Renato Portaluppi envia camisa do Grêmio personalizada para Jair Bolsonaro – Portal Plural
Connect with us

Esportes

Renato Portaluppi envia camisa do Grêmio personalizada para Jair Bolsonaro

Publicado

em

Reprodução / Arquivo Pessoal


 

Presente foi recebido pela equipe da presidência da República, em Brasília

 

Não estranhe se em alguma de suas próximas andanças ou participação em lives pela internet o presidente da República, Jair Bolsonaro, aparecer vestindo a nova camisa do Grêmio. A peça foi enviada por ninguém menos que o treinador do clube, Renato Portaluppi, como presente especial ao chefe do Poder Executivo. Renato já se declarou apoiador de Bolsonaro em entrevistas e manifestações públicas.

A camisa foi recebida pelo gabinete pessoal do presidente da República, que agradeceu e enviou cumprimentos.

Conforme apurou a coluna, Renato foi cuidadoso ao preparar o presente. Como sabe que Bolsonaro gosta de futebol, mandou personalizar a camisa com o número 7, que ele utilizava enquanto jogador. Foi com a camisa 7 que Renato marcou, por exemplo, os dois gols do Grêmio na final do Campeonato Mundial contra o Hamburgo, em 1983. Como homenagem, o treinador também garantiu que o nome J.Bolsonaro fosse colocado nas costas da peça.

O pacote de presente também continha duas máscaras de proteção contra o coronavírus.

O presidente Bolsonaro e Renato, aliás, mantém um diálogo com frequência razoável, por telefone. A conversa ficou ainda mais frequente em meio às discussões sobre o retorno do futebol, durante a pandemia. O treinador gaúcho acredita que Bolsonaro pode fazer diferente daqueles que que sempre estiveram no Poder e costuma dizer a amigos que torce para que o governo dele dê certo.

 

Retorno do futebol

Em meio à pandemia de coronavírus, a relação de Bolsonaro e Renato se estreitou ainda mais. Por telefone, os dois conversaram sobre o retorno do futebol, quando o país ainda enfrentava restrição severa de atividades por causa do vírus. Em uma das conversas, Renato disse que entendia que as competições até poderiam voltar, mas ressaltou que isso precisava ser feito com muito cuidado. O Grêmio, por exemplo, manteve rígido protocolo de realização de exames de covid-19, a cada partida, a fim de proteger jogadores e equipe técnica.

 

 

ClicRbs

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Secretaria de Esportes lança Escolinhas Esportivas

Publicado

em



Futsal e Futebol terão destaque especial a partir de julho. Com objetivo de fortalecer e incentivar ainda mais o esporte, a Prefeitura vai dar início a um novo projeto. Para o segundo semestre, crianças entre 9 e 13 anos vão poder participar das Escolas Municipais Esportivas.

As atividades serão organizadas pela Secretaria de Esportes, através dos professores do município. O projeto devia estar em funcionamento, mas em função da pandemia, teve que ser adiado. Segundo o Secretário de Esportes, Fernando Classmann, “Queremos oferecer uma oportunidade para que as crianças possam estar envolvidas com esporte, praticando exercício e com integração das comunidades. Queremos ampliar a programação, mas neste momento, vamos começar com quadro menor em função das restrições por causa da pandemia”. Todo cuidado com os protocolos e com decreto que estará em vigência quando as aulas começarem serão seguidos.

As aulas já estão programadas para iniciar em julho e serão realizadas nos ginásios municipais, Pedro Deon, Ginásio João Batista Moroni, Livio Ceconi e estádio Carlos Denardin. O Futsal e Futebol de Campo masculino foram as modalidades escolhidas para iniciar o projeto. As demais modalidades deverão ser ampliadas de acordo com a demanda. As inscrições deverão ser feitas na Secretaria Municipal de Esporte nos seguintes horários 07h30min às 11h30min e 11h30min às 17h30min. Mais informações pelo telefone 55 3512-5892.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Esportes

Sojão retoma as escolinhas de basquete

Publicado

em



A iniciação ao basquete é aberto para crianças a partir dos 05 anos. As oficinas ocorrem no Ginásio do Instituto Sinodal da Paz, nas segundas e quartas, das 18h10 às 19h, sob orientação dos Professores Giovani Assis e Pedro Immig.

O clube conta ainda com as categorias Sub 8, 10, 12, 15, 17 e 19, masculino e feminino. Os campeonatos estaduais das categorias de base iniciam em agosto.

Todas as medidas de segurança para combate ao COVID-19 estão sendo adotadas. As categorias de base contam com o apoio do programa Pro Esporte RS do Governo do Estado de incentivo ao esporte amador.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Esportes

Presidente afastado da CBF se diz inocente em acusação de assédio e promete voltar

Publicado

em



 

Rogério Caboclo se manifestou nesta segunda-feira (7) pela primeira vez desde que foi afastado temporariamente da presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no domingo (6).

 

Ele disse ser inocente quanto à acusação de assédio moral e sexual, negou qualquer intenção de demitir o técnico Tite, na seleção brasileira, e afirmou que retomará suas funções na presidência da entidade que rege o futebol brasileiro.

Em entrevista ao site ESPN.com, Caboclo disse que não houve conversas sobre um possível boicote dos jogadores à Copa América, que terá início no Brasil no domingo (13). A competição estava agendada inicialmente para Colômbia e Argentina, mas os dois países desistiram de sediar o evento, que acabou sendo oferecido ao Brasil pela Conmebol.

E, diante da resposta positiva da CBF, jogadores e comissão técnica entraram em conflito com Caboclo, que negou qualquer animosidade no grupo nesta segunda. “Os jogadores nunca falaram em boicotar a Copa América, em nenhum momento isso aconteceu (reunião com os atletas). E eu nunca quis trocar o Tite, a comissão técnica. Nós estaremos todos juntos na Copa de 2022, e para vencer”, declarou.

Questionado sobre a acusação de assédio moral e sexual a uma funcionária da CBF, Caboclo disse apenas que era inocente, sem se aprofundar no assunto. “Não posso falar nada sobre isso porque tudo será tratado na minha defesa. Eu sou inocente. Tenho absoluta certeza de que vou provar isso.”

Ele descartou ainda qualquer possibilidade de renúncia, rejeitando a ideia de que estaria sendo pressionado pela própria família para deixar o cargo de forma definitiva. Seu mandato se encerra em 2023. “Não há dúvida nenhuma de que voltarei (à presidência da CBF). A minha família toda está me apoiando, minha mulher, meu filho, meus pais, minha ex-mulher.”

 

FONTE: O Sul

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×