Rufino e Zamboni indicam criação do Conselho das Associações de Moradores – Portal Plural
Connect with us

Geral

Rufino e Zamboni indicam criação do Conselho das Associações de Moradores

Publicado

em



Os vereadores Rafael Rufino (MDB) e Maicon Zamboni (PP), encaminharam ao prefeito Anderson Mantei (PP) a Indicação 1711/2021, defendendo a criação do Conselho Municipal das Associações de Moradores de Santa Rosa. A proposta busca garantir maior participação popular nas decisões políticas e ações públicas.

Presente no dia a dia das comunidades, as Associações de Moradores conhecem em profundidade a realidade local e as principais demandas de sua população, podendo auxiliar o governo municipal no planejamento orçamentário, na criação ou na melhoria de políticas públicas e ações governamentais através de olhar diferenciado de sua própria história local.

Segundo os vereadores proponentes, é no bairro, na vila, na comunidade, que a vida acontece, com maior ou menor grau de participação estatal. Por isso, é importante ampliar o diálogo com as lideranças comunitárias na elaboração dos projetos públicos, planos e ações de governo para acertar mais e fazer melhor. A proposta é democrática em sua essência, buscando tratar os conflitos e superar dificuldades de forma compartilhada e responsável.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Sofrendo pela estiagem, Tuparendi decreta situação de emergência

Publicado

em



Devido as perdas causadas pela estiagem, o prefeito de Tuparendi, Leonel Petry, decretou Situação de Emergência no município.

Segundo informações apresentadas pelo município, as perdas já somam a quantia de R$ 40 milhões.

“Todos estes problemas acarretam numa redução de impostos gerados e repassados a gestão”, disse o prefeito

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Facebook pode levar multa pesada por explorar dados de usuários

Publicado

em



A rede social Facebook vai encarar mais um processo por domínio de mercado. Desta vez, a acusação parte de uma autoridade regulatória do Reino Unido e pode levar a empresa a pagar até US$ 3,2 bilhões em multa — cerca de R$ 17,7 bilhões em conversão direta de moeda.

A ação judicial é encabeçada por Liza Lovdahl Gormsen, conselheira do órgão antimonopolista Financial Conduct Authority (FCA). Segundo a Reuters, o documento representa “todos os britânicos que usaram o Facebook entre 2015 e 2019”.

Liza argumenta que o Facebook lucrou ao impor termos de uso injustos e condições que “demandavam aos consumidores entregar dados pessoais para acessar a rede”. Graças a mecanismos de visualização e análise de informações, como o Facebook Pixel, essas informações acabavam nas mãos de anunciantes ao virarem perfis de consumidores para criação de material direcionado.

O que diz o Facebook

A ação judicial agora será analisada pelo tribunal de apelações de mercado em Londres antes de um eventual julgamento. Para a Meta, dona do Facebook, os usuários têm pleno conhecimento das informações compartilhadas na plataforma.

Além desse possível processo, a companhia ainda deve ser julgada por práticas anticompetitivas de mercado e aquisições predatórias por autoridades norte-americanas.

FONTE:TECMUNDO

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Bancada gaúcha na Câmara gasta R$ 10,5 milhões de cota

Publicado

em



A bancada federal gaúcha gastou R$ 10,5 milhões da cota de gabinete em 2021, ano pré-eleitoral. O valor total leva em consideração os custos totais de 34 parlamentares (sendo que três suplentes ocuparam ou ainda ocupam as vagas). Os dados foram obtidos no Portal Transparência da Câmara Federal. Assim como ocorreu na média da Casa, o principal gasto foi com a chamada divulgação da atividade parlamentar, que somou R$ 2,8 milhões, o que representa 27% do total. O gasto com esse tipo de despesa tem crescido na atual legislatura. Por exemplo, em 2019 foram gastos R$ 2,1 milhões e, em 2020, R$ 2,5 milhões. A categoria envolve custos com anúncios na internet, publicações nas redes sociais, impressões, entre outros.

Segundo os dados, o deputado federal Giovani Cherini (PL) foi o que mais utilizou a cota, totalizando R$ 488 mil, sendo seguido por Nereu Crispim (PSL), com R$ 480 mil. Líder da bancada gaúcha, Cherini justifica os gastos pela atuação do gabinete, da vice-liderança do governo e da liderança da bancada. “Faço todos os trabalhos de vice-líder do governo e de líder da bancada gaúcha com a minha cota. Vice-líder não tem cota especial. E a liderança da bancada gaúcha funciona no meu gabinete. É muito trabalho”, enfatizou o deputado. Na mesma linha, Nereu Crispim também justificou os custos: “muito trabalho”.

Na outra ponta, o deputado que está no mandato e gastou menos foi Marcel Van Hattem (Novo), que utilizou R$ 98,9 mil. “Comecei cortando na própria carne, reduzindo o número de assessores, gastando apenas o mínimo necessário com a cota parlamentar, renunciando a auxílio-moradia, apartamento funcional e aposentadoria especial. A economia total do mandato já é de mais de R$ 4 milhões mostrando que é possível ser um parlamentar econômico e eficiente em respeito ao pagador de impostos gaúcho”, alegou.

Entre os com menores gastos está o deputado licenciado e ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni (Dem), que usou apenas R$ 701 da cota com telefonia, quando retornou temporariamente para o cargo em fevereiro de 2021. Assim como Onyx, Danrlei de Deus está licenciado desde abril do ano passado, quando assumiu o cargo de secretário estadual de Esportes. Já Santini exerceu o mandato até março do ano passado, quando deixou a suplência com o retorno do deputado Covatti Filho (PP).

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×