Nova testemunha na investigação de impeachment contra Trump abala Casa Branca – Portal Plural
Connect with us

Mundo

Nova testemunha na investigação de impeachment contra Trump abala Casa Branca

Publicado

em



 

Uma nova testemunha na investigação aberta na Câmara de Representantes dos Estados Unidos sobre um julgamento político do presidente Donald Trump abalou a Casa Branca, ao declarar que presenciou funcionários do governo pressionando a Ucrânia para que favorecesse Trump.

O especialista em Ucrânia no Conselho de Segurança Nacional (NSC, na sigla em inglês), tenente-coronel Alexander Vindman, disse ter informado, duas vezes, sobre sua preocupação com as intensas tentativas da Casa Branca para que Kiev fizesse investigações para favorecer Trump politicamente.

O testemunho foi preparado por escrito e divulgado, na noite de segunda-feira, antes da audiência. Nele, Vindman relata ter ouvido Trump, pessoalmente, pressionar o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, durante uma conversa por telefone em 25 de julho. Estas declarações são, até o momento, a prova mais sólida de que Trump abusou de seu poder e violou leis eleitorais para obter apoio de Kiev em sua campanha pela reeleição em 2020.

Veterano de guerra condecorado

Vindman é o primeiro funcionário da Casa Branca a testemunhar no Congresso na investigação contra Trump no âmbito de um possível processo de destituição. Um veterano condecorado da guerra do Iraque, Vindman se apresentou nesta terça de manhã no Congresso, com seu uniforme militar completo.

Trump, por sua vez, atacou o tenente-coronel pelo Twitter, classificando-o como um #NeverTrumpist, hashtag usado pelos republicanos que se opõem ao presidente. “Mais quantos #NeverTrumpist vão ter permissão para falar sobre um telefonema perfeitamente adequado?”, questionou o milionário republicano.

Republicanos fiéis ao presidente tentaram arranhar a credibilidade de Vindman, ao questionar sua lealdade. Alegaram que é um imigrante que chegou com 3 anos de idade aos Estados Unidos, procedente da União Soviética, dando a entender que o militar faz parte de uma tentativa da burocracia da Segurança Nacional americana de minar Trump.

“Donald Trump é inocente. O ‘Deep State’ é culpado”, disse o representante republicano Matt Gaetz, um dos mais estridentes defensores do presidente no Congresso, referindo-se a uma teoria conspiratória apontada com frequência pelo presidente sobre um suposto governo paralelo que opera clandestinamente.

 

Primeira testemunha da Casa Branca

A presença de Vindman no Congresso é um desafio às ordens da Casa Branca, que proibiu vários funcionários de atenderem à convocação do Legislativo para depor. O militar é a primeira testemunha desta investigação que tenta estabelecer se Trump abusou de seu poder no polêmico telefonema de 25 de julho ao colega ucraniano. A ligação foi revelada por um informante anônimo.

Os republicanos minimizaram o peso de testemunhos anteriores, com o argumento de que seu conhecimento do conteúdo da conversa era oriundo de uma terceira fonte. Em seu depoimento, Vindman afirma que, mesmo antes desse telefonema, foi testemunha de como o embaixador americano na União Europeia, Gordon Sondland, pressionava, durante uma reunião em 10 de julho, um funcionário de Segurança Nacional do governo ucraniano identificado como Oleksandr Danylyuk.

Segundo Vindman, Sondland disse a Danylyuk que a possibilidade de uma reunião entre Trump e Zelensky estava sujeita à abertura de uma investigação sobre os Biden. Depois desse encontro, completou Vindman, “disse ao embaixador Sondland que suas colocações eram inadequadas, que pedir que se investigasse Biden e seu filho não tinha nada a ver com segurança nacional”.

Vindman também se refere à conversa entre Trump e Zelensky. “Não achei que fosse apropriado exigir que um governo estrangeiro investigue um cidadão dos Estados Unidos e estava preocupado com as consequências para o apoio do governo dos Estados Unidos à Ucrânia”, declarou. “Me dei conta (…) de que era muito provável que fosse interpretado como uma jogada partidária”, acrescentou.

Vindman relatou suas preocupações sobre a reunião de 10 de julho e o telefonema de 25 de julho ao principal advogado do NSC. Apesar da insistência de Trump sobre o caráter inócuo de sua chamada, a qual classificou como “perfeita”, os democratas buscam avançar os procedimentos e formalizar a investigação em curso para um julgamento político em uma votação nesta quinta-feira, na Câmara de Representantes.

