Reino Unido vai contaminar voluntários com o novo coronavírus – Portal Plural
Connect with us

Geral

Reino Unido vai contaminar voluntários com o novo coronavírus

Publicado

em

Ilustração Google


Projeto terá voluntários de 18 a 30 anos e ajudará a testar vacina

O Reino Unido será o primeiro país do mundo a contaminar voluntários intencionalmente com o novo coronavírus pra testar a eficácia das vacinas. O governo anunciou nesta 3ª feira (20.out) um investimento de 33 milhões de libras (R$ 237 milhões) no projeto.

O chamado “desafio humano” será feito feito com voluntários sadios e jovens que tenham de 18 a 30 anos. É um processo mais rápido que o convencional, em que os cientistas têm que esperar que os voluntários sejam, em algum momento, expostos ao vírus.

O estudo será feito em parceria entre a Imperial College, universidade que está desenvolvendo uma das vacinas, o Hospital Real de Londres e a empresa hVivo, que vai desenvolver o modelo do experimento.

Mais de 2.500 britânicos já se inscreveram. Mas os testes devem usar, no máximo, 200 voluntários. No mundo todo, mais de 32 mil pessoas atenderam ao chamado da organização 1DaySooner, criada em abril nos Estados Unidos para defender a realização desse tipo de estudo. Ao jornal O Estado de S. Paulo, a organização confirmou que mais de 9 mil são brasileiros, o segundo maior grupo atrás dos estadunidenses, com 15 mil.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) não se opõe, mas defende que os procedimentos sejam acompanhados por uma comissão de ética e que os voluntários tenham plena concordância e conhecimento de todo o processo. “Você vai desafiar as pessoas com um vírus para o qual ainda não existe tratamento. No passado, este tipo de teste era feito quando você tinha um tratamento específico”, lembrou a porta-voz da OMS, Margaret Harris.

À BBC, Dr. Chris Chiu, um dos coordenadores da pesquisa, disse que o time dele tem feito desafios humanos com doenças respiratórias por mais de 10 anos. “Nenhum estudo tem risco zero, mas todos os nossos parceiros vão trabalhar pra que os riscos sejam os menores possíveis”, disse.

Primeiro os pesquisadores usariam doses controladas do vírus pra descobrir qual é a menor quantidade necessária pra infectar os voluntários. O vírus vai entrar no organismo deles pelo nariz. Depois, os cientistas poderão testar se a vacina funciona. Os testes vão permitir inclusive testar a eficácia entre as diferentes vacinas que já estão na fase de testes em humanos.

O primeiro teste do tipo foi feito em 1796 por um pesquisador inglês. Edward Jenner descobriu a primeira vacina da história, ao expor um garoto saudável, de 4 anos, ao vírus da varíola. Desde então, desafios humanos foram feitos pra desenvolver vacinas contra a febre tifóide, cólera e malária. Os testes com o novo coronavírus começam em janeiro, em Londres.

FONTE: SBT NEWS

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Retomada da umidade no solo favorece plantio da soja que já chega a 80%

Publicado

em



O período de 22 a 28/11 se caracterizou pelo predomínio de temperaturas elevadas e tempo seco, com precipitações de duração e intensidade variada no Estado. De acordo com o Informativo Conjuntural, produzido e divulgado nesta quinta-feira (02/12) pela Gerência de Planejamento da Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), a retomada da umidade dos solos favoreceu o plantio da soja que já alcança 80% no Rio Grande do Sul, estando em sua totalidade em germinação e desenvolvimento vegetativo.

 

O acumulado de chuvas registradas nas últimas semanas, somado com as de 22 a 28/11 ajudaram nas práticas culturais e favoreceram os cultivos em floração e enchimento de grãos do milho. E já inicia a maturação das lavouras semeadas no cedo do RS. O plantio chega a 88% da área total estimada no Estado, estando 47% em germinação e desenvolvimento vegetativo, 26% em floração, 26% em enchimento de grãos e 1% já em maturação.

 

A colheita do trigo avançou para 98% das lavouras, ou seja, 1,09 milhão de hectares. Em geral, o balanço dessa safra é positivo no Estado, com boa produtividade e qualidade do produto, além da boa remuneração. Os 2% restantes estão em fase de maturação

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Ministério confirma cinco casos da variante Ômicron no Brasil

Publicado

em



O Ministério da Saúde confirmou nesta quinta-feira (2) cinco casos da variante Ômicron no Brasil – três em São Paulo e dois no Distrito Federal. São quatro homens e uma mulher, todos vacinados contra a covid-19. Eles estão isolados e pelo menos um apresenta sintomas leves. A maioria está assintomática.

De acordo com a pasta, há ainda oito casos da variante em investigação no país, sendo um em Minas Gerais, um no Rio de Janeiro e seis no Distrito Federal.

“Hoje, temos uma situação sanitária bem mais equilibrada, mas lidamos com a imprevisibilidade biológica desse vírus, que sofre mutações. A vigilância em saúde está atenta e atuante pra que essas variantes sejam identificadas e pra que se avalie o potencial dessa variante complicar o cenário pandêmico”, disse o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Fonte: Agência Brasil.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Apae de Três de Maio comemora mais uma edição do Dia de Doar

Publicado

em



A terça-feira, 30 de novembro, foi marcada pela solidariedade e generosidade em Três de Maio. Isto porque os três-maienses e os moradores de municípios vizinhos que por aqui passam mostraram, mais uma vez, que se sensibilizam e colaboram com a causa apaeana.
Assim como em Três de Maio, neste dia foi realizado, em todo o mundo, o Dia de Doar. Aqui, a campanha é liderada pela Apae de Três de Maio, que pelo oitavo ano seguido participa deste movimento que promove um mundo mais solidário, por meio da conexão de pessoas com causas.
Durante a terça-feira ensolarada, a equipe apaeana esteve nas ruas centrais e nas rótulas da cidade arrecadando as doações. Também havia urnas de arrecadação espalhadas pelo comércio local e as doações puderam ser feitas pelo Pix. Diversas empresas se engajaram na campanha, doando e realizando eventos para angariar recursos.
Os doadores foram agraciados com mimos personalizados da Apae e também com mudas de suculentas, gentilmente doadas pela Floricultura Japonesa, de Três de Maio.
Os recursos arrecadados na campanha – que ainda estão sendo contabilizados, visto que alguns eventos ainda serão realizados e algumas urnas seguem nas empresas – serão investidos na manutenção dos serviços prestados pela Apae de Três de Maio.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×