O que fazer se um morcego entrar em casa – Portal Plural
Connect with us

Está na rede

O que fazer se um morcego entrar em casa

Animal não ataca humanos, mas quando é agarrado pode tentar morder e acabar transmitindo doença; fezes infectadas também causam doença grave

Publicado

em

Soraya Ribeiro / Divulgação PMPA


A aparição de morcegos em áreas urbanas é normal nesta época do ano. Ainda assim, ter um desses animais dando rasantes dentro de casa não é uma cena agradável. Em bairros como o Centro Histórico, onde moradores relataram nesta semana a aparição de mamíferos voadores, a cena por vezes assusta.

Mas você sabe o que fazer se um morcego entrar em casa? GaúchaZH foi atrás de especialistas para esclarecer dúvidas a respeito da presença do bicho.
Cuidado com a histoplasmose

Antes de mexer em um morcego ou no ambiente em que ele costuma ficar, atenção: as fezes desses animais, bem como a de aves, podem ser ambientes férteis para o desenvolvimento de fungos transmissores de histoplasmose. A doença se manifesta como infecção aguda, podendo levar à morte.

De acordo com Diego R. Falci, médico infectologista do Hospital de Clínicas de Porto Alegre e do Hospital Moinhos de Vento, o fungo se desenvolve em ambientes fechados e úmidos, sem ventilação. Por isso, é preciso muito cuidado na limpeza de forros.

— O mais indicado é contratar uma empresa especializada para a limpeza desses locais, pois haverá o uso de equipamentos de proteção. Quem faz por conta pode se expor e acabar desenvolvendo a doença — salienta o médico.

Se o morcego apenas entrar em uma casa e largar fezes, as chances de desenvolvimento do fungo é bem pequena.
Mas o que fazer se um morcego entrar em casa?

De acordo com a bióloga da Secretaria de Meio Ambiente da Capital (Smams), Soraya Ribeiro, as aparições de morcegos são normais nesta época do ano, uma vez que os filhotes realizam as primeiras tentativas de voo. Fêmeas grávidas se instalam nos forros de casas por volta do mês de outubro e, no início de janeiro, os filhotes aprendem a voar.

Ao entrar numa casa, é provável que o morcego fique meio atordoado de primeira, voando entre os cômodos. No entanto, ele vai parar e ficar pendurado num canto em algum momento. Aí, tudo o que você precisa fazer é: abrir as janelas! Ele sairá sozinho.

Atenção: se isso ocorrer durante o dia, tenha paciência. É possível que o animal só se movimente quando o sol já estiver desaparecendo no horizonte, horário em que sai para se alimentar.

E se o morcego aparecer no chão, morto, deve-se ligar para a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), pois as equipes recolhem o animal para análise.
É permitido matar morcego?

Não! É proibido! O morcego é um animal silvestre protegido pela Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/1998). Animais silvestres são nativos e possuem uma função na natureza. Quem infringir a legislação pode sofrer detenção de seis meses a um ano, além de multa.

Você precisa saber que em fevereiro a maior parte dos morcegos urbanos começa a procurar abrigo fora da cidade. Quando isso ocorrer, é uma boa oportunidade para limpar ambientes e vedar frestas por onde eles possam entrar no próximo ciclo.
O que não fazer quando um morcego entrar em casa

Não é recomendado pegar o morcego com as mãos, pois ele provavelmente tentará se defender com mordidas, que podem transmitir raiva – mas não são todos os morcegos que estão infectados com o vírus. Quando doentes, esses animais podem ser vistos caídos no chão durante o dia, acontecimento raro, pois são noturnos.

Também não se deve cutucar, mexer ou provocar os aglomerados de morcegos, mais comum de se encontrar no final do ano. Se provocar a colônia, os bichos saem desorientados e acabam entrando na primeira janela que estiver aberta. Essa também é uma das principais causas de morcegos em imóveis.

Por fim, esses animais urbanos são inofensivos e não vão sugar o sangue de humanos. Então, calma!
Como pegar um morcego na mão?

O ideal é não tentar manusear o bicho, pois ele estará assustado e pode tentar se defender com mordidas. Mas se você estiver confiante o suficiente para tentar ajudá-lo, jogue levemente uma toalha por cima dele (se o morcego estiver no chão), tente fechar as asas delicadamente e solte-o na janela.
A prefeitura retira o animal da minha casa?

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smams) não faz a remoção de morcegos. As equipes trabalham apenas com resgates de fauna, em que a prioridade são animais machucados. No entanto, é possível ligar para o número (51) 3089-7517 para obter alguma orientação.
E se eu chamar uma dedetizadora?

O administrador operacional André dos Santos Beck, da empresa Zap Cupim, alerta que o manejo de uma infestação de morcegos não é nada simples. Primeiro, a empresa realiza uma avaliação para identificar a gravidade da infestação, pois as ocorrências vão desde um animal preso em uma caixa de ar condicionado até telhados cheios de morcegos. Dependendo do local, os valores podem variar entre R$ 150 a R$ 10 mil.

