Renato destaca mais tempo para treinos e foca no G4 do Brasileirão – Portal Plural
Connect with us

Renato destaca mais tempo para treinos e foca no G4 do Brasileirão

Pável Bauken

Publicado

em



 

O técnico Renato Portaluppi voltou a falar sobre a necessidade de recuperar os pontos perdidos no primeiro turno do Brasileirão, quando a equipe deixou de somar por conta do foco dividido com as outras duas competições. Após a goleada por 6 a 1 sobre o Avaí na Arena, nesta quinta-feira, voltou a ressaltar que o objetivo é chegar, no mínimo, no G4 do Brasileirão.

De acordo com o treinador, a equipe estava sentindo demais a disputa de três competições ao mesmo tempo. Agora, com mais tempo para treinar, conseguiu melhorar a sequência. “Temos mais 17 jogos do returno. O objetivo é chegar, no mínimo no G4, para conquistar a vaga direta”, definiu.

Nos últimos 4 jogos, a equipe marcou 16 gols, alcançando o terceiro melhor ataque da competição, atrás de Flamengo e Palmeiras. Questionado sobre a importância da entrada de Tardelli para o número, elogiou o atacante, mas disse tratar-se de coincidência. “É um jogador diferenciado, mas antes tínhamos menos tempo para treinar. Somos uma das equipes que mais faz gols no futebol brasileiro”, ressaltou.

Ele explicou, também, a ausência de Maicon e Alisson no jogo de hoje. Disse que os dois estavam com desconforto muscular e, por isso, foram poupados. Ele adiantou, ainda, que o volante não deve viajar ao Rio para o jogo contra o Fluminense. Ao contrário de Léo Moura, que deve integrar a delegação que disputa o último jogo pelo Brasileirão antes do duelo contra o Flamengo.

Renato tem utilizado Michel na função. E o rendimento da equipe melhorou com o volante. O treinador elogiou o substituto. “Sempre nos ajudou. Infelizmente, teve que operar o joelho, mas já voltou e se recuperou bem. É importante ter esse tipo de jogador, que acrescenta na parte tática, e tem boa bola aérea, tanto ofensiva quanto defensiva”, frisou.

O próximo compromisso do Grêmio é contra o Fluminense, no Rio, pelo Brasileirão, no domingo, às 16h. Para o jogo, o Tricolor se reapresenta amanhã de manhã, e faz treino fechado. Renato Portaluppi deve mandar a campo uma equipe reserva, por conta do compromisso diante do Flamengo, na quarta-feira, na Arena, pelo jogo de ida da semifinal da Libertadores.

CP

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Escolas terão que oferecer curso de primeiros socorros

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Aprovada por unanimidade pelo Senado, a Lei 13.722/2018, mais conhecida como Lei Lucas, torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados de educação básica e de estabelecimentos de recreação infantil.

 

 

O curso deverá ser ofertado anualmente para a capacitação e/ou a reciclagem de parte dos professores e funcionários dos estabelecimentos de ensino e recreação.

O nome da nova legislação, Lei Lucas, presta homenagem ao menino Lucas Begalli Zamora de 10 anos que morreu engasgado, com um lanche durante um passeio escolar, sem que ninguém pudesse socorrê-lo.

De acordo com Luiz Guilherme Calderon, CEO do Instituto Terzius, um centro de treinamento que oferece cursos para profissionais da área da saúde e capacitações em primeiros socorros para leigos, quanto maior o número de pessoas treinadas e prontas para o primeiro atendimento em primeiros socorros, melhor é o prognóstico das vítimas.

Segundo ele, no caso de obstrução das vias aéreas, o reconhecimento precoce por um corpo estranho é essencial. Em casos de obstrução parcial ainda pode existir uma boa troca de ar, ou seja, nesse cenário os socorristas devem incentivar a vítima a tossir e é muito importante estar ao lado monitorando a situação, já que se a obstrução parcial evoluir para uma obstrução total o serviço médico de emergência deve ser acionado imediatamente.

Nos casos em que a obstrução é total a vítima fica impossibilitada de falar, chorar, a troca de ar fica insuficiente ou inexistente, a tosse é ineficaz, além da possibilidade de ocorrer a cianose (“lábios roxos”). Nesse tipo de situação, se a vítima for um adulto ou uma criança a partir de um ano, é fundamental acionar, imediatamente, o serviço médico de emergência e iniciar manobras de desobstrução com aplicação de força na região abdominal no sentido para dentro e para cima até que a vítima volte a falar. Caso ela perca a consciência, deve-se iniciar as ressuscitações cardiopulmonares.

