Onda de calor no Brasil: temperaturas podem chegar a 40°C
Connect with us

Clima/Tempo

Onda de calor no Brasil: temperaturas podem chegar a 40°C

Publicado

em

portal plural calor

Nuverabanner plano0 gold15 topo humberto pluralAcademia PersonaFAST AÇAÍ

Diversos Estados brasileiros do Sul, Centro-Oeste e parte do Sudeste passarão por um “calor muito intenso” nas próximas semanas, alerta a MetSul Meteorologia.

 

Segundo a análise dos especialistas, as temperaturas podem ultrapassar 40ºC e atingir marcas “muito acima da média histórica de dezembro”.

“A MetSul Meteorologia projeta para a metade deste mês o ingresso de ar muito quente nos estados do Centro-Sul do País, o que fará com que a temperatura dispare e alcance valores muito altos, inclusive ao redor dos 40ºC e acima dos 40ºC”, diz o alerta. Isso porque, continua, uma massa de ar muito quente vai se instalar sobre o Norte da Argentina e o Paraguai, expandindo-se para o Centro-Oeste e o Sul do Brasil.

A MetSul explica que, no Centro-Oeste, geralmente o período mais quente do ano acontece durante a primavera, no final da temporada seca, já que a ocorrência de chuva e maior presença de umidade entre dezembro e fevereiro costumam amenizar as temperaturas nesta época do ano.

Porém, a tendência é que, entre o final desta semana e o começo da próxima, os estados registrem dias mais quentes, sobretudo no Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul, com temperaturas “mais comuns de se observar nos períodos mais quentes da primavera do que em dezembro”.

As máximas nos dois estados citados chegam à casa dos 40ºC. Segundo a MetSul, o calor mais intenso pode atingir ainda o interior de São Paulo, onde, assim como no Centro-Oeste, nesta época do ano a chuva costuma evitar temperaturas muito altas.

No Sul, a expectativa é que, em particular no Rio Grande do Sul, a temperatura suba a partir de sexta-feira (15). “A sexta e o próximo fim de semana devem ser muito quentes no estado gaúcho com noites de temperatura alta e tardes de excessivo calor”, diz.

Muitas cidades podem registrar máximas entre 35ºC e 40ºC, com a possibilidade de alguns registros localizados acima de 40ºC. “A Grande Porto Alegre e os vales, por exemplo, podem anotar marcas de 37ºC a 39ºC em vários municípios com máximas localmente superiores”, continua a MetSul:

“Será uma incursão de ar muito quente que atingirá todo o Rio Grande do Sul e praticamente todo o Sul do Brasil. Mesmo localidades serranas, de maior altitude, devem ter calor excessivo no próximo fim de semana”.

Recorde

Segundo um levantamento do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as temperaturas no Brasil ficaram acima da média histórica nos meses de julho a novembro. Em setembro e novembro, chegaram a ser, respectivamente, 1,6ºC e 1,5ºC acima do normal.

“A principal responsável por esse aumento da temperatura foi a onda de calor observada no mês de novembro, que foi semelhante a ocorrida em setembro, porém essa última foi mais abrangente e persistiu por doze dias seguidos de temperaturas acima da média”, diz o Instituto em comunicado.

Além disso, o Inmet explica que, em 2023, grande parte do calor extremo pelo país também foi reflexo do fenômeno El Niño (aquecimento acima da média das águas do Oceano Pacífico Equatorial), “que tende a favorecer o aumento da temperatura em várias regiões do planeta”.

No entanto, destaca que “outros fatores” também têm contribuído para a ocorrência de eventos cada vez mais extremos. É o caso das mudanças climáticas, como o aumento da temperatura global da superfície terrestre por conta das emissões de gases do efeito estufa, diz o Instituto.

Fonte: O Sul

Compartilhe

Clima/Tempo

Santa Rosa terá dia ensolarado com início do veranico no RS

Publicado

em

portal plural santa rosa terá dia ensolarado com início do veranico no rs

FAST AÇAÍNuvera15 topo humberto pluralbanner plano0 goldAcademia Persona

O sol brilhará em todo o Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (18), marcando o início de um veranico que se estenderá até o dia 25 de julho. Apesar do tempo firme, algumas áreas podem apresentar períodos de nebulosidade ao longo do dia. As temperaturas sobem, principalmente à tarde, enquanto manhãs e noites permanecem frias.