CP

 

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mundo

Astrônomos encontram um novo sistema multiplanetário na vizinhança da Terra

Publicado

em



A equipe de astrônomos do Massachusetts Institute of Technology (MIT), em colaboração com outros astrônomos ao redor do mundo, conseguiram identificar dois planetas rochosos orbitando ao redor da estrela HD 260655, em um sistema que está a apenas 33 anos-luz da Terra.
 
De acordo com os dados e as estimativas, os planetas são rochosos e possuem um tamanho aproximado ao da Terra. O planeta HD 260655b, é aproximadamente 1,2 vez maior, e tem o dobro da massa da Terra, e um pouco mais denso. Já o planeta HD 260655c, é 1,5 vez maior do que a Terra, tem o triplo de massa, e é menos denso do que nosso planeta.
 
O movimento de translação desses planetas é bastante rápido. Estima-se que o planeta HD 260655b realize sua órbita em apenas 2,8 dias, e que o planeta HD 260655c, realize a sua a cada 5,7 dias.Com órbitas bastante próximas à estrela, suas superfícies são muito quentes, com temperaturas de 710 K (aproximadamente 436°C), no planeta mais interno, e de 560 K (aproximadamente 286°C) para o planeta com órbita mais externa.
 
Graças a essas temperaturas, eles são considerados inabitáveis, e acredita-se ser muito difícil a presença de água líquida nesses corpos celestes. Mas os pesquisadores estão animados com a descoberta, e principalmente com a possibilidade de estudo desses novos mundos.
 
A inferência da existência desses planetas foi feita por Michelle Kunimoto, pós-doutoranda no Instituto Kavli de Astrofísica e Pesquisa Espacial do MIT. Ao analisar padrões de decaimento na luminosidade da estrela, Kunimoto pôde deduzir que havia astros circundando HD 260655.
 
A identificação oficial desses planetas, que foi realizada em tempo recorde, só foi possível graças à colaboração entre os pesquisadores dos observatórios do Havaí (Keck) e Espanha (Calar Alto), que forneceram os dados de seus equipamentos, para comparação e análise dos dados coletados pelo Satélite de Pesquisa de Exoplanetas em Trânsito (TESS, sigla em inglês).
 
O TESS pertence à Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (NASA), e tem a missão liderada pelo MIT. Sua função é o reconhecimento e observação das estrelas mais próximas e brilhantes, e envio de informações sobre perturbações nos sinais de luz dessas estrelas.
 
Fonte: TecMundo
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

Amarildo pede rótula na Avenida Pedro Schwertz

Publicado

em



O Vereador Tenente Amarildo apresentou nesta segunda-feira (20) na sessão da câmara de vereadores uma indicação solicitando para que o executivo Municipal possa fazer um estudo de viabilidade para uma Rótula no entroncamento da Avenida Pedro Schwertz com as Ruas Germano Dockorn e Pedro Schwertz para dar maior despacho no trânsito no bairro Cruzeiro.

Foram recebidas várias solicitações, por parte dos moradores e motoristas que trafegam naquela parte da cidade e de transeuntes. Os relatos são de que existe dificuldade para fluidez no trânsito do local, em horários de pico existe uma dificuldade em realizar conversões e seguir para alguma das ruas.

“Notamos que po do Executivo Municipal.recisa ser feito uma adequação no trânsito porque com a extensão da Avenida América o fluxo de veículos aumentou muito e se faz necessário novas adequações para que o trânsito possa fluir melhor e assim evitar acidentes.”, comentou o Vereador Tenente Amarildo, a matéria foi aprovada por unanimidade e agora segue para apreciaçã

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

TUCUNDUVA – AVISO DE RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 14_2022 – AQUISIÇÃO DE MÓDULO CPU PARA A ESCAVADEIRA HIDRÁULICA HYUNDAI R160LC-9SB

Publicado

em



AVISO DE RETIFICAÇÃO DO EDITAL

PREGÃO PRESENCIAL Nº 14/2022

AVISO DE RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 14/2022 – Licitação exclusiva às beneficiárias da Lei Complementar nº 123/2006. Tipo menor preço por item. Objetivo: Aquisição de Módulo CPU para a Escavadeira Hidráulica Hyundai R160LC-9SB. A Sessão pública passa a ser dia 05/07/202às 09hna Prefeitura Municipal de Tucunduva. O Edital retificado e seus anexos estão disponíveis no link: https://www.tucunduva.rs.gov.br/site/licitacoes/29774-pregao-pre. Mais informações pelo telefone (55) 3542 1022, ou pelo e-mail: [email protected].

Tucunduva/RS, 20 de junho de 2022.

Jonas Fernando Hauschild – Prefeito Municipal.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PORTAL PLURAL LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2022 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×