Rio Grande do Sul recebe 116 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca – Portal Plural
Connect with us

Saúde

Rio Grande do Sul recebe 116 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca

Reporter Global

Publicado

em

Avião que transporta o imunizante chega neste domingo em Porto Alegre Foto: Agência Brasil


 

 

O Ministério da Saúde confirmou que 116 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca contra o coronavírus chegam no Rio Grande do Sul na manhã deste domingo (24).

 

 

A chegada do imunizante no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, está prevista para as 9h35min.

Depois, as doses seguirão para a Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos da Secretaria da Saúde, na Capital. Elas serão registradas e distribuídas entre as 18 Coordenadorias Regionais de Saúde, que enviarão o lote aos municípios de acordo com os critérios de ordenamento dos grupos prioritários.

Assim como ocorreu na chegada das 341,8 mil doses da Coronavac, o Estado prepara a logística de distribuição com transporte aéreo e rodoviário. As novas doses serão aplicadas principalmente em trabalhadores da saúde.

Clique aqui e veja como será a distribuição por Estado das doses da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica Astrazeneca.

 

 

FONTE: O Sul

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

SARS-CoV-2: Estudo revela que vírus sobrevive três dias em tecidos

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Três dos tecidos mais frequentemente usados ​​por profissionais de saúde no exercício da profissão representam um risco significativo de transmissão do vírus

Um estudo da De Montfort University, em Leicester, alerta que o vírus que causa a Covid-19 pode sobreviver em tecidos usados até três dias, segundo a BBC.

Os pesquisadores testaram um modelo semelhante ao coronavírus em poliéster, poli algodão e 100% algodão.

A experiência foi realizada adicionando gotículas do vírus aos tecidos. Depois, foi medida a estabilidade do mesmo em cada material por 72 horas.

Os resultados mostraram que o poliéster apresenta o maior risco de transmissão, com o vírus ainda presente após três dias e com a capacidade de se transferir para outras superfícies. No algodão 100%, o vírus permaneceu durante 24 horas, enquanto que no poli algodão, o vírus sobreviveu apenas seis horas.

“Quando a pandemia começou, havia muito pouco conhecimento de quanto tempo o coronavírus poderia sobreviver em tecidos”, explicou a microbiologista e líder do estudo, Katie Laird. “As nossas descobertas mostram que três dos tecidos mais frequentemente usados ​​na área da saúde representam um risco de transmissão do vírus. Se enfermeiros e outros profissionais de saúde levarem os seus uniformes para casa, eles podem deixar rastro do vírus em outras superfícies”, acrescentou.

O estudo também analisou o método de lavagem mais confiável para remover o vírus do tecido 100% algodão. O vírus foi completamente eliminado quando o detergente foi usado e a temperatura aumentada para acima de 67°C.

O estudo está atualmente sob revisão de pares.

 

FONTE: Noticias ao Minuto

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Saúde

Gordura localizada: Três dos piores alimentos para a barriga

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Existem alguns alimentos que parecem causar um aumento de peso quase instantâneo. Sim, falamos sobre a temida gordura da barriga.

 

Segundo a Eat This, Not That!, esse tipo de aumento de peso é conhecido como ‘tecido adiposo profundo’ e pode até levar a alguns problemas mais sérios, como doenças cardíacas, diabetes e Alzheimer.

Então, quais os alimentos culpados pela ‘barriga instantânea’?

Pão branco: O pão branco é altamente refinado e deve ser evitado para perder gordura da barriga. Estudos mostraram que comer as versões integrais pode, na verdade, diminuir os depósitos de gordura visceral da sua barriga.

Chocolate: Nem todo chocolate é mau. Na verdade, o chocolate amargo traz benefícios para a saúde. O problema é o chocolate ao leite – as tabletes de chocolate ao leite são carregadas de açúcar e calorias.

Cereal: Os cereais açucarados e coloridos levam ao excesso de gordura da barriga. Muitos cereais são ricos em açúcar, mas pobres em fibras e proteínas, então, em breve, sentirá fome novamente.

 

FONTE: Noticias ao Minuto

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Saúde

Nonoai e Chapecó anunciam Barreira Sanitária no Goio-Ên divisa do RS e SC

Reporter Regional

Publicado

em



Governo Municipal de Nonoai, através da Defesa Civil, em parceria com a Defesa Civil do Município de Chapecó estará realizando, neste final de semana, dias 27 e 28 de fevereiro (sábado e domingo respectivamente) uma Barreira Sanitária nas proximidades do Posto de Fiscalização do Goio-Ên.

A iniciativa liderada pela Prefeita Adriane Perin de Oliveira tem por objetivo conscientizar e combater a proliferação do Coronavírus na divisa do Estado do Rio Grande do Sul com Santa Catarina.

Durante a ação, que iniciará às 8 horas e se estenderá até às 17 horas, os agentes de Defesa Civil, da Vigilância Sanitária e voluntários, estarão aferindo a temperatura corporal das pessoas que passarem pelo local e conscientizando da importância dos protocolos de segurança e de combate a pandemia.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Nonoai
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×