O crescimento exponencial da energia solar vai mudar o mundo?
Connect with us

Geral

O crescimento exponencial da energia solar vai mudar o mundo?

Publicado

em

portal plural o crescimento exponencial da energia solar vai mudar o mundo
Foto: Panda Green Energy/Divulgação

banner plano0 goldFAST AÇAÍAcademia PersonaNuvera15 topo humberto plural

Há sete décadas, os Laboratórios Bell da AT&T revelaram uma tecnologia revolucionária para converter luz solar em energia, inicialmente pensada para substituir baterias em locais remotos. Esse avanço científico não só prometia um futuro brilhante, mas também foi celebrado em um evento à imprensa, onde a luz do sol alimentou uma roda gigante de brinquedo.

Hoje, a energia solar deixou de ser uma curiosidade. Os painéis solares agora ocupam uma área equivalente a metade do País de Gales e este ano contribuirão com aproximadamente 6% da eletricidade mundial – quase três vezes mais do que os Estados Unidos consumiam em 1954. Contudo, este crescimento notável é apenas a segunda característica mais impressionante da ascensão da energia solar. O que realmente se destaca é que estamos longe de ver seu fim.

Chamar o crescimento da energia solar de exponencial não é exagero, mas um fato constatado. A capacidade instalada de energia solar dobra aproximadamente a cada três anos, o que significa um aumento de dez vezes a cada década. Esse tipo de crescimento sustentado é raro em qualquer área de importância, dificultando a compreensão do que está realmente acontecendo.

Apenas uma década atrás, quando a energia solar era um décimo do tamanho atual, ainda era vista como periférica, mesmo por especialistas que reconheciam sua rápida expansão. O próximo aumento de dez vezes será como multiplicar por oito a frota mundial de reatores nucleares, um avanço mais rápido do que o tempo normalmente necessário para construir um único deles.

É possível que as células solares se tornem a maior fonte de eletricidade do planeta até meados da década de 2030. Na década de 2040, podem liderar não só a geração de eletricidade, mas de toda a energia. Seguindo as tendências atuais, o custo total da eletricidade que produzem promete ser menos da metade do preço da eletricidade mais barata disponível hoje.

Embora não resolva completamente as mudanças climáticas, a energia solar pode desacelerá-las significativamente. Regiões como a África, onde 600 milhões de pessoas ainda vivem sem eletricidade, começarão a experimentar uma abundância energética que pode ser verdadeiramente transformadora.

Para entender que isso não é um sonho verde, basta considerar a dinâmica da economia solar. Conforme a produção de um bem manufacturado aumenta, os custos diminuem. À medida que os custos caem, a demanda aumenta. Com o aumento da demanda, a produção cresce e os custos caem ainda mais.

Este ciclo não pode durar para sempre, pois a produção, a demanda ou ambos acabam se tornando limitados. Nas transições energéticas anteriores – da madeira para o carvão, do carvão para o petróleo, do petróleo para o gás – a eficiência da extração aumentava, mas era compensada pelo custo crescente de encontrar combustíveis.

A energia solar, no entanto, enfrenta poucas restrições desse tipo. Os recursos necessários para produzir células solares e instalar parques solares – areia rica em silício, locais ensolarados e criatividade humana – são abundantes. Embora a produção de células solares consuma energia, a própria energia solar está se tornando rapidamente abundante. E quanto à demanda, ela é imensa e elástica: se tornarmos a eletricidade mais barata, as pessoas encontrarão novos usos para ela. Como resultado, ao contrário das fontes de energia anteriores, a energia solar está se tornando cada vez mais barata e seu preço continuará a cair.

Claro, existem outras limitações. A energia solar precisa ser complementada com armazenamento e outras tecnologias devido à natureza intermitente da luz solar. Setores como a indústria pesada, aviação e transporte de cargas ainda apresentam desafios significativos para a eletrificação. Felizmente, muitos desses obstáculos podem ser superados à medida que as baterias e os combustíveis derivados da eletrólise se tornam mais baratos.

Outra preocupação é a dependência da China na produção global de painéis solares e silício purificado. A indústria solar chinesa, altamente competitiva e fortemente subsidiada, está superando a demanda atual, o que é notável dada a enorme capacidade solar instalada dentro do país. No longo prazo, essa concentração em um único país traz preocupações geopolíticas, especialmente para os EUA, que impuseram tarifas sobre equipamentos solares chineses.

