Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
RS deve marcar máxima de 37ºC nesta sexta-feira – Portal Plural
Connect with us

Clima/Tempo

RS deve marcar máxima de 37ºC nesta sexta-feira

Pável Bauken

Publicado

em



 

O Rio Grande do Sul deve ter uma sexta-feira de sol e calor intenso, com temperaturas ainda mais elevadas do que na quinta-feira. Assim, a maioria das regiões do Estado devem marcar máximas acima dos 30ºC durante a tarde.

As maiores máximas desta sexta-feira devem ser registradas em Santa Rosa e Uruguaiana com 37ºC e temperatura mínima de 17ºC em ambos os municípios.

Entretanto, na região do Extremo Sul o tempo deve ser de instabilidade. Com o avanço das nuvens procedentes do Uruguai, as cidades de Chuí e Santa Vitória do Palmar têm chance de chuva isolada e céu encoberto por nuvens. Esse cenário deve avançar e alcançar as demais regiões do Estado nos próximos dias. Em Porto Alegre, a chuva está prevista para chegar ainda neste domingo.

Mínimas e máximas

Santa Rosa 17ºC / 37ºC
Torres 18ºC / 29ºC
Porto Alegre 17ºC / 35ºC
Ausentes 11ºC / 29ºC
São Miguel das Missões 18ºC / 36ºC
Erechim 16ºC / 33ºC
Santa Maria 19ºC / 35ºC
Alegrete 20ºC / 35ºC
Bagé 20ºC / 33ºC
Rio Grande 19ºC / 32ºC

CP
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima/Tempo

Tempo fica firme na maior parte do RS nesta quinta

Reporter Plural

Publicado

em

PRODUÇÃO PORTAL

O dia vai começar friozinho, mas aos poucos a temperatura vai subir no Estado.

Santa Rosa, mínima de 17°C e máxima de 26°C.   Dia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.

A massa de ar seco e fria vai continuar atuando sobre o Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (29). O dia vai começar com frio, mas aos poucos a temperatura deve subir no Estado.

Na maior parte do RS, o tempo vai ficar firme nesta quinta. Conforme a previsão, podem ocorrer pancadas fracas e isoladas de chuva durante a tarde no Litoral Norte, na Serra e na Região Sul.

 

 

 

 

FONTE CLIMA TEMPO

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

La Niña mais forte

Reporter Plural

Publicado

em



A última atualização dos órgãos de previsão climática do mundo, incluindo a Noaa (Administração Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos) e o Iri (Instituto Internacional de Pesquisa Climática da Universidade de Columbia), mostram que o fenômeno climático “La Niña” ganhou mais força do que o esperado inicialmente.

grafico_SST

Gráfico de temperatura na superfície do mar na região “Niño 3.4”

Segundo os institutos, a anomalia de temperatura da superfície do Oceano Pacífico em sua faixa equatorial, região conhecida por Niño 3.4, está em torno de 1,5°C abaixo da média, o que indica a uma forte intensidade.

 

sst_noaa

Anomalia de temperatura da superfície do mar, os tons em azul e roxo representam registros

abaixo da média climatológica

O que importa a La Niña para o Brasil?

A La niña causa alterações as temperaturas e também no regime de chuva em diversas áreas do planeta. No Brasil, a Região Sul sofre um impacto direto no regime de chuva que passa a ser mais irregular e com menos volume, ou seja, os produtores agrícolas da região terão de ficar bem atentos às previsões de chuva nos próximos meses a fim de minimizar os impactos na próxima safra.

No Sudeste, o principal impacto fica para as temperaturas que devem ficar levemente abaixo do normal, esse tipo de fenômeno climático não trás um impacto direto para chuva na região, mas a La Niña também faz com que mais Zonas de Convergência do Atlântico Sul se formem, por conta da nebulosidade, a temperatura diminui, só que mais nuvens nem sempre significa mais chuva.

 

lanina_impactos

“La Niña forte, mas não por muito tempo”, essa foi a frase dita pela especialista em clima Patrícia Madeira, da Climatempo, que ainda completou: “estar forte agora, não significa que vai continuar com a mesma intensidade. A previsão indica que ela deve ficar com intensidade moderada até o final do verão, depois se desfaz”.

 

 

FONTE CLIMA TEMPO

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

Ciclone extratropical atinge o Rio Grande do Sul nesta terça-feira

Reporter Global

Publicado

em

Foto: Ricardo Giusti / CP Memória

 

Porto Alegre e Litoral estão entre as áreas de risco de chuva forte

 

Um ciclone extratropical se forma sobre o Rio Grande do Sul nesta terça-feira. O fenômeno se forma na costa, e traz instabilidade para a parte Leste do Estado.

De acordo com a MetSul Meteorologia, o tempo fica mais aberto e seco nas regiões Oeste, Noroeste e Norte, com sol. Um ar mais frio ingressa no território, e o dia deve ser ameno.

Em Porto Alegre, sol aparece, mas deve haver chuva forte. A mínima deve ser de 17°C, e a máxima de 24°C, na Capital.

 

Mínimas e máximas no RS

Passo Fundo 15°C / 25°C
Capão da Canoa 17°C / 22°C
Uruguaiana 13°C / 26°C
Vacaria 13°C / 20°C
Erechim 15°C / 25°C
Pelotas 15°C / 23°C
Santa Rosa 17°C / 27°C

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

O que você achou do site novo do Portal Plural?

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×