Pirâmides. Mistério. – Portal Plural
Connect with us

Estrada Iluminada

Pirâmides. Mistério.

Publicado

em



A cada momento cientistas e estudiosos nas respectivas áreas, nos trazem informações valiosíssimas a respeito do passado.

É sempre uma incógnita de como as pirâmides foram construídas, e com uma perfeição em seus traços geométricos, construções estas que vararam os tempos e continuam intactas, principalmente em seu interior.

Somos seguidores daquela linha de raciocínio de que elas foram idealizadas e construídas por habitantes de outra esfera planetária, mais elevada do que a Terra e que aqui estiveram de passagem no sentido de evoluir o nosso planeta. Um povo com ideias e conhecimentos avançados, até porque Jesus mesmo nos disse que existem muitas moradas na Casa do Pai, sendo as moradas os mais diversos orbes existentes no universo.

Não faz muito tempo, Arqueólogos egípcios descobriram um grupo de novas tumbas de trabalhadores que construíram as pirâmides, abrindo espaço para entender a forma como eles viviam e comiam há mais de 4.000 anos. A revelação foi feita pelo departamento de antiguidades do país.

As tumbas são pertencentes à 4ª dinastia, entre os anos 2.575a.C. e 2.467a.C., quando as Grandes Pirâmides foram construídas, segundo o diretor do Conselho Supremo de Antiguidades do Egito, Zahi Hawass. As primeiras tumbas de trabalhadores que construíram as pirâmides foram encontradas nos anos 1990 e, junto com as novas descobertas, indicam que os trabalhadores não eram escravos, como se pensava anteriormente. “Essas tumbas foram construídas ao lado da pirâmide do rei, o que indica que essas pessoas não eram escravas, pois não poderiam ter construído suas tumbas dessa forma”, disse Hawass. As tumbas eram usadas para trabalhadores mortos durante a construção.

As evidências encontradas apontam que aproximadamente 10 mil trabalhadores atuaram na construção das pirâmides e eles comiam 21 bois e 23 ovelhas que eram enviados diariamente para eles por fazendas do norte e do sul do Egito.

As pesquisas continuam até hoje e não se chegou ainda a uma conclusão do objetivo das pirâmides e efetivamente que tipo de equipamento foi utilizado para cortar e colocar milimetricamente as pedras.

Mas encontramos na literatura filosófica informações que a construção foi idealizada e construída por civilização bem evoluída que esteve aqui na Terra e retornou ao plano espiritual. São questões que ensejam um mistério, pois que traçando um parâmetro com os dias de hoje, vemos a complexidade que é construir um arranha céu, mesmo dispondo guindastes potentes.

Sabemos que pessoas dotadas de certas aptidões podem utilizando-se da concentração mental fazer transporte de objetos de um lugar para outro, às vezes até de longas distâncias, e tratando-se de seres com alto grau de sabedoria e conhecimento, nada seria de surpreender.

Certamente à medida que evoluirmos vamos encontrar os esclarecimentos necessários.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estrada Iluminada

Infelizmente é verdade.

Publicado

em



Infelizmente tem muita gente no mundo que não acredita em Deus. Infelizmente tem muita gente que não acredita em Jesus. Infelizmente também tem muita gente que além de não acreditar ainda pratica maldade, prejudicando pessoas, pensando em si próprio, dando importância apenas ao capital, posição social, acreditando que procederes assim podem contribuir para a evolução do Planeta Terra e que numa próxima vida estarão nas mesmas posições.

Aqueles não espiritualistas até são desculpados pois são minoria e nos momentos difíceis entram em depressão profunda pois não tem a quem recorrer, mas os que acreditam em Deus e no Mestre certamente teriam de ter uma conduta diferente da que muitos apresentam, principalmente aqueles que detém o poder de influenciar outrem com suas ideias e decisões.

Hoje vivemos um momento muito triste em todo o Planeta. É como se uma nuvem muito densa pairasse ao redor a espera de que através de nossas atitudes e pensamentos possa se dissipar. Sim, nossos pensamentos e atos estão sendo colocados a prova através desta pandemia que já ceifou milhões e continua a levar pessoas queridas de nosso convívio.

Não é acontecimento fruto do acaso, pois se Jesus que é o Ser mais perfeito que passou pela Terra nos deixou um legado de boas práticas que é o Evangelho, é certo que devemos seguir, não agindo ao contrário como vemos todos os dias acontecer. Deduzimos que as pessoas que escapam desta doença que é fatal como muitas outras, merecem continuar a viver, enquanto que as que partem deste Planeta tem o merecimento de deixar de sofrer as vicissitudes de um Planeta onde predomina o mal.

Quem não cuida do corpo físico está propenso a qualquer momento ser acometido de uma moléstia grave que pode ensejar a morte física, mas também pode se suceder que venha a sofrer e fazer sofrer parentes e amigos por algum período e até recuperar-se. É necessário em meio a essa pandemia fechar os ouvidos aos conselhos e exemplos desapropriados e escandalosos de pessoas que estão fora da realidade. Devemos sim usar máscaras, higienizar as mãos constantemente e manter distância mesmo das pessoas que amamos.

O recado da espiritualidade é de nos distanciarmos até das pessoas mais próximas para que valorizemos o amor. É também recado para que deixemos de dar tanta importância ao dinheiro e posses, pois de nada adianta! Não existe remédio para o doente até agora! Aglomerações, festas, confraternizações, orgias, isto é inapropriado e certamente vamos chorar excessos e erros cometidos.

O Mestre certa vez disse: “Aquele que tem ouvidos para ouvir, que ouça! ” Mateus 11:15. Infelizmente é verdade!