As ações em bebês – menores de 1 ano – são diferentes de adultos e crianças. Em caso de obstrução parcial da via aérea, remova a roupa do bebê, sente-se em uma cadeira ou ajoelhe-se no chão e segure-o de barriga para baixo, apoiando-o em seu antebraço, com a cabeça um pouco mais baixa que o resto do corpo. Você pode apoiar o seu cotovelo em sua perna para dar mais segurança. Dê cinco “tapas” nas costas no sentido do bumbum em direção a cabeça e depois vire o bebê de barriga para cima e realize, com dois dedos, cinco compressões no meio do tórax. Essa manobra deve ser executada até que o objeto seja removido ou até que a vítima comece a chorar ou pare de responder. Caso ela pare de responder, coloque-a em uma superfície rígida e plana, pode ser no chão, e inicie compressões cardíacas, completa Luiz Guilherme Calderon.

Os estabelecimentos de ensino de educação básica e de recreação infantil terão até o início de abril deste ano para se adequarem às normas da Lei 13.722/2018. O não cumprimento pode acarretar em notificação, multa, e até cassação do alvará de funcionamento ou da autorização concedida pelo órgão de educação, quando se tratar de creche ou estabelecimento particular de ensino ou de recreação, ou a responsabilização patrimonial do agente público, quando se tratar de creche ou estabelecimento público.

O Instituto Terzius oferece o curso Heartsaver (Salva-corações) para qualquer pessoa que precisa aprender a atender e lidar com uma emergência de primeiros socorros. No formato do curso, os alunos participam de simulações de situações clínicas e de estações de aprendizagem que incluem temas como Ressuscitação Cardiopulmonar, o uso do desfibrilador externo automático (DEA), Desengasgo e Sangramento (Bleeding Control) em adultos, crianças e bebês.

Website: http://www.terzius.com.br

 

 

FONTE: Estadão

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Marketing Digital: a Era dos Ads chega aos Micro e Pequenos Negócios

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Quem acompanha minimamente as notícias sobre economia deve ter se surpreendido com o último relatório de impacto econômico do Google Brasil, divulgado no dia 18 de março.

 

 

Nele, a plataforma indica a movimentação financeira de R$41 bilhões em mecanismos como o Google Ads, considerando apenas o mercado brasileiro. O documento ainda dá destaque para cases de sucesso de pequenas empresas, que têm apostado nas ferramentas digitais para ampliar os negócios.

Outro dado importante vem da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), indicando que vendas em plataformas digitais no Brasil devem chegar a R$79,9 bilhões em 2019 – um crescimento de 16% na comparação a 2018. Facebook e Instagram captam o olhar de milhões de consumidores por meio de anúncios que se inserem sutilmente entre textos e imagens compartilhadas.

Diante desse panorama, pequenos empresários e profissionais liberais – psicólogos, advogados, engenheiros, entre outros – têm investido cada vez mais nessa forma de divulgação e comunicação de produtos e serviços. Alexandre Carvalho, consultor especialista em marketing digital para micro e pequenas empresas, tem acompanhado esse movimento e as novas oportunidades abertas aos empreendedores. “Há um grande potencial de crescimento para pequenas empresas e profissionais liberais. O baixo custo para investir em anúncios desse segmento, junto ao retorno significativo, tornam a possibilidade ainda mais atrativa” analisa o consultor, que atua na área há 15 anos e conta com as certificações do Google e do Facebook.

Momento certo para o sucesso digital

De fato, os números não mentem. E, de acordo com Carvalho, quem estiver atento ao que se passa no mercado digital pode aproveitar uma onda de sucesso para estabelecer de vez os negócios ou aprimorar os que já estão em curso. Grandes empresas destinam 10% do orçamento em divulgação para os meios digitais, e os pequenos empreendedores podem apostar inteiramente nas redes sociais e mecanismos de busca para a publicidade. Dessa forma, há uma redução de custos significativa, especialmente em comparação com meios tradicionais como o rádio e a TV. Além de um investimento mais baixo, o raio de alcance é muito mais amplo: os “Ads” (sigla para “anúncios”, em inglês) possibilitam segmentar o público-alvo de forma detalhada, direcionando os conteúdos para onde eles devem chegar.

Essa ampliação nas possibilidades de divulgação pelas plataformas condiz com o aumento do consumo digital. Segundo dados do IBGE, divulgados em 2017, o Brasil já conta com 126,7 milhões de pessoas conectadas à internet via smartphones, tablets, computadores e SmartTVs. E quem investiu desde o início dessa ascensão já está colhendo os frutos, pois 70% dos consumidores costumam pesquisar na internet quais empresas podem melhor atendê-los.

