Policiais são confundidos com strippers ao interromperem festa de swing – Portal Plural
Connect with us

Policiais são confundidos com strippers ao interromperem festa de swing

 

Na tentativa de impedir festas e aglomerações em meio à pandemia do novo coronavírus, policiais invadiram uma reunião de swing — troca de casais — em Sierra de los Padres, na Argentina. O que eles não esperavam é que alguns dos participantes do evento os confundissem com strippers.

Um policial que participou da operação confirmou ao site local 0023, reproduzido pelo jornal Clarín, que os participantes confundiram os oficiais durante o evento que ocorria na madrugada do último domingo.

“A situação era muito bizarra, mas dentro de todas as coisas que nos tocaram isso era engraçado. Todas as pessoas foram muito educadas, mas no começo nos confundiram com o pessoal do show. Eles pensaram que estávamos vindo para atuar como strippers”, disse.

O caso aconteceu em uma fazenda na Rota 226 em Sierra de los Padres, onde aproximadamente 20 casais estavam sentados em uma enorme mesa e bem vestidos supostamente aguardando a chegada de strippers.

Os policiais chegaram no local através de uma denúncia anônima. No espaço, eles foram recebidos com olhares estranhos e outros gestos “sorridentes”. “Você me esquenta”, disse uma mulher de 45 anos a um dos policiais que realizavam a operação.

Os oficiais junto com o Subsecretário do município de General Pueyrredón, Gustavo Jara, descobriram que, na verdade, acontecia uma tour sexual que saiu do Mar del Plata e pretendia realizar uma festa de swing no espaço.

De acordo com o site local 0023, os organizadores do evento colaboraram com a operação da polícia. “Embora não houvesse um grande número de pessoas, elas ultrapassaram o limite permitido [de aglomeração]. Além disso, o local não contava com nenhum tipo de autorização ou elementos de segurança”, disseram fontes do município.

O denunciante anônimo ainda comentou que essa não é a primeira vez que acontecia um evento deste tamanho e que os 20 casais pagaram um pacote completo com direito a alojamento, transporte, alimentação e várias noites de diversão.

Entre todos os participantes do evento estavam casais com idades entre 40 e 50 anos da cidade de Buenos Aires. Eles foram notificados acerca da violação do decreto do governo nacional que impede aglomeração em meio à pandemia.

Além disso foi realizado um relatório de verificação e a fazenda onde ocorria a festa foi fechada. O nome do dono do espaço foi enviado ao Juízo de Contravenções que determinará uma multa a ser paga pela violação das restrições.

Se você acha que o caso chegou ao fim, parece que se enganou. Quando a festa já havia sido paralisada pela polícia, uma mulher se virou a um dos oficiais e teria afirmado: Que pena! Quando os vi, pensei que a sobremesa tinha chegado”.

 

Fonte: UOL

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Powered by WhatsApp Chat

×