Pesquisa da USP mostra erros de higiene na cozinha dos brasileiros - Portal Plural
Connect with us

Culinária

Pesquisa da USP mostra erros de higiene na cozinha dos brasileiros

Publicado

em


topo humbeto pluralNuveraFAST AÇAÍAcademia Persona

Um hábito colocado em evidência como parte das medidas preventivas contra a covid-19 – as boas práticas de higienização dos alimentos – foi alvo de um estudo realizado pelo Centro de Pesquisas em Alimentos (FoRC) da Universidade de São Paulo (USP). O resultado mostrou quais são os erros de higiene na cozinha que colocam em risco a saúde dos brasileiros.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as doenças transmitidas por alimentos (DTA) representam outra pandemia no mundo, com 600 milhões de pessoas adoecendo anualmente, e pelo menos 420 mil mortos. De acordo com o Ministério da Saúde, em nosso país foram registrados 247.570 casos oficiais de DTA de 2000 a 2018, com 195 mortes. E, o que é mais grave, a maioria das contaminações ocorreu na cozinha das casas das vítimas.

Face a esses dados preocupantes, o FoRC analisou medidas de higiene, manipulação e armazenamento de alimentos de 5 mil pessoas de todos os estados brasileiros, a maioria mulheres entre 25 e 35 anos e com renda entre quatro e dez salários mínimos. Uma parcela expressiva dessa população adota medidas inadequadas de higiene, estando exposta à DTA.

Resultados da pesquisa da USP sobre higienização de alimentos

Higienização

A pesquisa mostrou que 46,3% dos participantes lavam carnes na pia da cozinha, 24,1% consomem carnes malcozidas e 17,4% comem ovos crus em maioneses caseiras. O coordenador da pesquisa, professor Uelinton Manoel Pinto, explicou em counicado que “Lavar carnes, especialmente a de frango, na pia da cozinha pode espalhar potenciais patógenos no ambiente, representando uma prática de risco.”

De acordo com Uelinton, embora nem todo produto cru de origem animal contenha microrganismos patogênicos, o consumo desses alimentos sem que estejam cozidos a uma temperatura mínima de 74º representa risco microbiológico. Na higienização de verduras e legumes (feita apenas com água corrente por 31,3% dos entrevistados) e frutas (35,7% usam o mesmo método), a recomendação é usar também uma solução clorada por dez minutos.

Refrigeração

Após fazer compras em supermercados, 81% dos respondentes não usam sacolas térmicas para transportar alimentos refrigerados ou congelados até suas casas, uma prática recomendada para países tropicais, como o Brasil. No caso de sobras alimentares, 11,2% relataram colocá-las na geladeira após duas horas do preparo, uma das principais práticas responsáveis por surtos de doenças de origem alimentar, segundo os pesquisadores.

Outra prática perigosa, o descongelamento dos alimentos fora da geladeira, em temperatura ambiente, que é feito por 39,5% dos participantes.

Armazenamento

A maioria dos participantes (57,2%) armazena carnes na geladeira dentro da embalagem do produto, mas o ideal é utilizar um recipiente adequado para evitar o gotejamento do suco da carne, que contamina outros alimentos. Nesse quesito, a boa notícia foi que, de 1.944 registros de temperatura de refrigeradores coletados, 91% ficaram na faixa desejável, entre 0 e 10ºC.

Ao final da pesquisa, o FoRC elaborou um material educativo com orientações sobre a forma correta de armazenar alimentos, que pode ser baixado neste link.

 

FONTE:TECMUNDO

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Culinária

Pizza de Ouro: saiba em que lugar de Santa Catarina você pode experimentar esse luxo

Publicado

em

portal plural as pizzas possuem vários sabores, pepperoni, portuguesa, calabresa, muçarela e aqui no brasil, tem um local que serve um sabor um tanto quanto diferente de ouro.

Nuveratopo humbeto pluralAcademia PersonaFAST AÇAÍ

As pizzas possuem vários sabores, pepperoni, portuguesa, calabresa, muçarela e aqui no Brasil, tem um local que serve um sabor um tanto quanto diferente: de ouro.

A iguaria é servida em Balneário Camboriú, Santa Catarina, é possível saborear uma pizza com folhas de ouro 24 quilates.

De acordo com a Federação Brasileira de Mestres e Pizzaiolos, trata-se da pizza mais cara do Brasil, comercializada por R$ 350 em seu tamanho médio. Para quem deseja gastar um pouco menos, é possível adquirir a versão pequena por R$ 200.

Entretanto, não é somente o ouro que faz parte da receita; ela conta com outros ingredientes luxuosos, como filé mignon e trufa negra, além dos tradicionais queijo parmesão ralado, borda de catupiry e um molho bechamel.

Fonte: G1

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Culinária

Senac Santa Rosa promove oficina culinária de Bolos e Tortas

Publicado

em

portal plural senac

Nuveratopo humbeto pluralAcademia PersonaFAST AÇAÍ

Com intuito de oferecer qualificação profissional gratuita para a comunidade, o Senac Santa Rosa, em parceria com a Prefeitura Municipal de Santa Rosa, iniciou três novas turmas da Oficina Culinária de Bolos e Tortas.

 

A capacitação é ofertada para usuários do Centro de Referência da Assistência Social. As aulas iniciaram no dia 20 de novembro e acontecem de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 14h às 17h.

Durante a formação, que possui carga horária de 20 horas, os participantes aprendem as principais técnicas para a preparação de bolos e tortas, bem como o preparo de bases para bolos, recheios tradicionais, merengues e coberturas. Além disso, são abordados conteúdos sobre comercialização e apresentação dos produtos.

Para saber mais sobre a iniciativa, os interessados podem entrar em contato com o Senac Santa Rosa pelo telefone (55) 3512-2522 ou pelo WhatsApp (55) 999117-7531. A escola fica localizada na rua Santa Rosa, 1827, no bairro Centro

 

Fonte: Senac Santa Rosa

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Culinária

O churrasco gaúcho é um dos melhores do mundo, segundo ranking

Publicado

em

portal plural churrasco
Anahís Vargas / Agencia RBS
FAST AÇAÍAcademia Personatopo humbeto pluralNuvera

O Japão lidera, com técnica de grelhar pequenos pedaços de carne

 

O churrasco gaúcho ficou em sexto lugar na lista dos melhor avaliados da TasteAtlas, um site que funciona como uma enciclopédia virtual, catalogando pratos e alimentos de todo mundo. A lista que coloca os gaúchos no top 10 de churrascos no mundo foi feita com base na audiência do portal.

O site descreve o prato como uma técnica de churrasco brasileiro onde suculentos pedaços de carne são colocados em grandes espetos e grelhados em fogo de lenha. No topo do ranking está o Japão, com o Yakiniku, técnica de origem coreana que cozinha pequenos pedaços de carne em uma grelha.

Em uma segunda lista do site, de churrasco mais populares do mundo, os gaúchos avançam três posições, ficando atrás somente do Yakiniku, líder absoluto do ranking.

Confira a lista dos melhores churrascos do mundo:

  1. Yakiniku – Japão
  2. Asado – Argentina
  3. Kushiyaki – Japão
  4. Shashlik – Rússia
  5. Gui – Coreia do Sul
  6. Churrasco – Brasil
  7. Parrilla – Argentina
  8. Braai – África do Sul
  9. Barbacoa – México
  10. Churrasco estilo Texas – Estados Unidos

 

Fonte: GZH

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×