O primeiro videogame da história: 50 anos de uma revolução
Connect with us

Curiosidades

O primeiro videogame da história: 50 anos de uma revolução

Publicado

em

portal plural game

topo humbeto pluralAcademia PersonaNuveraFAST AÇAÍ

“Aqui está uma ideia nova dos Estados Unidos que transforma sua televisão em um jogo que duas pessoas podem jogar”, anunciou o simpático apresentador Raymond Baxter (1922-2006).

Ele mostrou ao público britânico o primeiro vislumbre de um aparelho que daria início a uma indústria multibilionária.

Em um episódio do programa da BBC Tomorrow’s World (“Mundo do amanhã”, em tradução livre), transmitido 50 anos atrás, Baxter demonstrou o funcionamento do primeiro console de videogame doméstico do mundo – o Magnavox Odyssey.

A invenção era o sonho de criança do engenheiro alemão naturalizado americano Ralph Baer (1922-2014). Ele estudava a ideia de jogos interativos na televisão desde os anos 1960.

Com o auxílio de uma pequena equipe, Baer desenvolveu diversos protótipos de consoles, até apresentar o Odyssey, pegando desprevenido o público americano em 1972, um ano antes do programa da BBC.

O console consistia em uma caixa alongada que podia ser conectada a um aparelho de TV. Ao console, eram ligados dois controladores retangulares com botões, que os jogadores giravam para controlar o jogo.

Pelos padrões atuais dos games, o Odyssey era muito básico. Ele não tinha sons, era alimentado com pilhas e não registrava o placar do jogo – os próprios jogadores precisavam contar os pontos que marcavam.

De volta para o futuro

Os gráficos também eram primitivos. O Odyssey só conseguia produzir uma seleção de linhas e quadrados brancos sobre um fundo preto.

Para contornar o problema, a empresa desenvolveu uma série de sobretelas de plástico que podiam ser fixadas na frente da tela da TV por eletricidade estática, criando os visuais coloridos do jogo.

O fabricante também criou uma pistola de luz. O apresentador de Tomorrow’s World pode ser visto brandindo a arma de forma levemente ameaçadora para sua oponente durante o programa. A pistola era apontada contra pontos em movimento sobre a tela, em um jogo chamado Shooting Gallery.

Tudo isso pode parecer rudimentar nos dias de hoje, mas a tecnologia – e a ideia de levar jogos de vídeo diretamente para a casa das pessoas – foi inovadora.

Seu projeto simplista e seus gráficos mínimos acabaram sendo seu ponto forte. Como era fácil de entender e jogar, quase todos podiam usar o aparelho. O público ficou fascinado com a novidade de poder controlar um jogo no seu próprio aparelho de TV.

O apresentador da BBC Raymond joga tênis no primeiro console de videogame doméstico da história. “Wimbledon, aqui vamos nós.”

O Odyssey fez com que Ralph Baer se tornasse pioneiro no conceito de videogames domésticos. Ele preparou o terreno para o fenômeno cultural que explodiria anos depois, moldando a trajetória de toda uma nova indústria.

O jogo de tênis que Raymond Baxter jogou durante o programa da BBC em 1973 inspirou o jogo de fliperama Pong, da Atari, que fez imenso sucesso em 1972.

Pong imitava a técnica de jogo do tênis de Ralph Baer. Tanto é verdade que a Magnavox processou a Atari e outras companhias importantes de jogos de fliperama pelo projeto e programação dos seus jogos.

Os controles físicos do Odyssey criaram a ideia dos joysticks, enquanto as sobretelas da TV podem ser consideradas o primórdio do conceito de realidade aumentada que passaria a ser predominante em jogos como Pokémon Go.

A influência dos jogos do Odyssey persiste até hoje. Ecos dos seus jogos esportivos, como o futebol, podem ser observados em jogos como Fifa 23. E a ideia do atirador em primeira pessoa, Shooting Gallery, sobrevive em jogos atuais, como Call of Duty.

Mas, mesmo com todas as inovações, o Magnavox Odyssey seria rapidamente superado, devido à alta velocidade do mercado criado por ele próprio.

Poucos anos depois, a Atari deixou o setor de fliperama para entrar no mercado de consoles. Ela logo superou as vendas da Magnavox, seguida pela gigante dos videogames, a Nintendo.

O Odyssey pode parecer a pré-história dos modernos consoles de hoje em dia. Mas as ideias por trás do pioneiro dos videogames domésticos despertaram a imaginação de outros criadores, alimentando o crescimento de uma indústria global que, hoje, tem valor estimado de US$ 384,9 bilhões (cerca de R$ 1,9 trilhão).

Fonte: BBC

Compartilhe

Curiosidades

Hospital comemora 7 pares de recém-nascidos

Publicado

em

portal plural hospital comemora 7 pares de recém nascidos
Foto: Divulgação
FAST AÇAÍAcademia PersonaNuveratopo humbeto plural

Um hospital em Ohio, nos Estados Unidos, está celebrando um evento especial! Na Cleveland Clinic Children’s, ocorreu o nascimento de sete pares de gêmeos simultaneamente, um acontecimento emocionante e bastante incomum.