A região Norte do estado registrará as temperaturas mais altas, com máxima prevista de 25°C em Novo Tiradentes. Já as mínimas mais baixas, de 3°C, ocorrerão em São José dos Ausentes e Soledade, na Serra gaúcha. No Noroeste, a variação será de 8°C a 25°C.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

Veranico na segunda quinzena de julho trará temperaturas até 10°C acima da média no RS

Publicado

em

portal plural veranico na segunda quinzena de julho trará temperaturas até 10°c acima da média no rs
Foto: Divulgação
Nuvera15 topo humberto pluralbanner plano0 goldFAST AÇAÍAcademia Persona

Após uma primeira quinzena de frio intenso, a segunda metade de julho trará um veranico ao Rio Grande do Sul. Segundo a Climatempo, as temperaturas podem ficar até 10°C acima da média para o período, trazendo de volta a sensação de calor ao estado. A elevação das temperaturas será gradual, com um período mais quente começando na sexta-feira (19). Guilherme Borges, meteorologista da Climatempo, afirma que os próximos dias serão de tempo seco, com predomínio de sol e aumento gradual das temperaturas. Na terça-feira (16), ainda pode chover na faixa norte do Estado, mas os volumes serão insignificantes.

— De 19 a 26 de julho, o Rio Grande do Sul enfrentará temperaturas acima do normal. O Estado deve passar por um veranico, conforme indicado por dois modelos meteorológicos convergentes. O tempo será firme e quente — explica Schneider.

Na região oeste do Rio Grande do Sul, em áreas como a Campanha, que registrou mínimas negativas nas últimas semanas, as temperaturas devem ficar de 4°C a 6°C acima da média. Em algumas regiões, podem ultrapassar de 8°C a 10°C do habitual para o período. Em Uruguaiana, na Fronteira Oeste, a temperatura mínima média geralmente é de 12°C ou 13°C. Se ficar de 8°C a 10°C acima, pode chegar a 23°C. As máximas, que costumam ser em torno de 19°C, podem atingir 27°C ou 28°C, o que é quente para essa época do ano. — Será uma situação incomum para julho, que normalmente não apresenta veranicos — exemplifica Schneider.

No Norte e Noroeste — especialmente nos municípios que fazem divisa com Santa Catarina — as máximas podem alcançar ou ultrapassar os 30°C.

Bloqueio atmosférico Segundo Borges, o retorno do calor será provocado por um bloqueio atmosférico na região central do Brasil, que envolve áreas de alta pressão, inibindo a formação de nuvens de chuva, retirando a umidade e elevando as temperaturas.

Retorno da chuva A partir do dia 24 de julho, o cenário mudará com o retorno da chuva, que deve amenizar um pouco o calor. As temperaturas permanecerão de 2°C a 4°C acima da média. No dia 26, os termômetros devem voltar à normalidade.

Fonte: GZH

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

Semana terá retorno do sol e temperaturas em elevação no RS

Publicado

em

portal plural (1)
Foto: Divulgação
Nuvera15 topo humberto pluralbanner plano0 goldFAST AÇAÍAcademia Persona

Depois de um período de frio e muita instabilidade, os gaúchos devem ganhar um alívio nas condições do tempo a partir desta segunda-feira (15). A expectativa da meteorologia é de que a maior parte do Rio Grande do Sul tenha dias de sol entre nuvens e temperaturas em elevação, pelo menos até o meio da semana. A previsão da Climatempo indica que, nesta segunda, o sol deve reaparecer entre nuvens ao longo de todo o dia. Não há expectativa de chuva em praticamente todo o Estado. Apenas na faixa litorânea a expectativa é um pouco diferente: o tempo pode ficar instável com possibilidade de chuva a qualquer momento.

A massa de ar polar que estava  no Rio Grande do Sul nos dias anteriores começa a perder força, e as temperaturas passam a se elevar em algumas áreas. Na Serra, porém, o frio intenso ainda deve predominar. Na terça-feira, mantém-se a condição de tempo estável em praticamente todo o Estado, com o sol predominando entre nuvens.

A previsão é de que esse cenário permaneça inalterado na quarta-feira (17), com tempo firme e sem chuva no Rio Grande do Sul. Os termômetros devem continuar registrando marcas mais elevadas. Espera-se a formação de nevoeiros na faixa central, no Oeste e na Campanha.

Em Santa Rosa,  a máxima deve chegar a 26ºC na quinta e na sexta-feira,

Essa situação pode mudar apenas a partir da outra semana, mas ainda é um pouco cedo para dizermos como vai ficar o tempo para os gaúchos porque vai depender de como as frentes frias provenientes da Argentina vão se comportar — acrescenta Alves.

Fonte: GZH
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×