Apesar das incertezas, um mundo onde a energia é cada vez mais gerada sem depender de petróleo e gás de regiões instáveis ou hostis parece mais seguro. Embora a energia solar não seja manipulável como o petróleo pela OPEP, a concentração de uma indústria vital em um país potencialmente hostil é motivo de preocupação.

Para maximizar os benefícios da energia solar, é crucial acelerar seu ciclo virtuoso de produção. Isso não apenas proporciona energia mais barata, mas também impulsiona a produtividade e viabiliza novas possibilidades em uma ampla gama de aplicações.

Em suma, à medida que o Sol alcança seu ponto mais alto no hemisfério norte neste solstício de verão, podemos vislumbrar um futuro onde a energia solar não apenas ilumina, mas revigora comunidades inteiras, permitindo um acesso mais amplo e transformador à eletricidade em todo o mundo.

Fonte: Estadão

Compartilhe

Geral

Funcionário de padaria receberá indenização por apelido constrangedor

Publicado

em

portal plural funcionário de padaria receberá indenização por apelido constrangedor

Nuvera15 topo humberto pluralAcademia PersonaFAST AÇAÍbanner plano0 gold

Em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, um funcionário de uma padaria receberá R$ 5 mil de indenização por danos morais após ser apelidado de “tetinha” pelos colegas, incluindo superiores e diretores. O apelido, que fazia referência às características físicas do trabalhador, causava-lhe constrangimento.

A decisão favorável ao funcionário foi proferida pela 11ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), que considerou o apelido ofensivo e humilhante. Apesar da empresa alegar que o próprio funcionário já era conhecido pelo apelido antes de ser contratado, a Justiça do Trabalho entendeu que isso não justificava a sua utilização no ambiente de trabalho.

O caso serve como alerta para a importância de combater o assédio moral e garantir um ambiente de trabalho respeitoso para todos os funcionários.

Com informações do G1.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Venezuela ordena fechamento de fronteiras a partir de sexta-feira

Publicado

em

portal plural venezuela ordena fechamento de fronteiras a partir de sexta feira

banner plano0 gold15 topo humberto pluralAcademia PersonaNuveraFAST AÇAÍ

O governo do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que as fronteiras do país serão fechadas a partir da meia-noite de 26 de julho, por ocasião das eleições do dia 28. A decisão foi anunciada pelos ministérios da Defesa e do Interior, que também estabeleceram a suspensão do porte de armas e a proibição de bebidas alcoólicas a partir da mesma data até 23h59 de 29 de julho.

Ainda serão vetados a comercialização, distribuição e uso de objetos pirotécnicos, a circulação de cargas pesadas e a realização de manifestações públicas, restrições que são de praxe em processos eleitorais.

O governo Maduro também determinou o aquartelamento dos funcionários policiais em todo o país, que ficarão à disposição do Comando Estratégico Operacional da Força Armada Nacional Bolivariana.

No poder desde 2013, Maduro é acusado pela oposição de instaurar um regime autoritário na Venezuela, palco de uma longa crise que já espalhou milhões de refugiados pelo mundo, sobretudo na América Latina.

Seu principal adversário é o diplomata Edmundo González, apoiado por María Corina Machado, impedida de disputar as eleições.

Fonte: Terra

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Salários de até R$ 75 mil: saiba como encontrar empregos no Brasil pagos em dólar

Publicado

em

portal plural salários de até r$ 75 mil saiba como encontrar empregos no brasil pagos em dólar
Foto: Coetzee/People Images/Adobe Stock
FAST AÇAÍbanner plano0 gold15 topo humberto pluralNuveraAcademia Persona

Trabalhar para empresas estrangeiras e receber em dólar enquanto reside no Brasil é uma possibilidade atraente para muitos profissionais. De acordo com o Relatório Global de Contratações Internacionais da Deel, obtido com exclusividade pelo Estadão, o salário anual médio de um engenheiro de software brasileiro contratado remotamente por uma empresa internacional pode superar US$ 165 mil (cerca de R$ 914 mil). Isso equivale a aproximadamente US$ 13,8 mil por mês, ou R$ 75 mil mensais.

Para conquistar essas oportunidades, é crucial ter habilidades como autogerenciamento, responsabilidade em ambientes flexíveis, excelente comunicação em inglês e adaptabilidade.

