Prazo para eleitor regularizar título termina em maio – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Prazo para eleitor regularizar título termina em maio

Quem não estiver em dia com documento, não poderá votar nas eleições

Pável Bauken

Publicado

em



Os cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado têm até o dia 6 de maio para regularizar a situação. Após o prazo, quem não estiver em dia com o documento, não poderá votar nas eleições municipais de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.

No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas. Para a Justiça Eleitoral, cada turno equivale a uma eleição.

Para regularizar o título, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral próximo a sua residência, preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE) e apresentar um documento oficial com foto. Além disso, será cobrada uma multa de R$ 3,51 por turno que o eleitor deixou de comparecer. O prazo para fazer a solicitação termina no dia 6 de maio, último dia para emissão do título e alteração de domicílio eleitoral antes das eleições.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

A situação de cada eleitor pode ser verificada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O primeiro turno será realizado no dia 4 de outubro. Se necessário, o segundo turno será no dia 25 do mesmo mês. Cerca de 146 milhões de eleitores estarão aptos a votar.

EBC / Portal Plural

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Juiz do DF bloqueia recursos do fundo eleitoral e permite uso contra coronavírus

Pável Bauken

Publicado

em

A decisão do juiz Itagiba Catta Preta Neto foi tomada em uma ação popular (Imagem: Valadares/Câmara dos Deputados)

A Justiça Federal de Brasília decidiu, nesta terça-feira, bloquear recursos bilionários dos fundos eleitoral e partidário e permitiu que o governo federal direcione os valores para combater o novo coronavírus ou para amenizar as consequências econômicas da pandemia.

A decisão do juiz Itagiba Catta Preta Neto foi tomada em uma ação popular, e a determinação foi divulgada pela assessoria de imprensa da Justiça Federal.

“Dos sacrifícios que se exigem de toda a Nação não podem ser poupados apenas alguns, justamente os mais poderosos, que controlam, inclusive, o orçamento da União”, disse o magistrado na decisão, acrescentando que a pandemia tem afetado de forma avassaladora a vida do país.

“Nesse contexto a manutenção de fundos partidários e eleitorais incólumes, à disposição de partidos políticos, ainda que no interesse da cidadania, se afigura contrária à moralidade pública, aos princípios da dignidade da pessoa Humana, dos valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e, ainda, ao propósito de construção de uma sociedade solidária”, afirmou.

Money Times

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Mais 5 exames dão negativo para Coronavírus em Santa Rosa

Pável Bauken

Publicado

em



Segundo novo boletim da Fundação Municipal da Saúde (FUMSSAR), divulgado nessa terça-feira (07/04), Santa Rosa teve um caso confirmado e cinco casos descartados para Coronavírus. Assim a cidade tem 23 notificações de Coronavírus, desses 18 foram descartados, 1 aguarda resultado e 4 confirmados.

O quarto caso confirmado é de um homem de 68 anos, que também está internado no Hospital Moinhos de Vento em Porto Alegre. Dos 4 casos confirmados um já está curado, dois internados em Porto Alegre e um na Unidade Dom Bosco.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Confirmado novo caso de Coronavírus em Santa Rosa, paciente está internado na capital

Pável Bauken

Publicado

em



Segundo Boletim divulgado nessa terça-feira pela 14ª Coordenadoria Regional de Saúde sobre COVID-19 a região de abrangência tem 4 casos confirmados de Coronavírus toso em Santa Rosa, o quarto caso confirmado é de um homem de 68 anos, que também está internado no Hospital Moinhos de Vento em Porto Alegre.

>>> 5 EXAMES DERAM NEGATIVOS PARA COVID-19 <<<

Dos 4 casos confirmados um já está curado, dois internados em Porto Alegre e um na Unidade Dom Bosco. Segundo o boletim da FUMSSAR a cidade tem 23 notificações, desses 18 foram descartados, 1 aguarda resultado e 4 confirmados.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

×