O procedimento é sempre o mesmo: retirar um por um dos animais, realizar limpeza de fezes e urina, fazer a higienização completa para pragas que parasitam o morcego, e depois aplicar um produto repelente a base de citronela — com duração estimada de um ano.

Por fim, deve-se fazer a instalação de uma barreira física para evitar que o animal volte. Em casos mais graves também são instalados holofotes, já que a luz forte espanta morcegos urbanos.

Gaúcha/ZH

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Está na rede

Vídeo emocionante: cachorro vai a velório de dono e emociona todos

Publicado

em



Um cachorro foi ao velório de seu dono, um idoso de 73 anos, e deixou todos emocionados ao não sair de perto do caixão. A decisão de levar o bichinho para o velório foi da família do idoso. O caso aconteceu em Parintins, no Estado do Amazonas.

Fonte: UOL

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Está na rede

Rock in Rio é adiado para setembro de 2022

Medida foi tomada em razão da pandemia

Publicado

em

© Alexandre Macieira/Riotur

Rock in Rio, um dos principais festivais de música do mundo, adiou sua próxima edição, marcada para setembro e outubro deste ano, para setembro de 2022. O adiamento foi provocado pela pandemia de covid-19.

O Rock in Rio mobiliza pessoas dentro e fora da Cidade do Rock. Recebemos turistas de absolutamente todos os estados, além do Distrito Federal, e também de mais de 70 países. São 28 mil pessoas trabalhando para levar festa e alegria para as 700 mil pessoas que nos visitam. Vamos preservar vidas neste momento. Em setembro de 2022, estaremos juntos de novo e prontos para o melhor Rock in Rio de todos os tempos, quando vamos celebrar a paz e a vida”, informou o presidente do Rock in Rio, Roberto Medina, em nota publicada no site do evento.

A próxima edição do festival será realizada nos dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro de 2022. Segundo os organizadores, as negociações com as atrações estão em andamento e algumas já devem ser anunciadas no primeiro semestre deste ano.

ebc

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Está na rede

Yudi Tamashiro revela que saía do ‘Bom Dia & Cia’ e ia para o prostíbulo aos 18 anos

Publicado

em

O ex-apresentador do SBT detalhou fase conturbada aos 18 anos (Foto: Reprodução/Instagram @yuditamashiro)

Yudi Tamashiro relembrou a época em que trabalhou no ‘Bom Dia & Cia’, no SBT. Ele foi apresentador do programa de 2005 a 2012. Em entrevista ao ‘Flow Podcast’, o artista falou sobre as responsabilidades que vieram com a fama precoce, como ser o provedor do sustento financeiro da família desde cedo.

“Foi uma vida cheia de glamour, cheia de coisas positivas. Só que com responsabilidades que não eram para uma criança. Sinto que algumas coisas foram importantes de viver, mas preciso trabalhar isso dentro de mim. É horrível quando você está sofrendo e as outras pessoas apontam que a sua vida é muito boa”, desabafa Yudi na gravação.

Ele detalhou a rotina conturbada aos 18 anos. “Comecei a extravasar na noite. Foi quando eu comecei a beber, comecei a sair de segunda a segunda para a balada e ir ‘virado’ apresentar o ‘Bom Dia & Cia'”, revela.

“Eu saía do ‘Bom Dia’ e emendava um p*teiro [prostíbulo]. Mas eu mais conversava com as garotas do que fazia [sexo] mesmo. Porque eu queria dividir coisas que eu não podia dividir com outras pessoas. Conversando, eu ficava muito louco e emendava uma balada. Se não arrumasse uma menina na balada, emendava para uma casa de swing. Na casa de swing, arrumava umas meninas e levava para a minha casa. Ou então já ia virado para o ‘Bom Dia & Cia'”, completa.

Yudi diz que parou para refletir sobre a vida quando saiu do estúdio para vomitar durante um programa ao vivo. Após o episódio, ele pediu demissão da emissora de Silvio Santos. “Você está com 18 anos, você tem pique para ficar três dias virado. Fui nessa rotina e cheguei em um momento em que pensei: ‘Não. O Cássio [seu nome verdadeiro] da infância tinha um sonho de viver da arte, ter voz para influenciar outras pessoas de uma forma positiva. Para tirar a molecada de onde eu vim'”, explica.

“Vomitei a minha vida toda na privada. Foi o primeiro momento que eu senti medo, porque, até o momento, eu não sentia medo de nada. Meus pais falavam as coisas para mim e falava: ‘Eu que pago as contas, eu conquistei todas as coisas através do meu trabalho.’ Naquele momento vi que não dava mais”, finaliza.

Yahoo

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Powered by WhatsApp Chat

×