da indústria e suas ampliações.

Mais informações e detalhes poderão ser obtidos no Site do Município www.tuparendi.rs.gov.br, Link Licitações – Concorrência 02/2021, ou pelo telefone (55) 3543-0500, ramal 226, com a Secretaria de Planejamento.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×