Procuradora destaca importância de educação e cidadania na internet – Portal Plural
Connect with us

Tecnologia

Procuradora destaca importância de educação e cidadania na internet

Publicado

em

© Marcello Casal JrAgência Brasil


O Ministério Público Federal (MPF), a organização não governamental SaferNet e o Santuário Cristo Redentor encerraram hoje (14), em cerimônia no monumento do Corcovado, a Semana da Internet Segura 2020. O evento integra o movimento #InternetMaisPositiva, cujo objetivo é conscientizar a população sobre o uso da web, o combate a violações de direitos em ambientes virtuais e o não compartilhamento de dados e imagens pessoais sem segurança. O nome #InternetMaisPositiva reforça a defesa do respeito à pluralidade na internet, especialmente nas redes sociais.

Realizada por mais de 140 países, a iniciativa tem o intuito de conscientizar as pessoas sobre o uso livre e seguro da internet. A procuradora regional da República Neide Cardoso de Oliveira, coordenadora adjunta do Grupo de Apoio sobre Criminalidade Cibernética do MPF, destacou a importância da educação e cidadania na internet.

“E nós lembramos a questão de as pessoas se respeitarem na internet, com menos discursos de ódio e mais respeito ao outro. Da mesma forma que devem agir na vida real devem comportar-se na internet”.

Durante o dia de hoje, foram distribuídos panfletos a visitantes do Cristo Redentor explicando dicas de segurança na internet e como se prevenir de alguns delitos.

Neide destacou que muitas das violências ocorridas em ambiente virtual se caracterizam como crime. “E quando ocorre um delito na internet, isso envolve todas as pessoas. Não são só as vítimas, mas o agressor, os familiares, as testemunhas, a comunidade, e essas agressões, na maioria das vezes, caracterizam crimes, desde os delitos contra a honra, como calúnia, difamação, injúria e injúria racial, até os mais graves, os crimes de racismo”.

Crescimento

A procuradora do MPF admitiu que nos últimos dois anos houve um aumento dos crimes cibernéticos não só no Brasil, mas no mundo. “Discursos de ódio, desinformação, fake news (notícias falsas), tudo isso aumentou muito de dois anos para cá, no mundo todo”.

Ela atribuiu parte desse aumento à maior visibilidade da internet. “O resultado é que a sociedade vai ficando mais agressiva, polarizada. E as pessoas também acham que internet é uma terra sem lei”, disse.

A procuradora destacou a importância de que as pessoas façam denúncias em casos de crimes na internet. “Nós sempre conseguimos investigar e identificar o usuário. O que ocorre é que muitas pessoas não denunciam”.

Ela lembrou que os ministérios públicos Federal e estaduais recebem denúncias que podem ser feitas pela própria internet. Além disso, ressaltou que as polícias federal e estaduais têm delegacias especializadas para tratar desse tipo de crime.

Ainda hoje, por volta das 19h, o monumento do Cristo Redentor será iluminado nas cores laranja e azul, como apoio da Arquidiocese do Rio de Janeiro à campanha global.

Crimes online

As denúncias de discriminação e violência contra as mulheres e de intolerância religiosa subiram no ‘ranking’ dos dez tipos de crimes ou violações de direitos humanos ‘online’ mais reportados anonimamente por usuários da internet à Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos, projeto mantido pela Safernet Brasil, em parceria com o MPF.

Das 75.671 denúncias anônimas feitas no ano passado, 9,3% mostraram conteúdos discriminatórios ou de incitação de violência à mulher, saltando da sétima para a terceira posição.

Já os crimes de intolerância religiosa subiram da nona posição em 2018 para a sexta em 2019, representando 1,2% das denúncias. As denúncias de violência ‘online’ por motivação religiosa cresceram 30%, em relação a 2018. Pornografia infantil e apologia e incitação à violência e os crimes dolosos contra a vida mantiveram a liderança no ‘ranking’, com 64,1% e 10,8%, respectivamente, informou o MPF.

O Dia da Internet Segura é uma iniciativa anual com objetivo de envolver e unir os diferentes atores, públicos e privados, na promoção de atividades de conscientização em torno do uso seguro, ético e responsável da internet nas escolas, universidades, organizações não governamentais (ONG’s) e na própria rede. Com esta motivação, o Dia da Internet Segura, criado pela Rede Insafe na Europa, é comemorado no dia 11 de fevereiro em todo o mundo.

ebc

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

WhatsApp libera chamadas para até 32 participantes

Publicado

em



Na última semana, o WhatsApp anunciou novas funções chegarão ao app em breve e, felizmente, uma delas já está disponível aos usuários do iOS.
 
Nessa quinta-feira (12), o WhatsApp disponibilizou um novo recurso que permite realizar chamadas de voz com até 32 participantes.
 
