Número de pacientes com hepatite cai 7% em 10 anos no Brasil – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Número de pacientes com hepatite cai 7% em 10 anos no Brasil

Publicado

em



 

O número de pacientes notificados com casos de hepatites virais no Brasil caiu 7% entre 2008 e 2018, de acordo com o Boletim Epidemiológico de Hepatites Virais 2019 divulgado hoje (22) pelo Ministério da Saúde. Em 2008, foram registrados 45.410 casos. Dez anos depois, o número passou para 42.383 casos.

O levantamento aponta ainda queda de 9% no total de mortes causadas pela doença no país, saindo de 2.362 óbitos em 2007 para 2.156 em 2017.

A hepatite é a inflamação do fígado. Ela pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas.

De acordo com o Ministério da Saúde, são doenças silenciosas que nem sempre apresentam sintomas, mas quando estes aparecem, podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Existem, ainda, os vírus D e E, esse último mais frequente na África e na Ásia.

Tipo de hepatite

De 2000 a 2017, foram identificados no Brasil, segundo o boletim, 70.671 óbitos por causas básicas e associadas às hepatites virais dos tipos A, B, C e D. Desses, 1,6% foi associado à hepatite viral A; 21,3% à hepatite B; 76% à hepatite C e 1,1% à hepatite D.

O boletim mostra que o tipo C da doença, além de ser o mais letal, é o mais prevalente. Ao todo, 26.167 casos foram notificados em 2018.

A doença é transmitida por sangue contaminado, sexo desprotegido e compartilhamento de objetos cortantes.

O maior número de pessoas com hepatite C se concentra em pessoas acima dos 40 anos. A hepatite C nem sempre apresenta sintomas.

Por isso, o Ministério da Saúde estima que, atualmente, mais de 500 mil pessoas convivam com o vírus C da hepatite e ainda não sabem.

Foram notificados ainda 2.149 casos de hepatite A no Brasil. A transmissão mais comum desse tipo da doença é pela água e alimentos contaminados. O tratamento geralmente evolui para cura.

Também foram registrados 13.992 casos de hepatite B, que pode ser transmitida pelo contato com sangue contaminado, sexo desprotegido, compartilhamento de objetos cortantes e de uso pessoal e pode também ser transmitida de mãe para filho.

Já a hepatite D foi registrada em 145 pacientes. A infecção ocorre quando a pessoa já contraiu o vírus tipo B.

Os sintomas da hepatite D são silenciosos e a doença é combatida por meio da vacina contra a hepatite B que também protege contra a D.

Combate

Nas vésperas do Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais, dia 28 de julho, o Ministério da Saúde alerta para a importância do diagnóstico e tratamento da doença.

“Estamos garantindo prevenção, por meio de vacinas, e diagnóstico, com oferta de testes, além de tratamento medicamentoso. É muito importante que as pessoas acima de 40 anos procurem a unidade de saúde mais próxima para realizar testagem e se imunizar contra a hepatite B e que os pais vacinem as crianças contra hepatite A. Assim, conseguiremos tratar ainda mais pessoas e eliminar a sombra da hepatite do Brasil”, diz, em nota, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Em 2018, o Ministério da Saúde distribuiu 25 milhões de testes de hepatite B e C. Para 2019, com o fortalecimento das ações de diagnóstico e ampliação do tratamento, a expectativa é que esse número seja superado.

Além dos testes, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece vacina contra a hepatite A para menores de 5 anos e grupos de risco. Disponibiliza também vacina contra a hepatite B para todas as faixas etárias. Esta vacina também protege contra a hepatite D.

Eliminação da hepatite C

O Brasil tem como meta eliminar a hepatite C até 2030. Para isso, nos últimos três anos, foram disponibilizados pelo SUS 100 mil tratamentos para hepatite C.

Neste ano, foram entregues 24 mil tratamentos para a doença. Até o início de agosto, de acordo com o Ministério da Saúde, serão entregues outros 5 mil tratamentos.

