Planeta potencialmente habitável é descoberto em novo sistema solar – Portal Plural
Connect with us

Mundo

Planeta potencialmente habitável é descoberto em novo sistema solar

Pável Bauken

Publicado

em



Uma equipe internacional de astrônomos descobriu um novo sistema solar com um planeta que poderia ser “habitável” – disse, nesta quinta-feira, o astrofísico espanhol Rafael Luque, que liderou as buscas. Três novos planetas foram descobertos em órbita ao redor de GJ 357d, uma anã vermelha – uma pequena estrela na fase de resfriamento. Eles formam um sistema solar localizado a 31 anos-luz da Terra, a uma distância relativamente pequena na escala espacial, detalhou Luque, do Instituto de Astrofísica das Ilhas Canárias.

A descoberta foi feita, graças aos dados fornecidos pelo satélite TESS da NASA (a agência espacial americana), especializado na busca de exoplanetas – localizados fora do nosso sistema solar. O planeta mais distante da estrela, chamado GJ 357d, é de particular interesse para os pesquisadores, que acreditam que pode ser habitável. Os outros dois são muito quentes.

“Parece um pouco frio à primeira vista. Mas, se a atmosfera for densa (ao contrário de Marte), o efeito estufa aqueceria a superfície, e a água poderia ser líquida”, diz Luque. Os pesquisadores acreditam que o GJ 357d possa ser de uma a duas vezes o tamanho da Terra. Este planeta não é o primeiro potencialmente habitável a ser descoberto perto de nós. Em 2016, a descoberta de Proxima b, a apenas quatro anos-luz de distância do nosso sistema solar, causou sensação.

O problema nessas descobertas está no método usado. Proxima b e GJ 357d foram descobertos pelo método da velocidade radial, que consiste em localizar a oscilação causada na estrela pela gravidade exercida por um planeta em órbita. Segundo Rafael Luque, porém, esse método não confirma se o planeta é habitável. Para isso, é necessário utilizar a técnica de trânsito, que possibilita medir seu tamanho, depois calcular sua densidade e sua composição (gasosa, ou não).

O planeta GJ 357d é de particular interesse para os pesquisadores, pois acreditam que pode ser habitável – Imagem: Chris Smith / Goddard Space Flight Center da NASA / Divulgação / CP

O planeta deve passar diretamente entre sua estrela e o observador, uma condição difícil de ser cumprida. Para Proxima b, mostrou-se impossível. Luque e sua equipe tentarão nos próximos meses observar o GJ 357d em “trânsito” para confirmar se a vida pode se desenvolver lá, ou não. “Mas a probabilidade de um planeta passar por uma estrela no eixo de nossa visão da Terra é muito pequena”, diz ele.

Fonte Correio do Povo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Adolescente de 15 anos morre de peste bubônica na Mongólia

Esquilo contaminado com a doença foi encontrado nos EUA, acendendo um novo grau de preocupação entre as autoridades sanitárias

Reporter Global

Publicado

em



Um adolescente de 15 anos morreu após contrair peste bubônica na Mongólia, confirmou o ministro da Saúde local nesta terça-feira, 14. Ao mesmo tempo, as autoridades americanas identificaram um esquilo contaminado com a doença no Colorado.

A peste bubônica é popularmente conhecida como peste negra que, durante a Idade Média, levou à morte um terço da população da Europa. Causada pela bactéria Yersinia pestis, a doença não é transmitida entre pessoas, mas pelo contato com pulgas infectadas, que costumam ser encontradas em roedores, como as marmotas e os ratos.

O jovem de 15 anos foi contaminado após comer carne de marmota. Ele morreu na província de Govi-Altai. No final de junho, dois casos da doença já haviam sido reportados na Mongólia, envolvendo pessoas que consumiram carne de marmota. No início de julho, as autoridades locais da Mongólia Interior, na China e que faz fronteira com a região homônima, confirmaram que um pastor também estava infectado.

Após os casos, cinco províncias da Mongólia foram colocadas em quarentena. A região está em estado de atenção para detectar e tratar novos casos.

Ao mesmo tempo em que cresce a preocupação na Ásia, as autoridades sanitárias do Colorado, nos Estados Unidos, anunciaram que um esquilo testou positivo para a bactéria. O caso aconteceu na cidade de Morrison. É a primeira vez que a doença é registrada em um animal da região.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a peste bubônica é fatal em cerca de 30% a 60% dos casos não tratados. Durante a Idade Média, devido à precariedade das condições sanitárias, pelo menos 70 milhões de europeus, um terço da população do continente, morreu pela doença.