A novidade foi encontrada na versão 22.8.80 da atualização para dispositivos móveis da Apple e, consequentemente, o design da visualização das chamadas foi atualizado para exibir os diversos contatos em uma só ligação.
 
Além disso, uma onda de áudio foi adicionada para mostrar quem está conversando e facilitar a visualização.
 
Chamadas em grupo
O novo design também inovou os balões de mensagens de voz em conversas normais e em grupo, além de uma nova interface na página de informações de um contato ou grupo.
 
Por enquanto, a novidade está disponível apenas para os usuários com a versão 22.8.80 do iOS, contudo, também deve ser disponibilizada ao Android em breve.
 
De qualquer forma, ainda é necessário liberar algumas das atualizações prometidas na última semana. Uma delas deve introduzir as Comunidades ao WhatsApp, mas apenas após as eleições de 2022, o que gerou críticas do presidente Jair Bolsonaro.
 
A medida, entretanto, visa reduzir a disseminação de notícias falsas no período eleitoral.
Fonte: TecMundo
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Startup da Embraer começa a desenvolver carro voador brasileiro

Publicado

em



E parece que aquele futuro que vimos em “Os Jetsons”, desde anos 1960, está mais próximo do que imaginamos. Os famosos carros voadores do desenho animado já são tratados como uma realidade pela startup Eve, da Embraer.

Além do desenvolvimento do veículo, a empresa já começou a fechar parcerias para criar um ecossistema de mobilidade aérea urbana.

Dessa forma, o uso dos veículos elétricos de decolagem e pouso vertical (eVTOLs, na sigla em inglês) será bem mais acessível, segundo co-CEO da startup, André Stein.

Consórcio

O primeiro consórcio para o desenvolvimento dessas soluções já foi formalizado na última semana, em Miami, na Flórida.

A ideia, segundo Stein, é desenvolver um modelo que possa ser usado para além do universo da empresa.

Para o modelar mais detalhadamente o projeto, a startup vem utilizando uma ferramenta desenvolvida com o Massachusetts Institute of Technology (MIT).

“Em Miami, chegamos a 88 rotas e 32 ‘vertiportos’ (locais destinados à operação dos eVtols). Estimamos que (a cidade de) São Paulo tenha quase o dobro desse potencial de mercado”, calcula André.

“Estamos mapeando diversas cidades para criar uma planta baixa de como seria a operação e podemos aplicar esse conceito para várias comunidades.”

Segundo co-CEO, a cidade tem potencial para ter de 400 a 500 eVTOLs nos próximos 15 anos. “A ideia é trazer mais uma opção de mobilidade, mas não vamos ter uma mancha no céu.”

Helipontos com estrutura de carregamento

A proposta da Eve é que o eVTOL caiba nos helipontos atuais, mas que tenha a própria estrutura de carregamento.

Também há uma preocupação da startup, para que os “vertiportos” estejam distribuídos nos melhores pontos das cidades.

“Nos últimos anos, a aviação comercial vem sendo democratizada, e a ideia é que o eVTOL chegue bem próximo (do custo) do transporte terrestre. A viagem vai ser acessível”, prevê André .

A intenção é que o modelo do negócio seja parecido com o da aviação comercial e executiva, no qual uma empresa opera os aviões.

“Com isso, o eVTOL fica automaticamente mais acessível. Com o avanço do trabalho remoto, por exemplo, esse conceito se torna mais interessante”, afirma o executivo.

Fonte: SóNotíciaBoa

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Metaverso: Facebook e Instagram terão anúncios 3D

Publicado

em



Em parceria com a empresa de tecnologia para e-commerce VNTANA, a Meta pretende facilitar que marcas veiculem anúncios 3D no Facebook e Instagram. As empresas poderão fazer o upload de modelos 3D dos produtos na plataforma, para então convertê-los em publicidade de forma simplificada.

De acordo com a presidente da VNTANA, Ashley Crowder, a novidade é um passo em direção à propaganda no metaverso. “O metaverso é basicamente a internet espacial. É todo um mundo de possibilidades que começa com os modelos 3D certos de seus produtos”, comentou Crowder.

A presidente explicou que, antes da parceria, seria necessário que os anunciantes reformatassem os arquivos 3D para que se tornassem compatíveis com os sistemas de anúncio da Meta. Com a integração, as marcas podem fazer o upload e a conversão dentro da própria plataforma, mesmo sem conhecimento em edição de imagens 3D.

O objetivo é que usuários que estejam navegando no Instagram ou no Facebook possam interagir com com um item e visualizá-lo de todos os ângulos, oferecendo uma experiência de compra mais completa. Chris Barbour, diretor de parcerias de realidade aumentada da Meta explicou que “de certa forma, isso oferece um vislumbre do que você pode esperar em futuros dispositivos, como óculos AR”.

 Fonte: TecMundo
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PORTAL PLURAL LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2022 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×