Previsão do tempo – Tendência de chuva para sete dias – Portal Plural
Connect with us

Clima/Tempo

Previsão do tempo – Tendência de chuva para sete dias

Publicado

em

Ilustração Google


Esta reta final do mês de outubro terá a ocorrência de chuva nas principais áreas produtoras de grãos do país e do Cone Sul da América. A região mais beneficiada deve ser o Centro-Oeste, em especial o estado do Mato Grosso.

Conforme as projeções dos modelos analisados pela MetSul, a tendência é que nestes últimos dez dias do mês os maiores acumulados de precipitação se concentrem no Mato Grosso, no Norte do Mato Grosso do Sul, no Centro e no Sul do estado de Goiás e em Minas Gerais.

A chuva prevista para o Centro-Oeste é uma excelente notícia diante do quadro grave de queimadas que se observou nas últimas semanas. Espera-se chuva e que pode ser mesmo volumosa na região do Pantanal, sufocando qualquer eventual foco de fogo que remanesça. O bioma teve mais de 4,1 milhões de hectares queimados neste ano.

No Sudeste do Brasil, a chuva tende a ser mais volumosa no Norte de São Paulo e em Minas Gerais, inclusive com acumulados muito altos em alguns pontos com temporais. A precipitação deve ficar entre 50 mm e 100 mm em diversos pontos de Minas, mas não deve ser tão volumosa na maior parte de São Paulo.

O grande foco de atenção é o Sul do Brasil que antes mesmo de o começo do verão já tem um quadro configurado de estiagem com elevado déficit hídrico em algumas áreas, o que está dificultando o plantio da safra. A boa notícia é que vem chuva, mas a má é que deve ser irregular e com baixos volumes em muitas áreas.

No Paraná e em Santa Catarina, o Oeste dos dois estados deve ser a região com os mais altos acumulados de chuva até a metade da semana que vem, enquanto a parte mais Leste terá menor precipitação pela influência do ar mais frio no oceano que reduz as taxas de instabilidade atmosférica.

No Rio Grande do Sul, igualmente, a chuva tende a ser irregular nos próximos sete dias com os modelos projetando os maiores volumes para pontos do Oeste e mais ao Sul.

Na grande maioria dos municípios não são esperados volumes de chuva suficientemente altos para atenuar o quadro de déficit hídrico, mas diante da necessidade urgente de água e aumento da umidade do solo para o plantio da safra qualquer precipitação acaba sendo bem-vinda.

O mapa acima do Centro-Sul do Brasil mostra a tendência de chuva para sete dias do modelo meteorológico Icon do serviço de Meteorologia da Alemanha (DWD)

 

Fonte: Metsul

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima/Tempo

Previsão de 32°C hoje em Santa Rosa

Publicado

em



Hoje será mais frio que ontem, sol com algumas nuvens e com chuva de manhã. Tarde com temporal e noite chuvosa. Fonte: climatempo

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

33ºC em Santa Rosa nesta sexta-feira

Publicado

em



Apesar de algumas regiões de estado apresentarem algumas precipitações de chuva, em Santa Rosa o sol aparece em meio a muito calor nesta sexta-feira, 05 de novembro.
A chuva, se vier, será bastante irregular e com volumes muito baixos, porém setores isolados podem ter chuva forte

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

Tempestade Nicholas vira furacão e atinge o Texas

Publicado

em



A tempestade tropical Nicholas ganhou força e se tornou um furacão de categoria 1 (de uma escala que vai até 5) pouco antes de atingir a costa do Golfo dos Estados Unidos nesta terça-feira (14).

A tormenta tocou o solo do Texas a 55 km da cidade de Freeport e agora ruma para Houston, a quarta maior dos EUA, segundo o Centro Nacional de Furacões do país (NHC, na sigla em inglês).

O Nicholas levará muita chuva ao Texas até quarta-feira (15) e à Louisiana e ao Mississippi até quinta-feira (16). Não há relatos de danos e vítimas até o momento.

Imagem satélite do furacão/tempestade tropical Nicholas sobre o Golfo do México em 12 de setembro de 2021 — Foto: NOAA vía AP

Veículos trafegam pela Intracoastal Waterway Bridge em Matagorda, no Texas, antes da chegada do furacão/tempestade tropical Nicholas no estado em 13 de setembro de 2021 — Foto: Elizabeth Conley/Houston Chronicle via AP

Após tocar o solo, o Nicholas enfraqueceu e voltou a ser uma tempestade tropical (e pode perder ainda mais intensidade e virar uma depressão tropical na quarta), afirmou o NHC.

O governador do Texas, Greg Abbott, alertou a população na tarde de segunda-feira (13) sobre os próximos dias:

“Será uma tempestade de avanço lento pelo Texas, de vários dias, e vai descarregar uma quantidade imensa se chuva”, afirmou Abbott. “As pessoas precisam estar preparadas para eventos extremos com alto nível de água”.

 

Homem segura criança em um píer em Galveston, Texas, poucos antes de furacão Nicholas tocar solo no estado — Foto: Adrees Latif / Reuters

O governador do Texas disse também que irá declarar estado de emergência em 17 condados e 3 cidades na costa e que equipes de resgate estão em alerta. Também foi fechado o canal de navegação do movimentado porto da cidade, que tem cerca de 2,3 milhões de habitantes.

Muitos voos foram cancelados nos aeroportos da região de Houston, que foi duramente atingida pelo furacão Harvey em 2017.

Furacão Harvey deixa 46 mortos pelo sul dos Estados Unidos

Outros estados

 

Pode chover mais de 500 mm de água em algumas áreas do Texas até quarta-feira (15) e até 250 mm em partes do centro-sul da Louisiana e sul do Mississippi até quinta (16), segundo o NHC.

Os dois estados ainda se recuperam dos danos do furacão Ida, que causou mortes no sul dos EUA e deixou um rastro de destruição até no nordeste do país.

Número de mortes após passagem do furacão Ida nos EUA sobe para 63

Fonte: G1.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×