Além da engenharia de software, áreas como ensino, vendas e criação de conteúdo têm apresentado os maiores aumentos salariais. Em contrapartida, setores como suporte ao cliente, recrutamento, contabilidade, assistência e marketing foram os que enfrentaram as maiores quedas salariais.

O estudo, que analisou dados entre junho de 2023 e maio deste ano, foi baseado em um levantamento interno da Deel, que cobre 300 mil contratos e mais de 20 mil clientes em 160 países. Segundo o relatório, a contratação de profissionais brasileiros por empresas internacionais cresceu 46% em 2023, tornando o Brasil o quinto país com o maior número de trabalhadores em empresas estrangeiras, atrás apenas das Filipinas, Estados Unidos, Colômbia e Argentina.

Cristiano Soares, country manager da Deel no Brasil, observa que o aumento das vagas remotas no exterior foi uma tendência acelerada pela pandemia. Outras razões para a busca por esse tipo de trabalho incluem:

  • Reconhecimento Profissional: Brasileiros são valorizados pela excelente formação acadêmica, especialmente em tecnologia.
  • Remuneração em Dólar: A valorização da moeda estrangeira torna as ofertas mais atraentes.
  • Aumento da Demanda: A procura global por talentos em tecnologia e outras áreas com mão-de-obra escassa está em alta.
  • Flexibilidade: Empresas estrangeiras frequentemente oferecem maior flexibilidade em horários de trabalho e menos microgerenciamento.

Para trabalhar remotamente, é essencial ter maturidade profissional. “Você precisa entender que não haverá uma gestão próxima; você será responsável pelos seus resultados”, destaca Soares.

Os Estados Unidos, Reino Unido, Suécia e Canadá estão entre os países mais interessados em talentos brasileiros, conforme o estudo. Negócios na Alemanha e no Chile também se destacaram na contratação de brasileiros no último ano.

Experiências de Brasileiros Trabalhando Remotamente para o Exterior

Cid Damasceno, 26, estudante de ciência da computação, trabalha como Account Department Global Manager na Kommo/QSOFT, uma empresa russa com sede em San Francisco. Ele relata que não pretende voltar ao mercado brasileiro, pois se sente mais confortável na cultura organizacional da empresa atual, que oferece mais transparência e menos microgerenciamento. Damasceno afirma que seu salário atual é quatro vezes maior do que o que recebia em Fortaleza (CE).

João Victor de Alencar, 26, desenvolvedor de jogos na Blue Gravity Studios, de Londres, também se adaptou rapidamente ao trabalho remoto. No entanto, ele observa que alguns brasileiros enfrentam dificuldades devido à alta cobrança inicial e à necessidade de comunicação constante. Alencar alerta que muitos brasileiros em cargos juniores têm problemas em informar à chefia quando enfrentam dificuldades.

Dicas para Aumentar suas Chances de Conquistar uma Vaga

  1. LinkedIn: Utilize filtros para procurar oportunidades em empresas estrangeiras e configure seu perfil no idioma desejado para aumentar a visibilidade. Milton Beck, Diretor Geral do LinkedIn para a América Latina e África, sugere que a configuração no idioma local pode ajudar na visibilidade para recrutadores internacionais.
  2. Conectar-se com Profissionais da Área: Aumente sua rede de contatos conectando-se com profissionais que já trabalham remotamente para empresas estrangeiras. Isso pode fornecer insights valiosos e ajudar na obtenção de oportunidades por meio de indicações.
  3. Habilidades e Adaptabilidade: Além do domínio do inglês, é essencial ter maturidade profissional, responsabilidade e capacidade de adaptação a diferentes culturas corporativas.

Onde Encontrar Oportunidades

Além do LinkedIn, várias plataformas oferecem vagas remotas:

  • Himalayas: Focado em empresas de tecnologia que operam remotamente. O país com a maior média salarial é Porto Rico, com US$ 163 mil anuais (R$ 903 mil).
  • Remote Ok: Um mural de anúncios de empregos que inclui oportunidades em tecnologia, design, marketing e atendimento ao cliente. Empresas como Tripadvisor, Stone e Nubank costumam oferecer vagas aqui.
  • Deel: Oferece 23 vagas abertas para trabalho remoto em diversas áreas, como engenharia, finanças, operações, design e vendas. Interessados podem acessar as oportunidades no site da Deel e filtrar por região.

Fonte: Jornal o Sul

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×