A OMS chegou a classificar a “peste” — classificação que envolve a peste bubônica e uma outra doença semelhante chamada peste pneumônica — como uma infecção re-emergente em 2018 depois de 3.248 casos, incluindo 584 mortes, terem sido reportados em todo o mundo entre 2010 e 2015.

A organização, contudo, afirmou que os casos identificados na China não representam grande ameça e que a situação está “bem administrada”.

Saiba logo no início da manhã as notícias mais importantes sobre a pandemia do coronavirus e seus desdobramentos. Inscreva-se aqui para receber a nossa newsletter

Humanos podem ser infectados pela peste bubônica caso sejam picados por pulgas contaminadas ou tenham contato direto com sangue ou tecidos infectados de animas, por tossidas ou mordidas.

As autoridades americanas alertaram que animais como os gatos são muito suscetíveis a serem infectados nestes cenários – a bactéria pode ser mortal para os felinos. Já os cães são menos propensos, mas pode carregar pulgas contaminadas.

Veja

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

Com quase 50 casos confirmados, ebola se espalha no Oeste do Congo

OMS diz que surto ainda ativo é grande preocupação

Reporter Global

Publicado

em

© Jean Robert N'Kengo/Reuters

O ebola está se espalhando no oeste da República Democrática do Congo e já soma quase 50 casos conhecidos em uma vasta região que faz fronteira com a República do Congo e a República Centro-Africana, alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nessa segunda-feira (13).

Desde que as autoridades anunciaram o surto no dia 1º de junho, 48 casos foram confirmados na província de Equateur e existem mais três casos prováveis, além de um total de 20 mortes, disse o maior especialistas em emergências da OMS, Mike Ryan.

“Este ainda é um surto muito ativo, e eu diria que ainda é uma grande preocupação”, disse Ryan em entrevista coletiva.

A província inclui parte do Rio Congo, disse ele, acrescentando que se trata de uma área geográfica ampla, onde as comunidades estão ligadas e as pessoas viajam grandes distâncias.

“Eu alertaria qualquer um que, embora os números do ebola sejam baixos, na era da covid-19 é muito importante não desviarmos os olhos dessas doenças emergentes. Vimos no Kivu do Norte e em surtos anteriores de ebola que eles podem sair de controle muito facilmente.”

Ryan se referia a outro surto de ebola nas províncias de Ituri e Kivu do Norte, no leste do Congo, que foi considerado encerrado no mês passado. Aquela epidemia, a segunda maior já registrada, provocou 3.463 casos confirmados e prováveis e 2.277 mortes ao longo de dois anos.

ebc

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

‘Imagem de Jesus’ que aparece em tronco de árvore após poda intriga operários em MS

Figura foi encontrada em pedaços e no tronco de salgueiro, que foi cortado para a obra de pavimentação de uma avenida em Itaquiraí.

Reporter Global

Publicado

em

Imagem de 'Jesus' aparece durante poda de árvore, em Caarapó (MS). — Foto: Moisés Batista dos Santos

Um desenho que apareceu no tronco e em vários pedaços de uma árvore da espécie salgueiro, após uma poda, em Itaquiraí, em Mato Grosso do Sul, intrigou os operários responsáveis pelo serviço. Alguns deles viram na figura a “imagem de Jesus Cristo”. A paróquia do município se recusou a comentar o assunto.

O desenho foi descoberto nesta quinta-feira (9) à tarde, pelo diretor de obras da cidade, Odimar Souza. Ele coordenava a poda de algumas árvores para a pavimentação da avenida Monte Castelo, no bairro Monte Castelo.

Souza, diz que durante a poda do salgueiro, os operários que faziam o trabalho vislumbram no buraco que era aberto na árvore uma figura semelhante a uma borboleta. Logo em seguida, a corrente da motosserra, que era nova, quebrou. Houve a troca da corrente e quando o corte foi concluído, nos tocos que sobraram da poda e em um pedaço do tronco que restou, estava o desenho que intrigou a todos.

Corrente de motosserra quebrou durante corte de tronco que apareceu imagem. — Foto: Moisés Batista dos Santos

Corrente de motosserra quebrou durante corte de tronco que apareceu imagem. — Foto: Moisés Batista dos Santos

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

×