Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Primeiro dia útil de 2020 deve ter queda nas temperaturas no RS – Portal Plural
Connect with us

Clima/Tempo

Primeiro dia útil de 2020 deve ter queda nas temperaturas no RS

Pável Bauken

Publicado

em



Após uma longa sequência de dias com calor extremo e encerramento do ano com recordes históricos, o calor dá uma trégua no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira. O primeiro dia útil de 2020 deve ter sol em grande parte das regiões. As máximas devem ficar na casa dos 30°C.

De acordo com a MetSul Meteorologia, há chance de chuva em algumas partes do Estado. No Sul e no Sudeste, a nebulosidade será maior, e é onde pode haver mau tempo. As máximas não chegam perto do calor extremo dos últimos dias, mantendo o dia mais ameno.

Em Santa Rosa, sol com algumas nuvens, não chove. A mínima deve ser de 21°C, enquanto a máxima não deve ultrapassar os 31°C.

Mínimas e máximas no RS
Erechim 20°C / 28°C
Santa Maria 20°C / 28°C
Cruz Alta 21°C / 29°C
Pelotas 21°C / 25°C
Bagé 18°C / 26°C
Alegrete 19°C / 29°C

CP/PP

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima/Tempo

Nebulosidade e chuva avançam pelo RS nesta sexta

Reporter Global

Publicado

em

Foto: Guilherme Almeida / CP Memória

 

Máxima em Santa Rosa será de 35°C

 

O sol chega a aparecer com nuvens na maioria das regiões nesta sexta-feira, mas a nebulosidade vai aumentar, conforme a MetSul Meteorologia. Chove desde o começo desta sexta no Sul gaúcho e no decorrer do dia espera-se que a instabilidade atinja pontos do Oeste, do Centro e do Leste do Estado, incluindo a Serra e a Grande Porto Alegre. Pode até chover forte localmente forte com trovoadas e algum risco de temporal isolado de granizo. Na Capital, a sexta será de sol e chuva.

No Noroeste e no Norte do Estado, o tempo seco predomina com sol e muito calor. No Sul, sob influência de ar mais frio, continua a temperatura mais baixa. Vento moderado com ocasionais rajadas do quadrante Leste.

 

Mínimas e máximas pelo RS

Santa Rosa 21°C / 35°C
Porto Alegre 18°C / 27°C
Torres 18°C / 27°C
Caxias 17°C / 28°C
Passo Fundo 18°C / 32°C
Santa Cruz do Sul 18°C / 28°C
Uruguaiana 22°C / 26°C
Livramento 18°C / 24°C
Pelotas 16°C / 22°C

 

 

Correio do Povo

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

Chuva isolada deve atingir o RS nesta quinta; há alerta de vento forte

Reporter Plural

Publicado

em

Foto: Fernando Dias/Seapdr

Nas regiões Norte e Noroeste o forte calor vai tomar conta novamente.

O sol vai aparecer em algumas regiões do Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (22). Mas, segundo a previsão, o tempo durante a tarde na Região Metropolitana, na Serra, no Litoral, na Campanha e na região Sul do Estado.

Nessas áreas, há alerta de rajadas de vento de até 60 km/h. Nas demais regiões, no entanto, o tempo tende a ficar firme ao longo de todo o dia.

Nas regiões Norte e Noroeste o forte calor vai tomar conta novamente. Nessas área a umidade relativa do ar deve ficar abaixo de 30%. O importante é beber bastante líquido durante essa quinta.

 

FONTE: AGORA RS

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

Previsão do tempo – Tendência de chuva para sete dias

Reporter Plural

Publicado

em

Ilustração Google

Esta reta final do mês de outubro terá a ocorrência de chuva nas principais áreas produtoras de grãos do país e do Cone Sul da América. A região mais beneficiada deve ser o Centro-Oeste, em especial o estado do Mato Grosso.

Conforme as projeções dos modelos analisados pela MetSul, a tendência é que nestes últimos dez dias do mês os maiores acumulados de precipitação se concentrem no Mato Grosso, no Norte do Mato Grosso do Sul, no Centro e no Sul do estado de Goiás e em Minas Gerais.

A chuva prevista para o Centro-Oeste é uma excelente notícia diante do quadro grave de queimadas que se observou nas últimas semanas. Espera-se chuva e que pode ser mesmo volumosa na região do Pantanal, sufocando qualquer eventual foco de fogo que remanesça. O bioma teve mais de 4,1 milhões de hectares queimados neste ano.

No Sudeste do Brasil, a chuva tende a ser mais volumosa no Norte de São Paulo e em Minas Gerais, inclusive com acumulados muito altos em alguns pontos com temporais. A precipitação deve ficar entre 50 mm e 100 mm em diversos pontos de Minas, mas não deve ser tão volumosa na maior parte de São Paulo.

O grande foco de atenção é o Sul do Brasil que antes mesmo de o começo do verão já tem um quadro configurado de estiagem com elevado déficit hídrico em algumas áreas, o que está dificultando o plantio da safra. A boa notícia é que vem chuva, mas a má é que deve ser irregular e com baixos volumes em muitas áreas.

No Paraná e em Santa Catarina, o Oeste dos dois estados deve ser a região com os mais altos acumulados de chuva até a metade da semana que vem, enquanto a parte mais Leste terá menor precipitação pela influência do ar mais frio no oceano que reduz as taxas de instabilidade atmosférica.

No Rio Grande do Sul, igualmente, a chuva tende a ser irregular nos próximos sete dias com os modelos projetando os maiores volumes para pontos do Oeste e mais ao Sul.

Na grande maioria dos municípios não são esperados volumes de chuva suficientemente altos para atenuar o quadro de déficit hídrico, mas diante da necessidade urgente de água e aumento da umidade do solo para o plantio da safra qualquer precipitação acaba sendo bem-vinda.

O mapa acima do Centro-Sul do Brasil mostra a tendência de chuva para sete dias do modelo meteorológico Icon do serviço de Meteorologia da Alemanha (DWD)

 

Fonte: Metsul

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

O que você achou do site novo do Portal Plural?

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×