“Estamos sentindo o dobro do amor ao cuidar de 7 conjuntos de gêmeos recém-nascidos!”, compartilhou o hospital em sua página do Instagram. Entre os pais felizardos estão casais que já têm filhos e outros que estão experimentando a paternidade pela primeira vez.

Scott e Katie Krusinski deram as boas-vindas a Finnegan e Theodore, enquanto Jason e Kara Samblanet estão radiantes com a chegada de Reid e Elliot, que agora fazem parte de sua família.

Fonte: Notícias ao minuto

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Ciência

Réptil que viveu antes dos dinossauros é descoberto no Brasil

Publicado

em

portal plural réptil que viveu antes dos dinossauros é descoberto no brasil
Foto: Rodrigo Temp Müller
Academia Personatopo humbeto pluralNuveraFAST AÇAÍ

Um fóssil de um réptil que viveu antes dos dinossauros foi encontrado no Sul do Brasil. A descoberta foi detalhada no periódico científico “Scientific Reports” nesta quinta-feira (20).

De acordo com Rodrigo Temp Müller, paleontólogo da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e autor do estudo, a descoberta representa uma nova espécie do grupo Gracilisuchidae, que ainda não havia sido registrado no Brasil.

“Até agora, conhecíamos apenas três espécies desse grupo: duas na China e uma na Argentin/a.”diz o paleontólogo. Antes do surgimento dos dinossauros, os ecossistemas eram dominados por precursores dos mamíferos e répteis de diversas linhagens. Os gracilissuquideos viveram entre 247 e 237 milhões de anos atrás, durante o Período Triássico. Já os dinossauros mais antigos conhecidos datam de aproximadamente 230 milhões de anos.

O novo fóssil foi batizado de Parvosuchus aurelioi. O nome “Parvosuchus” significa “Crocodilo pequeno”, pois o animal teria atingido apenas 1 metro de comprimento, enquanto “aurelioi” homenageia Pedro Lucas Porcela Aurélio, que descobriu os materiais fósseis.

Müller relata que o fóssil estava entre os materiais doados. Inicialmente, ele identificou vértebras da coluna do animal. Após algumas horas de trabalho, partes da cintura pélvica foram reveladas. O momento mais emocionante, segundo ele, foi quando a região da órbita do animal foi descoberta.

Fonte: G1

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Curiosidades

Sete alimentos processados que contribuem para o envelhecimento precoce da pele

Publicado

em

portal plural sete alimentos processados que contribuem para o envelhecimento precoce da pele
Foto: Divulgação
NuveraFAST AÇAÍtopo humbeto pluralAcademia Persona

Sempre que se trata dos inimigos da sua pele, nem sempre eles estão nas prateleiras de cosméticos. Às vezes, eles se escondem na sua despensa, disfarçados de alimentos deliciosos. O site SheFinds entrevistou as dermatologistas Elaine F. Kung e Enrizza P. Factor, além da especialista em cuidados de pele Adrienne O’Connell, para descobrir quais alimentos evitar. Aqui estão suas sugestões:
  1. Manteiga e margarina: Margarina pode parecer inofensiva, mas seus óleos hidrogenados, ricos em gorduras trans, são um pesadelo para a pele. Eles entopem os poros, causam acne e contribuem para a perda de elasticidade.
  2. Batatas fritas: Excesso de sal? Isso afeta sua pele também! O sal presente nas batatas fritas desidrata as células, deixando a pele seca, sem brilho e com rugas mais visíveis.
  3. Pão branco: Carboidratos refinados, como os encontrados no pão branco, são digeridos rapidamente, elevando os níveis de açúcar no sangue. Isso desencadeia uma reação que danifica o colágeno e a elastina, essenciais para a firmeza e elasticidade da pele.
  4. Cereais açucarados: Açúcar refinado em excesso? Sua pele sofre as consequências! Ele danifica o colágeno e a elastina, acelerando o envelhecimento e deixando a pele flácida e sem viço.
  5. Frituras: Sal, óleo e altas temperaturas são uma combinação prejudicial para a saúde da pele. O sal desidrata, o óleo obstrui os poros e as altas temperaturas danificam o colágeno.
  6. Doces: Carboidratos refinados, novamente. Doces aumentam o açúcar no sangue, causam danos ao colágeno e elastina, resultando em envelhecimento precoce da pele.
  7. Enlatados salgados: Sal, conservantes e sódio em excesso são uma bomba para a hidratação da sua pele! O consumo de enlatados salgados desidrata o corpo, incluindo a pele, deixando-a seca, sem viço e propensa a rugas.

Mas há esperança!

Embora esses alimentos sejam tentadores, é importante consumi-los com moderação e buscar alternativas mais saudáveis. Priorize frutas, legumes, grãos integrais, proteínas magras e beba bastante água para manter a pele hidratada, firme e radiante por muito mais tempo!

Fonte: Notícias ao minuto
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×