Produto feito a partir do plasma do sangue pode ajudar pacientes com Covid-19 – Portal Plural
Connect with us

Saúde

Produto feito a partir do plasma do sangue pode ajudar pacientes com Covid-19

Publicado

em

Ilustração Google


Antes considerado um resíduo de saúde, o plasma do sangue de cordão é agora objeto de uma pesquisa que poderá revolucionar o setor e trazer benefícios aos pacientes e a sociedade.

Eduardo Cruz, líder do projeto, afirma que as propriedades anti-inflamatórias e imunorreguladoras do PlasmaCord®, produto que será testado e que foi desenvolvido a partir do plasma do sangue de cordão umbilical e placentário (SCUP), já estão comprovadas em diversos estudos pré-clínicos. “Nossa expectativa é levar essa pesquisa ao leito dos pacientes e esperamos ter resultados ainda em 2020”, continua Eduardo.

O produto foi financiado pela Cryopraxis e pela sua subsidiária CellPraxis e seu desenvolvimento clínico terá início ainda em outubro/novembro de 2020.

A proposta é que esse produto inovador seja utilizado no combate aos sintomas causados pelo novo coronavírus em pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs)

O estudo foi aprovado pelo Sistema CEP/Conep e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e visa analisar a tolerabilidade e a eficácia do Produto de Terapia Avançada (PTA) no processo terapêutico da síndrome respiratória aguda grave decorrente da Covid-19.

“Nossa meta é investir continuamente em pesquisa e levar o conhecimento científico e tecnológico à sociedade”, reitera Simone Cruz, sócia da Cryopraxis e patrocinadora do estudo.

PlasmaCord® é um produto de terapia avançada, nova categoria de produtos regulados pela ANVISA.

Atualmente, a Cryopraxis é o maior banco de células-tronco do sangue do cordão umbilical e placentário da América Latina, responsável pelo armazenamento e processamento de mais de 40 mil amostras. Ao longo de sua trajetória de quase 20 anos, a empresa alcançou a liderança absoluta no setor mantendo os principais certificados e acreditações Internacionais.

Fundada em 2008, a CellPraxis Bioengenharia é uma das primeiras empresas a se dedicar a Produtos de Terapias Avançadas no Brasil, atuando na área da Medicina Regenerativa, especialmente em doenças para as quais as alternativas de tratamentos são inexistentes ou não se apresentem eficazes.

 

FONTE: CONTEUDO ESTADÃO

 

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

BH investiga se paciente foi infectado pela Ômicron

Publicado

em



Mulher recém-chegada do Congo testou positivo para o coronavírus e ainda não foi vacinada contra a covid-19

Uma mulher recém-chegada do Congo testou positivo para o coronavírus no último domingo, 28, após ter apresentado sintomas da doença desde o dia 22, em Belo Horizonte, quando procurou atendimento médico. O voo no qual ela estava embarcada saiu da África no dia 17, data em que a paciente alega ter apresentado um teste de resultado negativo para a covid-19 antes de sair do país de origem. Esse é o segundo caso suspeito notificado da variante Ômicron: o primeiro é de um viajante vindo da África do Sul, que chegou em Guarulhos (SP).
Segundo a prefeitura da capital mineira, a paciente ainda não está vacinada contra o novo coronavírus e foi internada em leito de isolamento antes de ser encaminhada para o Hospital Eduardo de Menezes, no bairro de Bonsucesso, na zona oeste da cidade. Não há mais informações sobre seu estado de saúde. O voo no qual ela veio ao Brasil teria feito ainda uma conexão na Tunísia e a mulher teria desembarcado em São Paulo no último dia 20, mesma data em que chegou à capital mineira.

Fonte: terra

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Saúde

Mês da Prematuridade no Vida & Saúde encerra com palestra sobre cuidados com o recém-nascido

Publicado

em



A programação do Novembro Roxo do Hospital Vida & Saúde foi encerrada na última semana, com a palestra “Os cuidados com o Recém-Nascido no Pós-Alta”. Transmitida pelo canal do Hospital no Youtube, a palestra foi conduzida pelos enfermeiros do HVS, Jaine dos Santos, Rosangela Vaghetti, Keli Cornely e Diogo Hubler, que abordaram temas como o banho do recém-nascido, a higiene do coto umbilical e as emergências pediátricas.

 

Em um trabalho de sensibilização sobre a prematuridade, o Vida & Saúde, através da UTI Neonatal e do Banco de Leite, promoveu uma série de palestras sobre o tema. Todas as palestras estão disponíveis no Canal do HVS no Youtube.

 

Com 10 leitos de UTI Neonatal, o Vida & Saúde recebe pacientes de todo o Rio Grande do Sul e conta com uma equipe multiprofissional que realiza uma assistência completa. De janeiro a novembro deste ano, 163 prematuros foram atendidos na Neonatal.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Saúde

Anvisa aprova novo tratamento para pessoas que vivem com HIV

Publicado

em



De acordo com a agência, combinação de medicamentos em doses únicas simplifica o tratamento e a adesão dos pacientes

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou um novo medicamento para o tratamento de HIV — vírus causador da Aids —, que combina duas substâncias em um único comprimido. O novo medicamento é uma combinação das substâncias lamivudina e dolutegravir sódico.

De acordo com a agência, a aprovação representa um avanço no tratamento das pessoas portadoras do vírus, já que reúne em uma dose diária os dois antirretrovirais, que não estavam disponíveis em um só comprimido. A possibilidade de doses únicas simplifica o tratamento e a adesão dos pacientes.

Segundo a bula do medicamento, ele reduz a carga viral, ou seja, a quantidade de HIV no organismo do paciente, mantendo-a em nível baixo. A medicação promove também aumento na contagem das células CD4, tipo de glóbulo branco do sangue que exerce importante papel na manutenção do sistema de defesa do organismo saudável, ajudando a combater as infecções.

O medicamento poderá ser indicado como um regime completo para o tratamento da infecção pelo vírus HIV tipo 1 em adultos e adolescentes acima de 12 anos que pesem pelo menos 40 kg, sem histórico de tratamento antirretroviral prévio ou em substituição ao regime antirretroviral atual em pessoas com supressão virológica. O registro foi concedido ao laboratório GlaxoSmithKline Brasil, que para isso apresentou estudos de eficácia e segurança com dados que sustentam as indicações autorizadas.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×