Onda de frio pode atingir Brasil já na segunda quinzena de abril – Portal Plural
Connect with us

Clima/Tempo

Onda de frio pode atingir Brasil já na segunda quinzena de abril

Segundo especialistas, a neutralidade é favorecida até o outono de 2020 no Hemisfério Sul, com aproximadamente 60% de chance

Reporter Global

Publicado

em



De acordo com o primeiro boletim de 2020 divulgado pelo Centro Americano de Meteorologia e Oceanografia (NOAA), está mantida a previsão de neutralidade climática, ou seja, sem a presença dos fenômenos El Niño e La Niña. Com isso, a expectativa é de que as primeiras ondas de frio já comecem na segunda quinzena de abril na região Sul.

Segundo especialistas, a neutralidade é favorecida até o outono de 2020 no Hemisfério Sul, com aproximadamente 60% de chance. Essa condição pode se estender até o inverno. “Isso não quer dizer que a temperatura do Pacífico esteja dentro da média. Atualmente, observamos uma área mais aquecida no centro e leste do oceano, algo considerado pelo NOAA e que não está associada com o desenvolvimento de um novo El Niño”, afirma Patrícia Vieira, técnica em meteorologia da Somar.

Mês a mês

Depois da passagem de uma frente fria que neste momento provoca ventos de 70 km/h no Rio Grande do Sul e volumes de 40 milímetros, a tendência nos últimos dez dias de janeiro é de as chuvas ganharem força sobre o centro-norte do Brasil, segundo o NOAA. Com isso, a chuva vai diminuir de frequência e intensidade no Sul mais uma vez.

O Sudeste passará por dois extremos, de acordo com o centro de meteorologia. O centro-sul de São Paulo terá tempo mais firme, mais parecido com o Sul do Brasil. Já Espírito Santo, norte de São Paulo e Minas Gerais terão chuva generalizada e volumosa, a exemplo do Nordeste. Isso acontece porque, sem bloqueios atmosféricos no oceano Pacífico, as frentes frias consigam rumar naturalmente ao longo da costa da Bahia.

Em fevereiro, há indícios de um pulso de chuva mais generalizada desde o sul do Amazonas até o norte do Rio Grande do Sul. Na maior parte do Sudeste, esperam-se precipitações mais irregulares, com destaque para Minas Gerais e Espírito Santo. As temperaturas mínimas e máximas indicam valores acima do normal no Sul, São Paulo e Rio de Janeiro.

Em março, diz o NOAA, a distribuição de chuva migra para uma faixa que vai da Amazônia ao Sudeste, passando pelo Centro-Oeste e oeste do Nordeste. No Sul, as chuvas perdem força e ficam abaixo do normal. Essa distribuição de precipitação reflete a condição de temperatura: o Brasil central terá valores mais próximos do normal por causa do excesso de nuvens, mas o Sul e parte do estado de São Paulo seguem mais quentes do que o normal.

A gangorra na chuva volta a aparecer em abril, com a umidade da Amazônia canalizada para a área entre o Paraguai, norte da Argentina e região Sul do Brasil. Além disso, começam a ocorrer os primeiros episódios de chuva mais intensos na costa leste do Nordeste. Como é natural do mês, diminui a chuva no Sudeste e no Centro-Oeste. Há condição para ainda ondas de calor no Sudeste em abril, mas, com a neutralidade no Pacífico durante o outono, as primeiras ondas de frio podem atingir a região Sul na segunda quinzena do mês.

Fonte: Canal Rural

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima/Tempo

RS terá sol, chuva e sensação de abafamento neste sábado

Pável Bauken

Publicado

em



O sábado será marcado pela presença de nebulosidade no Rio Grande do Sul. Entretanto, o sol deve aparecer trazendo chuva na maioria das regiões do Estado. A previsão é de um dia quente, com sensação de abafamento, com mínimas elevadas e calor durante o período da tarde. Em Porto Alegre, a mínima será de 24ºC e a máxima pode chegar a 32ºC neste sábado.

Segundo a MetSul Meteorologia, áreas de instabilidades associadas ao ar quente e úmido tendem a trazer chuva irregular para o Estado. Ela deve atuar principalmente na região da Metade Oeste. Em Santa Rosa e região, sol com muitas nuvens durante o dia, períodos de nublado, com chuva a qualquer hora, mínima de 23ºC e máxima de 30ºC.

Mínimas e máximas

Torres 22ºC / 31ºC
Caxias do Sul 21ºC / 25ºC
São Miguel das Missões 22ºC / 30ºC
Erechim 21ºC / 26ºC
Santa Maria 22ºC / 29ºC
Uruguaiana 23ºC / 32ºC
Livramento 22ºC / 31ºC
Bagé 22ºC / 31ºC
Pelotas 22ºC / 30ºC
Chuí 22ºC / 29ºC

Correio do Povo

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Clima/Tempo

Urgente: temporais e nova frente fria no Rio Grande do Sul

Pável Bauken

Publicado

em



ATENÇÃO – Um sistema convectivo explodiu ao longo da noite de quinta-feira (13) sobre a Argentina e agora se desloca para o Rio Grande do Sul onde há alerta para temporais ao longo desta madrugada e manhã de sexta-feira (14), conforme já alertado pela Conexão GeoClima.

Nova frente fria se aproxima do RS
Uma forte área de baixa pressão entre o Paraguai e a Argentina e a aproximação de uma nova frente fria no Rio Grande do Sul vai ajudar a espalhar áreas de instabilidade sobre o centro-sul do estado.

Nesta sexta-feira, no extremo oeste gaúcho onde está Uruguaiana, há condições para chuva já pela manhã e o alerta é para o risco de temporais. Em Bagé, no sul do Rio Grande do Sul e em Santa Maria, ainda faz sol e calor pela manhã e ocorrem pancadas de chuva de moderada a forte intensidade com raios e rajadas de vento entre a tarde e a noite.

Em Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba e nas demais áreas, o tempo seco predomina e inibe a formação de nuvens de chuva. O sol aparece forte, a temperatura sobe e faz bastante calor.

Fonte: Clima Tempo

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Clima/Tempo

Calor volta a ganhar força no RS nesta quinta-feira

Pável Bauken

Publicado

em

Calor deve aumentar nesta quinta-feira | Foto: Samuel Maciel / CP Memória

A quinta-feira na Grande Porto Alegre e no interior gaúcho terá outra vez o predomínio do sol, entretanto devem ser esperadas nuvens esparsas durante o dia. Ar mais quente ingressa no Rio Grande do Sul e as máximas se elevam em relação ao começo da semana. 

Conforme a MetSul Meteorologia, aquece muito rapidamente e a tarde será de calor na maioria das regiões. Em Santa Rosa, sol com algumas nuvens, não chove a máxima será de 34°C e, em diversas cidades, as máximas rondam os 35°C. 

Devido ao aquecimento, é muito provável a ocorrência de chuva localizada e passageira típica de verão à tarde no interior, sobretudo em localidades do Centro para o Oeste gaúcho. 

Mínimas e máximas pelo RS:
Porto Alegre: 18°C / 34°C
Caxias: 16°C / 30°C
Capão: 19°C / 30°C
Santa Rosa: 20°C / 34°C
Santa Cruz do Sul: 18°C / 35°C
Uruguaiana: 22°C / 36°C
Livramento: 18°C / 33°C
Santa Maria: 18°C / 33°C
Pelotas: 18°C / 31°C

Correio do Povo

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Trending

×