Em 2019, o Ministério da Saúde adquiriu 42.947 tratamentos sofosbuvir/ledipasvir e sofosbuvir/velpatasvir. Outros 7 mil tratamentos estão em processo de aquisição.

De acordo com a pasta, todas as pessoas diagnosticadas com hepatite C têm a garantia de acesso ao tratamento, independente do dano no fígado, assegurando universalização do acesso previsto desde março de 2018. Essa ação, segundo o ministério, coloca o Brasil como protagonista mundial no combate a hepatite C.

Fonte Agência Brasil

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Destaque

Curso para motoristas no SEST/SENAT Santa Rosa

Publicado

em



👉 O SEST/SENAT Santa Rosa, está com vagas abertas e GRATUITAS para inscrições no projeto Escola de Motoristas Profissionais para toda comunidade.
🚌O projeto tem por objetivo formar motoristas profissionais para o Transporte de cargas e conta com aulas teóricas, práticas e de simulador de direção.
💡é totalmente gratuito.
Porém as vagas são limitadas!!! Corra até a unidade do SEST SENAT Santa Rosa e garanta a sua. 🏃‍♂️🏃‍♀️

✅O Projeto tem Carga horaria de 107 horas/aula;
✅ Totalmente Certificado;
✅ Inclui curso especializado reconhecido pelo CONTRAN (MOPP)
Também terá o NR 20 Intermediário- Classe III
✅ Tem a marca SEST SENAT de qualidade;
✅ Ministrado por corpo docente gabaritado.
Requisitos:
Ter no mínimo categoria C, D ou E;

☎️Mais informações pelo telefone (55) 2013-8080 – whats ((61) 2017-0073

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Programa Arborização + Segura garante plantio de 300 árvores

Publicado

em



A RGE está implementando o projeto de embelezamento seguro, de ruas e avenidas, em Santa Rosa. Através do Programa Arborização + Segura, realizado em parceria com a prefeitura de Santa Rosa, ocorre o plantio de 300 mudas adequadas ao ambiente urbano. Medida acontece de forma que não afetem a rede elétrica ou coloquem em risco a população, além da substituição gradativa de árvores, visando a segurança dos cidadãos, das instalações e o reordenamento da arborização urbana. A RGE ampliou os investimentos para 2022 do Programa Arborização + Segura, para R$ 2,2 milhões.

No município de Santa Rosa serão implementadas as espécies Ipê Branco, Ipê Amarelo, Ipê Roxo, Escova de Garrafa e Cerejeira do Japão, de forma com que as espécies estejam em harmonia com a infraestrutura do local. Os locais contemplados incluem a Avenida Bráulio de Oliveira, América e Borges de Medeiros.

A RGE disponibiliza as espécies adequadas as e equipes técnicas do poder público municipal direcionam o planejamento e implementação dos novos exemplares. Em áreas afastadas da rede de energia elétrica são criados espaços amplos de recomposição florestal com espécies de grande porte. Atenção especial é dispensada na escolha de espécies implantadas sob a rede de energia elétrica, priorizando espécies de menor porte.

A distribuidora identifica espécies arbóreas que se enquadram no perfil crítico para risco de interferência e em desacordo com as infraestruturas urbanas, em cada município, e apenas são substituídos os exemplares autorizados pelo poder público municipal. As equipes da RGE realizam a substituição da árvore, bem como a destoca e o conserto da calçada.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Semana começa com chuva

Publicado

em



Em Porto Alegre, espera-se chuva com intervalos de tempo nublado, e temperaturas variando entre 16ºC e 23ºC (veja detalhes para diferentes cidades e regiões mais abaixo). As baixas temperaturas devem se intensificar a partir da quarta-feira (17) em razão da chegada de uma nova frente fria.

REGIÃO NOROESTE :
Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
SANTA ROSA:

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. Os termômetros variam de 19°C a 26°C.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PORTAL PLURAL LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2022 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×