Recursos esquecidos: R$ 7,5 bilhões ainda disponíveis para resgate no sistema do Banco Central
Connect with us

Economia

Recursos esquecidos: R$ 7,5 bilhões ainda disponíveis para resgate no sistema do Banco Central

Publicado

em

portal plural recursos esquecidos r$ 7,5 bilhões ainda disponíveis para resgate no sistema do banco central

15 topo humberto pluralNuveraAcademia Personabanner plano0 goldFAST AÇAÍ

Nesta quinta-feira (7), o Banco Central informou que aproximadamente R$ 7,5 bilhões estão ainda disponíveis para resgate no Sistema de Valores a Receber (SVR), conforme dados de outubro.

O SVR é um serviço do Banco Central que possibilita verificar se pessoas físicas, inclusive falecidas, e empresas têm fundos não reclamados em bancos, consórcios ou outras instituições.

De acordo com o BC, desse montante, os seguintes valores estão acessíveis:

  • R$ 6 bilhões destinados a 40,6 milhões de CPFs
  • R$ 1,5 bilhão destinados a 3 milhões de CNPJs

Para realizar consultas e resgates, o único site disponível é o https://valoresareceber.bcb.gov.br.

É crucial destacar que, através do sistema do Banco Central, os valores serão liberados somente para aqueles que fornecerem uma chave PIX para a devolução.

Se não possuir uma chave cadastrada, será necessário entrar em contato com a instituição para acordar a forma de recebimento. Alternativamente, é possível criar uma chave e retornar ao sistema para realizar a solicitação.

No caso de fundos a serem recebidos de pessoas falecidas, é necessário ser herdeiro, testamentário, inventariante ou representante legal para efetuar a consulta. Além disso, é preciso preencher um termo de responsabilidade.

Após a consulta, é imprescindível entrar em contato com as instituições onde há valores a serem recebidos e verificar os procedimentos necessários.

Fonte: G1

Compartilhe

Destaque

MEIs recebem primeira parcela de R$ 1,5 mil para auxílio à retomada de negócios nesta segunda-feira

Publicado

em

portal plural meis recebem primeira parcela de r$ 1,5 mil para auxílio à retomada de negócios nesta segunda feira
Foto: Maurício Tonetto/Secom
Academia PersonaNuveraFAST AÇAÍ15 topo humberto pluralbanner plano0 gold

O pagamento da primeira parcela de R$ 1,5 mil aos 22 mil microempreendedores individuais (MEIs) selecionados para o programa MEI RS Calamidades, do governo estadual, será realizado nesta segunda-feira (22). A Caixa Econômica Federal efetuará o depósito do auxílio em contas de poupança social. Os empreendedores poderão acessar e movimentar o valor através do aplicativo Caixa Tem ou retirar um cartão para saque em uma das agências do banco, apresentando um documento de identidade com foto.

O programa tem como objetivo ajudar na retomada dos negócios afetados pela enchente. A consulta para verificar se o empreendedor foi selecionado pelo mapeamento do governo estadual pode ser feita utilizando o CPF, no site oficial.

Segundo a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Profissional, os 22 mil MEIs foram escolhidos com base nos seguintes critérios:

  • Residir em municípios em situação de calamidade;
  • Ter endereço na área de inundação;
  • Estar com CNPJ e CPF ativos;
  • Estar em atividade com faturamento; e
  • Não ter sido beneficiado por outro programa estadual de apoio aos impactados pela cheia.

Anunciado na última semana, o programa MEI RS Calamidades oferecerá R$ 3 mil e uma consultoria a cada um dos 22 mil selecionados. O valor será pago em duas parcelas: a primeira metade nesta segunda-feira e a segunda metade após a conclusão da consultoria pelo empreendedor.

Ainda em fase de definição, a qualificação proposta visa auxiliar na reestruturação dos negócios, abordando temas como plano de negócios, marketing e vendas, e formação de preços. A previsão é que essa etapa comece em agosto e seja concluída em um prazo de 120 dias.

No total, o governo estadual deve investir R$ 96 milhões nas três fases do programa.

Fonte: GZh

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Representantes do SIMMMESR e do SINDUSCOM Noroeste RS tomam posse como diretores da FIERGS

Publicado

em

portal plural representantes do simmmesr e do sinduscom noroeste rs tomam posse como diretores da fiergs

Nuverabanner plano0 goldAcademia PersonaFAST AÇAÍ15 topo humberto plural

No dia 18 de julho de 2024 ocorreu a posse do industrial Claudio Bier na presidência do Sistema FIERGS/CIERGS (Federação e o Centro das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul), em cerimônia no Centro de Exposições da entidade, em Porto Alegre. Junto com Bier assumiram também os demais diretores da Federação e o setor industrial de Santa Rosa e região ficou bem representado na gestão de 2024/2027.

Nerison Antonio Paveglio está no segundo mandato como diretor, pois já estava na gestão de Gilberto Petry, desde 2017, e representará novamente as indústrias metalúrgicas abrangidas pelo SIMMMESR, enquanto o presidente do SINDUSCOM, Betuel Brun Sauer, assume pela primeira vez um cargo de diretor da federação e representará todas as indústrias da construção civil e do mobiliário representadas pelo SINDUSCOM Noroeste RS.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Economia

84% dos consumidores adotam programas de fidelidade atraídos por descontos e benefícios, revela pesquisa

Publicado

em

portal plural descontos e benefícios fazem 84% dos consumidores participam de programas de fidelidade, diz pesquisa
Foto: Divulgação
15 topo humberto pluralNuveraFAST AÇAÍbanner plano0 goldAcademia Persona

Desde oferecer frete grátis até pontos que podem ser trocados por produtos, o varejo tem adotado diversas estratégias para aumentar suas vendas e conquistar clientes. De acordo com o estudo CX Trends 2024 da Octadesk em parceria com o Opinion Box, 84% dos consumidores participam de programas de fidelidade.

Entre os principais atrativos desses programas para os brasileiros, a facilidade de acumular recompensas, como milhas e produtos, é o mais valorizado. Além disso, 44% dos consumidores apreciam descontos especiais em compras futuras, enquanto 43% valorizam o acesso a produtos ou serviços gratuitos. Brindes e presentes são apreciados por 29% dos consumidores, e 14% gostam de ter acesso a eventos exclusivos.

Os programas de fidelidade beneficiam as empresas ao aumentar a taxa de retenção de clientes e incentivar futuras compras.

Os brasileiros estão acostumados com estratégias de fidelidade e gostam de se sentir parte de uma comunidade ou grupo seleto. Segundo especialista,  o primeiro programa de fidelidade surgiu aproximadamente em 1981 com a American Airlines, e hoje é muito mais acessível para qualquer empresa iniciar seu próprio programa de fidelidade.

Fonte: CNN Brasil

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×