Prescrição Médica um problema antigo – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Prescrição Médica um problema antigo

Publicado

em



 

Conversando com algumas pessoas que já trabalharam como atendentes em farmácias, chegamos à conclusão que o problema relacionado ao entendimento da letra do médico é bastante antigo. O assunto chegou a ser expressão de pessoas mais velhas, que diziam quando a criança escrevia uns garranchos “é letra de médico?”.

Para Ademir Rosa, Diretor de Gestão Estratégica da FUMSSAR  “uma receita mal escrita pode induzir o atendente a dispensar errado o medicamento, pois existem muitos medicamentos com nome muito parecido. Todos os prescritores sabem que letra ilegível no receituário pode gerar problemas graves a saúde ou até mesmo a morte de pacientes”.

A legibilidade das receitas é obrigatória desde 1973, através da Lei Federal Nº 5.991, onde relata que, somente será aviada a receita que estiver escrita de modo legível. Além de infringir uma Lei Federal, ao escrever de forma ilegível, também está sendo ferido o Código de Ética Médica, onde no capítulo III, artigo 11, veda ao médico “receitar, atestar ou emitir laudos de forma secreta ou ilegível”.

Através do programa de melhorias que está em andamento na Farmácia Municipal, foi levantado os principais problemas que atrapalham o bom funcionamento do setor e, após foi aplicado uma ferramenta de qualidade para fazer a priorização, onde constatou que entre os 5 maiores problemas, 3 se referia ás receitas e laudos com problemas. Ademir ainda ressalta que os problemas das receitas não se resumem somente em legibilidade, mas também em alguns casos de dosagem ou de falta de informações como nome, data ou tempo de tratamento e outros.

Considerando a relevância do assunto e a busca de melhorias para reduzir os riscos para os usuários e agilizar os atendimentos, foi criada e aprovada uma resolução na FUMSSAR sob o Nº002/2019, a qual normatiza a prescrição e dispensação de medicamentos do SUS. Esta resolução já está disponível para todos os servidores da rede pública de saúde, para o Hospital Vida e Saúde e para a UPA. Também estamos disponibilizando no site da Fundação Municipal de Saúde, WWW.fumssar.com.br

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Memorial ao Sr. Eugênio Oscar Eidt

Publicado

em



Na noite de ontem, 19,  o Grupo Escoteiro Arajás revelou aos seus associados, durante a reunião da comissão dos 50 anos, o memorial ao Sr. Eugênio Oscar Eidt, nosso fundador e primeiro presidente. Com materiais doados pela família, na figura de seu filho Álvaro, que integra a comissão do nosso cinquentenário, a placa conta com um pequeno histórico de vida do Sr. Eugênio, com certificados e homenagens que ele recebeu em vida.

A placa agora ficará exposta na nossa sede para que todos possam conhecer um pouco da história do nosso fundador.

O projeto “Arajás 50 anos” tem o patrocínio de:
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Reabertura do Complexo Desportivo do 19º RCMec

Publicado

em



O departamento de Comunicação Social de Santa Rosa, 19º RCMec, informou sobre  a reabertura do Complexo Desportivo do 19º Rc Mec, que ocorrerá sábado as 08:00 horas da manhã.

Dentre os presentes na solenidade estarão no local o Comandante do Regimento, Prefeito Municipal, Militares e integrantes da Prefeitura Municipal. O horário de funcionamento do Complexo Desportivo será das 06h30 às 21h.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

20 de janeiro: Dia do Farmacêutico no Vida & Saúde

Publicado

em



Mais do que responsáveis pelo controle das medicações, os farmacêuticos estão cada vez mais inseridos na rotina hospitalar. No Hospital Vida & Saúde, onze profissionais atuam no dia a dia da Instituição.

Além da Farmácia Central, que concentra as medicações da Instituição, os profissionais estão alocadas em setores como a Quimioterapia, a Unidade Dom Bosco, o Domissanitário, o Bloco Cirúrgico, a UPA e a coordenação do Laboratório de Análises Clínicas.

São eles que acompanham caso a caso cada paciente, revisão as prescrições médicas para melhor adequar as medicações necessárias e seguindo uma série de protocolos. “Hoje atuamos em diversos processos como: controle de estoque, solicitações de compras, dispensação de medicamentos com dose unitária por horário e com tele-entrega, diluição de medicamentos para os setores, farmácia clínica, diluição de quimioterápicos e radio fármacos, reconciliação medicamentosa, rounds, participação em grupos de trabalho (como o do padronização de medicamentos, da segurança do paciente e do 5s) entre outros em que o profissional farmacêutico é envolvido”, conta a coordenadora do setor, farmacêutica Tatiana Praischardt.

Além das onze farmacêuticas, com especialização nas áreas de gestão hospitalar, oncologia, farmácia clínica, medicina nuclear e acupuntura, o setor da Farmácia do HVS conta com 18 técnicos de farmácia, 02 técnicos de enfermagem, 03 jovem aprendiz e 32 auxiliares de Farmácia. O Laboratório de Análises Clínicas do HVS também conta com um profissional da Farmácia na coordenação, o farmacêutico-bioquímico Vilmar Banderó.

Ao longo dos anos, a profissão foi se tornando ainda mais presente na Instituição. A partir do Processo Medicamentoso Seguro, o Hospital Vida & Saúde hoje é referência na forma como organiza a medicação, obedecendo processos de recebimento, armazenamento, entrega nas Unidades e administração ao paciente. “Contamos hoje com uma equipe muito qualificada na Farmácia e de fundamental importância no dia a dia do Hospital, ligada diretamente aos processos de segurança e qualidade na assistência hospitalar”, destaca o diretor de Infraestrutura, Rodrigo Calixto

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×