Nutricionistas avaliam lei que inclui erva-mate na merenda escolar – Portal Plural
Connect with us

Geral

Nutricionistas avaliam lei que inclui erva-mate na merenda escolar

Publicado

em



 

Indispensável na vida de muitos gaúchos, a erva-mate do chimarrão virou item da merenda escolar da rede pública estadual. Sancionada na última quarta-feira (2), a lei 68/2018 inclui o produto e seus derivados no cardápio dos alunos.

Na justificativa apresentada pelo deputado Gilberto Capoani (MDB), autor do texto, é destacado que a erva contém cafeína em quantidades importantes, além de antioxidantes, potássio, aminoácido e vitaminas, o que contribuiria para diversos aspectos da saúde. A sugestão é utilizá-la em preparações como pães, bolos e massas, por exemplo.

Pesquisadora dos efeitos da erva-mate sob alguns aspectos da saúde humana, a nutricionista Alessandra Pizzato, professora de Nutrição da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), confirma que o produto traz benefícios.

— Pesquisas experimentais demonstram que consumo da erva-mate como suplemento ou como infusão possuem efeitos como redução de peso corporal, redução de colesterol, atividade antioxidante e promoção da regeneração óssea.

Já o extrato da erva, acrescenta a docente, contém vitaminas A, C, E, do complexo B e alguns minerais, como potássio, magnésio, cálcio, manganês, ferro, selênio, fósforo e zinco. Contudo, ela destaca que é preciso mais pesquisas na área para determinar as vantagens da erva-mate in natura nas preparações sugeridas pela lei, a fim de avaliar aspectos relacionados ao aproveitamento dos nutrientes para diferentes funções do corpo.

— Acredito que seja importante ficar a reflexão: por que incluir essa lei na merenda escolar? Qual a quantidade que será incluída nas preparações? Creio que tenham inúmeros outros alimentos regionais que poderiam ser explorados na alimentação do escolar, como o butiá, por exemplo, que é uma fruta nativa — finaliza.

Conselho repudia lei

A nutricionista Ana Luiza Scarparo, conselheira diretora do Conselho Regional de Nutricionistas da 2ª Região (CRN-2), lembra que antes de alimentos feitos à base da folha entrarem na merenda, eles precisam passar por um teste de aceitabilidade.

— Alimentação é um direito dos alunos, portanto, não se pode incluir algo que terá baixa adesão. Quando pensamos no cardápio, pensamos na coletividade. Fora que nosso hábito é tomar chimarrão, não consumir produtos feitos com erva-mate — pondera.

Na quinta-feira (3), o CRN-2, junto com a Associação Gaúcha de Nutrição (Agan), divulgou uma nota de repúdio à sanção das leis que incluem a erva-mate e o doce de leite na alimentação escolar

“O Conselho Regional de Nutricionistas 2ª Região (CRN-2), representando os mais de 10 mil nutricionistas do Rio Grande do Sul e no seu papel na defesa da saúde da população, juntamente com a Associação Gaúcha de Nutrição (Agan), vem por meio desta nota repudiar a sanção dos Projetos de Lei que incluem a erva mate e o doce de leite na alimentação escolar, pelo Exmo. Governador do Estado do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, contrariando os argumentos técnicos apresentados pela categoria”.

Gaúcha/ZH

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

O drama das crianças brasileiras deportadas ao Haiti que o Brasil quer repatriar

Publicado

em



84 crianças brasileiras foram enviadas para o Haiti pelos EUA; governo brasileiro quer trazê-las ao Brasil em dez dias. No México, há outras 1,7 mil crianças haitiano-brasileiras que podem cruzar a fronteira com os EUA a qualquer momento.

 

As certidões de nascimento de Carlos* e Laura*, de três e um ano de idade, indicam Rondonópolis, no Estado de Mato Grosso, como a cidade em que ambos vieram ao mundo. Apesar disso, há poucas semanas, as duas crianças brasileiras foram deportadas pelo governo dos Estados Unidos para o Haiti, país de origem de seus pais, que moraram por mais de cinco anos no Brasil.
A deportação foi o ponto final de uma viagem de migração que incluiu passagens por mais de uma dezena de países, feitas de ônibus e a pé, em meio à fome e à violência.
“Na Colômbia, o homem me apontou a pistola, mas eu falei que a gente não tinha dinheiro, a gente não tem nada, e ele liberou a gente pra seguir”, relata Patrick*, o pai de Carlos e Laura, sobre a passagem pelo perigoso estreito de Darien, trajeto de 100 quilômetros em mata amazônica até o Panamá, que eles levaram 14 dias para percorrer.
Depois de atravessar o Panamá, a Costa Rica, a Nicarágua, Honduras e Guatemala, a família até tentou se estabelecer no México.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Delegado da 3ª DPR faz reunião virtual com colegas do sistema penal de Missiones-Argentina

Publicado

em



Foi realizado uma conferência virtual de integração entre servidores do sistema prisional gaúcho e do sistema penal argentino. Na ocasião, o delegado penitenciário da 3ª Região, Ederson Dornelles, e o administrador do Presídio Estadual de Santa Rosa, Rubesmar Goebel, trocaram informações com o Chefe do Serviço Penitenciário de Missiones, General Manuel Dutto, e com o chefe do departamento de Inteligência e informação, Major José Caceres.

Um dos objetivos da reunião foi proporcionar aos participantes trocas de informações relativas aos sistemas penais de ambos os países, evoluir na integração entre os entes de segurança, assim como partilhar conhecimentos na área da segurança e do sistema penal.

Segundo o delegado Ederson Dornelles, a conversa foi muito produtiva, pois, segundo ele “é fundamental a integração e a troca de conhecimentos entre os dois países. Essas reuniões aproximam os referidos gestores e os capacitam mutuamente segundo suas experiências”.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Prefeitura de Giruá dá prosseguimento em concurso público

Publicado

em



O prefeito Ruben Weimer de Giruá – RS e a Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências – FUNDATEC, informam que o prosseguimento do concurso público, que anteriormente fez-se necessário sua suspensão temporária, por conta da pandemia do novo coronavírus. No último dia 13 foi publicado o Edital Nº 01/2021 que dá prosseguimento ao concurso que terá sua prova no dia 16 de janeiro de 2022.

Considerando a possibilidade de prosseguir com as atividades suspensas temporariamente, conforme Edital Nº 08/2020 – Retificação do Edital de Abertura e Prorrogação das Inscrições, em decorrência do novo coronavírus (COVID-19), observando os cuidados de distanciamento social e higienização conforme orientações vigentes da vigilância sanitária, determina-se o prosseguimento deste Concurso Público agendando a aplicação das Provas Teórico-Objetivas para os candidatos com inscrições homologadas, conforme Edital N° 14/2020, publicado dia 08/05/2020 no site da FUNDATEC, seguindo cronograma especificado que pode ser conferido através do link: https://concursos-publicacoes.s3.amazonaws.com/…/564

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×