Prescrição Médica um problema antigo – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Prescrição Médica um problema antigo

Publicado

em



 

Conversando com algumas pessoas que já trabalharam como atendentes em farmácias, chegamos à conclusão que o problema relacionado ao entendimento da letra do médico é bastante antigo. O assunto chegou a ser expressão de pessoas mais velhas, que diziam quando a criança escrevia uns garranchos “é letra de médico?”.

Para Ademir Rosa, Diretor de Gestão Estratégica da FUMSSAR  “uma receita mal escrita pode induzir o atendente a dispensar errado o medicamento, pois existem muitos medicamentos com nome muito parecido. Todos os prescritores sabem que letra ilegível no receituário pode gerar problemas graves a saúde ou até mesmo a morte de pacientes”.

A legibilidade das receitas é obrigatória desde 1973, através da Lei Federal Nº 5.991, onde relata que, somente será aviada a receita que estiver escrita de modo legível. Além de infringir uma Lei Federal, ao escrever de forma ilegível, também está sendo ferido o Código de Ética Médica, onde no capítulo III, artigo 11, veda ao médico “receitar, atestar ou emitir laudos de forma secreta ou ilegível”.

Através do programa de melhorias que está em andamento na Farmácia Municipal, foi levantado os principais problemas que atrapalham o bom funcionamento do setor e, após foi aplicado uma ferramenta de qualidade para fazer a priorização, onde constatou que entre os 5 maiores problemas, 3 se referia ás receitas e laudos com problemas. Ademir ainda ressalta que os problemas das receitas não se resumem somente em legibilidade, mas também em alguns casos de dosagem ou de falta de informações como nome, data ou tempo de tratamento e outros.

Considerando a relevância do assunto e a busca de melhorias para reduzir os riscos para os usuários e agilizar os atendimentos, foi criada e aprovada uma resolução na FUMSSAR sob o Nº002/2019, a qual normatiza a prescrição e dispensação de medicamentos do SUS. Esta resolução já está disponível para todos os servidores da rede pública de saúde, para o Hospital Vida e Saúde e para a UPA. Também estamos disponibilizando no site da Fundação Municipal de Saúde, WWW.fumssar.com.br

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Fenasoja prepara experiências que ficarão marcadas para os visitantes e expositores

Publicado

em



A Maior Feira Multissetorial do RS, a FENASOJA marcará a edição de 2022 pela inovação e por gerar experiências inesquecíveis tanto para o público visitante, quanto para os expositores. A nova Comissão de Desenvolvimento de Produto, presidida voluntariamente pela jornalista Patricia Kuhn trabalha para colocar em prática, ao longo dos 10 dias, projetos para que a marca FENASOJA e sua representatividade, fique marcada na lembrança de todos.

A Comissão busca criar produtos comerciais para promover experiências inesquecíveis para todos os públicos gerando valor aos patrocinadores e aumentando o resultado da feira. Patricia adianta que a Fenasoja e as marcas parceiras vão promover espaços onde os visitantes sejam impactados com diversas ações pensadas para encantar.

O trabalho da Comissão está alinhado as maiores tendências mundiais da era das experiências, onde marcas garantem aos seus clientes momentos memoráveis em todas as interações com o evento.

A jornalista salienta que já na entrada do parque o público se sentirá acolhido, e nos mais diversos setores da feira, poderá interagir com a marca e com a programação que estará acontecendo, principalmente no entretenimento. Os projetos são construídos junto das outras comissões da Feira, mapeando cada oportunidade de gerar novas conexões com todos os públicos da FENASOJA: visitantes, expositores, voluntários e comunidade.

A FENASOJA acontece de 29 de abril a 08 de maio no Parque de Exposições Alfredo Leandro Carlson, em Santa Rosa. A expectativa é de prospectar R$ 1 Bilhão em negócios, com um público de 250 mil visitantes.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Equipe do Portal Plural e ex-prefeito Vicini visitam Tucunduva

Publicado

em



Na tarde desta quinta-feira (14/10), o Prefeito Municipal, Jonas Fernando, acompanhado da Assessora Jurídica, Juliane Camera Nedel, receberam no Gabinete a equipe do Portal Plural para uma visita cordial.

Na oportunidade esteve acompanhando a reunião o então ex-prefeito de Santa Rosa, Alcides Vicini, que hoje é Diretor do Portal Plural, onde falaram a respeito de projetos que beneficiam a região. Também participaram da reunião o Co-Fundador e Diretor Geral do Portal Plural,. Lucian Zorzan Andreola, Heitor Cardoso, CEO, e Eloisa Oliveira, Secretária Executiva da empresa.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Sexta-feira será de chuva em todo o Rio Grande do Sul com Sexta-feira será de chuva em todo o Rio Grande do Sul

Publicado

em



A sexta-feira (15) será marcada por tempo instável em todo o Rio Grande do Sul. De acordo com o Climatempo, os maiores acumulados de chuva devem ocorrer em Vicente Dutra, Taquaruçu do Sul e Três Arroios, todas no Norte: 48mm (cerca de 28% do volume de chuva esperado para outubro nos municípios). O acumulado previsto para a Capital é de 24mm (17% do volume esperado para o mês na cidade).

