Nasa descobre possível universo paralelo onde o tempo passa ao contrário – Portal Plural
Connect with us

Mundo

Nasa descobre possível universo paralelo onde o tempo passa ao contrário

Pesquisadores acreditam que, durante a explosão do Big Bang, dois universos foram criados: o nosso e um outro, onde tudo é o avesso das concepções da Terra

Publicado

em

Planeta Terra: universo descoberto pela Nasa é totalmente ao contrário do nosso (Bernt Ove Moss / EyeEm/Getty Images)


O personagem principal do filme O Curioso Caso de Benjamin Button teve tudo, menos uma vida comum. Button nasceu idoso e, conforme os anos foram passando, foi se tornando cada vez mais jovem — a ordem reversa da cronologia humana. E se o mesmo acontecesse no espaço? Cientistas da Nasa descobriram evidências de um “provável universo paralelo” onde o tempo passa ao contrário. Parece roteiro de filme de ficção científica — mas não é.

O “universo paralelo” está localizado na Antártica e foi encontrado com ajuda da Antena Impulsiva Transiente da Antártica (Anita). Mas os cientistas não estavam procurando exatamente isso. A intenção era investigar os “ventos” de partículas de alta energia vindas do espaço. Durante o estudo, os pesquisadores observaram “neutrinos tau“, partículas de alta energia, mais pesadas, saindo da Terra, o que indica que elas estavam ao contrário no tempo.

Peter Gorham, físico experimental de partículas da Universidade do Havaí, e sua equipe, no entanto, encontraram partículas que se movimentam de forma contrária às do planeta Terra, viajando para trás, o que sugere a existência de um universo paralelo.

Em entrevista à revista científica New Scientist, Gorham afirmou que “nem todo mundo está confortável com essa hipótese.”

O que teria acontecido para que esse segundo “mundo” fosse possível, de acordo com a análise dos cientistas é que, no momento da explosão do Big Bang, dois universos foram criados. O primeiro é o que conhecemos, e o segundo, sob a perspectiva do tempo na Terra, está indo ao contrário. Se esse universo for habitado, nosso planeta estará contrário a ele. É como se fosse a versão do nosso em um espelho. A direita vira a esquerda, o positivo é o negativo.

É bom cruzar os dedos para que esse universo, ao contrário do invertido da série da Netflix, Stranger Things, não tenha nenhum demogorgon à espreita.

Exame

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mundo

TUCUNDUVA – AVISO DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 15_2022 – REGISTRO DE PREÇOS PARA AQUISIÇÃO DE PEDRAS E PÓ DE PEDRA AVISO DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 15_2022

Publicado

em



AVISO DE LICITAÇÃO

AVISO DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 15/2022 – Licitação com itens de ampla concorrência e com reserva de cota de 25% (vinte e cinco por cento) para beneficiárias da lei complementar nº 123/2006. Não havendo participação de  beneficiárias da lei complementar nº 123/2006 no certame, todos os itens serão considerados de ampla concorrência. Tipo menor preço por item. Objetivo: Registro de Preços para Aquisição de Pedras e Pó de Pedra. Sessão pública dia 11/07/2022 às 09hna Prefeitura Municipal de Tucunduva. O Edital e seus anexos estão disponíveis no link: https://www.tucunduva.rs.gov.br/site/licitacoes/29950-pregao-pre. Mais informações pelo telefone (55) 3542 1022, ou pelo e-mail: [email protected].

Tucunduva/RS, 24 de junho de 2022.

Jonas Fernando Hauschild – Prefeito Municipal.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

Astrônomos encontram um novo sistema multiplanetário na vizinhança da Terra

Publicado

em



A equipe de astrônomos do Massachusetts Institute of Technology (MIT), em colaboração com outros astrônomos ao redor do mundo, conseguiram identificar dois planetas rochosos orbitando ao redor da estrela HD 260655, em um sistema que está a apenas 33 anos-luz da Terra.
 
De acordo com os dados e as estimativas, os planetas são rochosos e possuem um tamanho aproximado ao da Terra. O planeta HD 260655b, é aproximadamente 1,2 vez maior, e tem o dobro da massa da Terra, e um pouco mais denso. Já o planeta HD 260655c, é 1,5 vez maior do que a Terra, tem o triplo de massa, e é menos denso do que nosso planeta.
 
O movimento de translação desses planetas é bastante rápido. Estima-se que o planeta HD 260655b realize sua órbita em apenas 2,8 dias, e que o planeta HD 260655c, realize a sua a cada 5,7 dias.Com órbitas bastante próximas à estrela, suas superfícies são muito quentes, com temperaturas de 710 K (aproximadamente 436°C), no planeta mais interno, e de 560 K (aproximadamente 286°C) para o planeta com órbita mais externa.
 
Graças a essas temperaturas, eles são considerados inabitáveis, e acredita-se ser muito difícil a presença de água líquida nesses corpos celestes. Mas os pesquisadores estão animados com a descoberta, e principalmente com a possibilidade de estudo desses novos mundos.
 
A inferência da existência desses planetas foi feita por Michelle Kunimoto, pós-doutoranda no Instituto Kavli de Astrofísica e Pesquisa Espacial do MIT. Ao analisar padrões de decaimento na luminosidade da estrela, Kunimoto pôde deduzir que havia astros circundando HD 260655.
 
A identificação oficial desses planetas, que foi realizada em tempo recorde, só foi possível graças à colaboração entre os pesquisadores dos observatórios do Havaí (Keck) e Espanha (Calar Alto), que forneceram os dados de seus equipamentos, para comparação e análise dos dados coletados pelo Satélite de Pesquisa de Exoplanetas em Trânsito (TESS, sigla em inglês).
 
O TESS pertence à Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (NASA), e tem a missão liderada pelo MIT. Sua função é o reconhecimento e observação das estrelas mais próximas e brilhantes, e envio de informações sobre perturbações nos sinais de luz dessas estrelas.
 
Fonte: TecMundo
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

Amarildo pede rótula na Avenida Pedro Schwertz

Publicado

em



O Vereador Tenente Amarildo apresentou nesta segunda-feira (20) na sessão da câmara de vereadores uma indicação solicitando para que o executivo Municipal possa fazer um estudo de viabilidade para uma Rótula no entroncamento da Avenida Pedro Schwertz com as Ruas Germano Dockorn e Pedro Schwertz para dar maior despacho no trânsito no bairro Cruzeiro.

Foram recebidas várias solicitações, por parte dos moradores e motoristas que trafegam naquela parte da cidade e de transeuntes. Os relatos são de que existe dificuldade para fluidez no trânsito do local, em horários de pico existe uma dificuldade em realizar conversões e seguir para alguma das ruas.

“Notamos que po do Executivo Municipal.recisa ser feito uma adequação no trânsito porque com a extensão da Avenida América o fluxo de veículos aumentou muito e se faz necessário novas adequações para que o trânsito possa fluir melhor e assim evitar acidentes.”, comentou o Vereador Tenente Amarildo, a matéria foi aprovada por unanimidade e agora segue para apreciaçã

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PORTAL PLURAL LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2022 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×