Um caso de sucesso atendido por Carvalho é a empresa GEMTE Seguros, corretora de seguros de São Paulo. Apenas em Janeiro de 2019 teve cerca de 1000 leads (clientes em potencial) com campanhas de Seguro e Consórcio de Imóveis, superando a média de 650 ao mês. Ainda junto ao Google Ads, foi desenvolvido uma landing page que atrai clientes potenciais todos os dias por meio de um conteúdo atrativo que prende a atenção do usuário e mostra exatamente o que ele procura. “Normalmente, as empresas que anunciam no Google ou Facebook anunciam o site institucional com problemas, com conteúdo ruim, fazendo com que o usuário desista de entrar em contato. Isso afeta drasticamente a conversão e o empresário perder dinheiro”, avalia. Ao fim de cada mês, um relatório detalhado indica quais foram os melhores anúncios e quais as possibilidades de otimização da campanha.

Segundo Carvalho, este serviço de consultoria no Google Ads e Facebook Ads, deve ser feito por um profissional certificado e com experiência, para o seu dinheiro não ser desperdiçado em campanhas mal gerenciadas.

Explorando essas ferramentas digitais de forma integrada, o pequeno empreendedor consegue trilhar um caminho mais lucrativo, seguro e confiável para construir uma clientela fiel. “É importante aproveitar esse momento de ascensão para crescer junto ao mercado digital.”, conclui Carvalho.

Por isso se você precisa aumentar suas vendas e atrair mais clientes todos os dias através da internet, é interessante seguir alguns desses itens passo a passo:

– Ter um Site de Qualidade para apresentar seus serviços e produtos

– Criar Perfis do seu negócio, seguindo a mesma identidade visual nas Redes Sociais como Facebook, Instagram e LinkedIn

– Anunciar no Google Ads e no Facebook

Se tiver dúvidas sobre como iniciar e alavancar suas vendas pela internet, o consultor Alexandre Carvalho poderá te ajudar. Com mais de 15 anos de experiência, é certificado pelo Google e Facebook, tendo experiência na consultoria e planejamento do marketing digital para micro e pequenas empresas.

Website: https://www.alexandrecarvalho.com

 

 

FONTE: Estadão

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Saúde

Especialista em nutrição fala sobre os benefícios dos chás

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Existem chás para uma infinidade que nos ajudam em diversos problemas de saúde. Isso aprendemos desde cedo, geralmente com nossas avós, que sempre possuem um deles para gripe, dor de cabeça ou problemas no estômago.

 

 

Mas engana-se quem pensa que isso é apenas cultura das vovós e não possui de fato propriedades imprescindíveis para o nosso dia a dia.

Os chás são comprovadamente um remédio natural.

Segundo Ermelinda Vela Bertoldi, especialista em nutrição, isso ocorre por eles serem fitoterápicos, ou seja, apresentam funções que auxiliam o nosso organismo. Existem chás de ervas, de flores, e cada um possui uma propriedade específica. Ermelinda exemplifica, os mais comuns que são chás como os de camomila, de hortelã e de maracujá que ajudam na ansiedade. ‘Também há os chazinhos emagrecedores, que são termogênicos, como um chá de hibisco, ou de canela com gengibre e hortelã.

Eles são excelentes para serem tomados durante o dia, por auxiliarem na questão de retenção de líquidos e também promovem mais energia para atividades físicas.’

Além disso, essa bebida tão tradicional entre os ingleses, e há muito tempo adotada pelos brasileiros, é capaz de auxiliar no aperfeiçoamento das funções cognitivas, devido a presença de cafeína em algumas composições. Esse item também ajuda na concentração e na capacidade de aprendizado. E para quem sofre com problemas de tensão pré-menstrual (TPM), a especialista afirma que chás de ervas e sálvia tem o poder de diminuir a irritação e a ansiedade características do período Completando os inúmeros benefícios apresentados por essa bebida, seguidamente a ciência tem feito novas descobertas sobre o assunto.

Assim, chegou-se à conclusão que ingerir três xícaras de chá por dia proporcionam a quebra da gordura no fígado, facilitando no combate da cirrose, doenças hepáticas crônicas. ‘Além de reduzir o desenvolvimento de doenças arteriais coronárias, como as do coração, morte cardíaca, infarto cerebral e até mesmo hemorragia intracerebral’, destaca a especialista. E para preparar um chá que mantenha todas as propriedades adequadas, é muito simples.

Primeiro de tudo, Ermelinda ressalta que não se deve ferver a água com as ervas ou as flores junto, pois elas podem tornarem-se tóxicas.

O correto, é a preparação através da infusão. Deixa-se que a água ferva, e depois, faça-se uma infusão com os ingredientes desejados. Abafa-se o recipiente, e deixe agir entre 5 e 8 minutos. Estará pronto para o consumo, podendo ser bebido quente ou frio. Mas antes de tudo, a especialista aconselha: ‘O ideal é consultar um nutricionista fitoterápico, que é conhecedor da área, e com essa indicação estar fazendo o chá correto, pois existem ervas que acabam sendo tóxicas e não são indicadas para chá.’

 

 

FONTE: Estadão

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×