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para o risco de temporais, com queda de granizo, descargas elétricas e rajadas de vento de até 100 km/h, nas áreas destacadas em laranja (mapa abaixo). Nessas localidades, podem ocorrer transtornos como interrupção no fornecimento de energia elétrica, queda de árvores, alagamentos e estragos em plantações. Esse alerta se estende desde a noite desta quinta-feira (14) até o fim da manhã de sexta.

Ao amanhecer, Pedras Altas, no Sul, registra a mínima do dia: 8°C. Já a máxima, de 28°C, está prevista para Lagoa Bonita do Sul, no Vale do Rio Pardo, e Coronel Pilar, na Serra. Em Porto Alegre, os termômetros marcam de 16°C a 23°C.

No sábado (16), a tendência, segundo os meteorologistas, é de que ocorram pancadas fracas de chuva na Região Metropolitana, na Serra e no Litoral Norte. Nas demais áreas do Rio Grande do Sul, o tempo volta a ficar firme, mas com céu encoberto. A frente fria pode começar a  derrubar a temperatura gradativamente no Estado. A mínima, de 5°C, está prevista para Caçapava do Sul, na Campanha. Durante a tarde, os termômetros de Vicente Dutra, no Norte, não passam de 25°C, a máxima do RS. A variação térmica na Capital fica entre 14°C e 19°C.

Veja como deve ficar o tempo na sua região nesta sexta-feira (15): 
Região Metropolitana: a sexta-feira (15) terá tempo instável, com pancadas de chuva ao longo do dia. Há risco de temporais, com descarga elétrica, ventania e até queda de granizo. Em Esteio, os termômetros variam de 16°C a 22°C.

Serra gaúcha: a sexta-feira (15) terá tempo instável, com pancadas de chuva ao longo do dia. Há risco de temporais, com descarga elétrica, ventania e até queda de granizo. Em Vacaria, os termômetros variam de 14°C a 20°C.

Litoral Norte: a sexta-feira (15) terá tempo instável, com pancadas de chuva ao longo do dia. Em Torres, os termômetros variam de 17°C a 23°C.

Litoral Sul: a sexta-feira (15) terá tempo instável, com pancadas de chuva ao longo do dia. Em Rio Grande, os termômetros variam entre 14°C e 19°C.

Região Norte: a sexta-feira (15) terá tempo instável, com pancadas de chuva ao longo do dia. Há risco de temporais, com descarga elétrica, ventania e até queda de granizo. Em Passo Fundo, os termômetros variam de 14°C a 21°C.

Região Noroeste: a sexta-feira (15) terá tempo instável, com pancadas de chuva ao longo do dia. Há risco de temporais, com descarga elétrica, ventania e até queda de granizo. Em Cruz Alta, os termômetros variam de 15°C a 18°C.

Região Sul: a sexta-feira (15) terá tempo instável, com pancadas de chuva ao longo do dia. Em Canguçu, os termômetros variam de 10°C a 16°C.

Região Central: a sexta-feira (15) terá tempo instável, com pancadas de chuva ao longo do dia. Há risco de temporais, com descarga elétrica, ventania e até queda de granizo. Em Santa Maria, os termômetros variam de 14°C a 20°C.

Campanha gaúcha: a sexta-feira (15) terá tempo instável, com pancadas de chuva ao longo do dia. Em Candiota, os termômetros variam de 12°C a 17°C.

Fronteira Oeste: a sexta-feira (15) terá tempo instável, com pancadas de chuva ao longo do dia. Em Uruguaiana, os termômetros variam de 14°C a 21°C.

Veja como deve ficar o tempo em algumas cidades nesta sexta-feira (15):

  • Santa Rosa: pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 16°C e máxima de 22°C.
  • Erechim: pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 13°C e máxima de 20°C.
  • Uruguaiana: pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 14°C e máxima de 21°C.
  • Torres: pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 17°C e máxima de 23°C.
  • Rio Grande: pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 14°C e máxima de 19°C.
  • Mostardas: pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 16°C e máxima de 21°C.
  • Passo Fundo: pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 14°C e máxima de 21°C.
  • Bagé: pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 11°C e máxima de 18°C.
  • Tramandaí: pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 17°C e máxima de 24°C.
  • Xangri-lá: pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 17°C e máxima de 23°C.
  • Capão da Canoa: pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 17°C e máxima de 25°C.
  • São Borja: pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 15°C e máxima de 22°C.

 

Fonte: GZH

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×