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Estrada Iluminada

Retorno dos animais

Publicado

em



Os animais têm alma? Os animais possuem um princípio inteligente, diferente daquele que anima o homem. Mas não pensam, nem possuem o livre arbítrio, apenas instinto. Quando desencarnam, o princípio espiritual que o animou é reaproveitado em outro animal que vai nascer quase que imediatamente.

Os estudos nos dizem que somos todos filhos do mesmo Pai e os animais são, portanto nossos irmãos de jornada planetária. Estão numa escala evolutiva bem inferior e distante de nós numa proporção equivalente a que estamos para o Criador. Temos, portanto uma grande obrigação de proporcionar a eles o meio de evoluírem, ajudando-os, já que eles ainda não possuem a inteligência, mas apenas o instinto.

Eles não têm a necessidade de permanecerem no plano espiritual por ocasião da morte, podendo retornar até de imediato, pois nada tem a resgatar, mesmo porque não possuem mediunidade. Todo mal que fizermos aos animais estaremos gerando uma dívida que deverá ser paga em próximas existências, pois é assim a Lei Divina, temos de reparar nossos erros mesmo que seja esse débito contraído em relação aos animais.

Infelizmente no homem ainda não despertou um sentimento capaz de atender os animais devidamente, até porque ainda não conseguimos nem dar o devido tratamento ao ser humano. Chico Xavier tinha uma cachorra de nome Boneca, que sempre esperava por ele, fazendo grande festa ao avistá-lo. Pulava em seu colo, lambia-lhe o rosto como se o beijasse. O Chico então dizia: – Ah Boneca, estou com muitas pulgas! Imediatamente ela começava a coçar o peito dele com o focinho. Boneca morreu velha e doente. Chico sentiu muito a sua partida. Envolveu-a no mais belo xale que ganhara e enterrou-a no fundo do quintal, não sem antes derramar muitas lágrimas. Um casal de amigos, que a tudo assistiu, na primeira visita de Chico a São Paulo, ofertou-lhe uma cachorrinha idêntica à sua saudosa Boneca. A filhotinha, muito nova ainda, estava envolta num cobertor e os presentes a pegavam no colo, sem, contudo desalinhá-la de sua manta. A cachorrinha recebia afagos de cada um. A conversa corria quando Chico entrou na sala e alguém colocou em seus braços a pequena cachorra. Ela, sentindo-se no colo de Chico, começou a se agitar e a lambê-lo. – Ah Boneca, estou cheio de pulgas! Disse Chico. A filhotinha começou então a coçar-lhe as pulgas e parte dos presentes, que conheceram a Boneca, exclamaram: “Chico, a Boneca está aqui, é a Boneca, Chico! ” Emocionados, perguntamos como isso poderia acontecer. O Chico respondeu: – Quando nós amamos o nosso animal e dedicamos a ele sentimentos sinceros, ao partir, os espíritos amigos o trazem de volta para que não sintamos sua falta. É Boneca está aqui, sim e ela está ensinando a esta filhota os hábitos que me eram agradáveis. Nós seres humanos, estamos na natureza para auxiliar o progresso dos animais, na mesma proporção que os anjos estão para nos auxiliar. Por isso, quem maltrata um animal é alguém que ainda não aprendeu a amar”.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Estrada Iluminada

Só o amor cura

Publicado

em



Esses dias me perguntaram sobre relacionamentos entre pessoas que é muito conturbado. Queriam saber se pessoas que se amam nesta vida se amaram em vidas passadas também, ou se poderiam ser inimigas. De fato quando estamos na espiritualidade, antes de nascer fazemos uma análise com o auxílio dos benfeitores sobre a melhor maneira de reencarnarmos e resgatar nossos erros de vidas anteriores. Nesse momento fazemos um estudo de tudo que aconteceu no passado e idealizamos o que é melhor para que, após o nascimento possamos ter condições de evoluir.

Também fazemos uma avaliação de tudo que fizeram de mal para conosco em momentos anteriores e como podemos oportunizar que essas pessoas consigam reparar seus erros em relação a nós, pois cada um de nós é espírito em evolução na direção do Pai, e esta evolução é individual, mas precisamos uns dos outros para que nas dificuldades consigamos transpor os entraves. É possível que as pessoas que se amam nesta vida se reencontrem numa próxima reencarnação para se ajudando consigam evoluir juntas, mas pode também que as pessoas que conseguem se amar nesta vida tenham sido inimigas em vidas anteriores, e agora conseguiram se harmonizar e finalmente “virar a página” como se diz popularmente.

Muitas desgraças, tragédias que acometem famílias é fruto de relacionamentos que já vem de muito tempo, e muitos fatos voltarão acontecer, pois Deus não impõe que sejamos bons nem maus, isso é uma decisão que tomamos, pois somos livres na semeadura e por consequência colheremos o plantado.

As vezes por mais de uma existência vão acontecer crimes no meio familiar envolvendo pais, mães, filhos e irmãos, até que sejam resolvidas as contendas. Os noticiários estão ai nos demonstrando essas ocorrências que envolvem inocentes e que sem uma análise profunda não encontraríamos explicações.

Normalmente quando acontecem tragédias envolvendo crianças somos acometidos de profunda angústia, mas se nos atermos a esclarecimentos contidos na literatura vamos ver que a complexidade existente nessas ações, que não são necessárias acontecer, mas é fruto do desequilíbrio moral de quem as comete, tem explicações, e certamente além da penalização pela Lei humana, o responsável pelo escândalo enfrentará momentos angustiosos quando de retorno ao plano espiritual, iniciando por permanecer um tempo nas regiões trevosas do umbral.

Certo é que Deus é justo através de Suas Leis, e nada escapa de ser resgatado. Todo mal praticado nesta vida terá de no futuro ser substituído por amor. Só o amor cura. Não importa quantas e quantas reencarnações teremos de viver.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×