Moradores sem dentes de comunidade terão sorriso novo de graça: dignidade – Portal Plural
Connect with us

Good News

Moradores sem dentes de comunidade terão sorriso novo de graça: dignidade

Publicado

em



 

 

Moradores da Cidade de Deus, comunidade da Zona Oeste do Rio, que estão sem os dentes da frente, começam a ganhar sorriso novo de graça, para recuperar a dignidade, a autoestima e até para facilitar na hora de arrumar emprego.

 

 

A notícia boa vem da ONG Nóiz, que fechou uma parceria para levar tratamento odontológico para pessoas que há décadas sonham com uma prótese, como Ana Cristina Santos, de 43 anos.

“Numa desavença uma garota me chamou de “boca murcha”. Falou isso pra mim. Isso é muito ruim. Quero sair, comer uma carne com meu filho no rodízio. Quero arrumar trabalho e não consigo… estou privada da minha liberdade”, desabafou Ana Cristina em entrevista ao SóNotíciaBoa.

E finalmente ela vai conseguir. O projeto começou na semana passada.

“A ideia surgiu numa consulta com meu dentista, Dr. Fabio Gullo. Ele disse ‘tá na hora de começar a retribuir isso’. Foi aí o start. Vamos tratar pessoas com casos extremos”, disse ao SNB André Melo, presidente da ONG.

E os tratamentos, que geralmente são caros, serão bancados pelos parceiros Smart Radiologia, Laboratório de Prótese Rica Arte, clínica Oral Care Odontologia, a Colgate e a Lohaine.

O projeto vai buscar as pessoas em casa, fazer o tratamento e depois levar de volta para a comunidade.

 

Fila

Qualquer pessoa que não tem os dentes da frente e mora na Cidade de Deus pode participar do Nóiz Sorrindo.

“Recebemos as fotos, a equipe avalia e define se está dentro do caso. A comunidade gostou tanto da ideia que o projeto já tem fila para os próximos três meses”, contou André Melo.

As duas primeiras foram a Dona Graça (foto acima) que tem poucos dentes na frente, em cima e nenhum embaixo. Ela já fez exames radiológicos e teve a primeira consulta. E a dona Dona Rosangela, que também marcou exames.

“É o resgate do sorriso. As pessoas choram quando recebem a notícia de que foram aprovadas, que vão realizar o sonho de poder sorrir sem culpa e livres de qualquer preconceito”, disse André.

E choram de felicidade, como a Dona Graça:

“Colocar os dentes foi a última coisa que imaginei conseguir nessa vida, é muito caro. Estou feliz demais”, concluiu.

 

 

FONTE: Só Noticia Boa

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Good News

A misteriosa nuvem que matou milhares de pessoas e animais em Camarões

Publicado

em



 

As evidências físicas indicavam que uma onda de cerca 40 metros de altura tinha se formado em consequência de uma alteração no fundo do lago.

 

Mas ninguém sabia ainda o que tinha causado essa alteração – e a morte de centenas de moradores da região.

‘Cheiro de ovo podre’

Uma das testemunhas relatou: “Eu quase morri, mas aí decidi beber azeite. Logo depois vomitei algo negro, que fedia a algo como ovo ou pólvora.”

Foi a descrição dos odores que deram aos cientistas as pistas para encontrar o culpado pelas mortes: milhares de toneladas de dióxido de carbono, liberadas do fundo do lago e que desceram pela encosta do vulcão até o vale mais abaixo.

De início, os cientistas pensaram se tratar de enxofre, que tem cheiro desagradável característico e é produzido em grandes quantidades pelos vulcões.

“Mas, quando fomos ao lago e começamos a analisar as amostras, vimos que não havia enxofre na água, nem nas plantas que rodeavam o lago e que tinham sido expostas à nuvem de gás”, explica o professor Kling, da Universidade de Michigan.

“Era muito difícil entender essas descobertas. Até acharmos documentos antigos sobre pilotos de combate que haviam sido expostos a uma alta concentração de CO2”, acrescenta.

“O gás, em concentração de 5% a 10%, age como um alucinógeno. Um dos relatos mais comuns dos pilotos era de que sentiam cheiro de ovo podre ou pólvora e que sentiam o corpo muito quente”, diz o professor da Universidade de Michigan, acrescentando que os relatos coincidiam com testemunhos de moradores dos vilarejos ao redor do lago.

Tudo indica que, ao longo dos anos, foi formado um depósito de dióxido de carbono no fundo do lago.

“Como o lago é muito estratificado, ou seja, é muito fundo, e as camadas de cima não se misturam com as de baixo, o gás que se formou nas camadas de baixo estava preso. Isso fez com que se acumulasse com muita pressão”, explica George Kling.

Os cientistas dizem que o mesmo efeito se produz quando agitamos uma garrafa de champanhe e depois tiramos a rolha.

Os sobreviventes

Mas havia outro mistério: centenas de pessoas haviam morrido, mas outras, apesar de terem sido expostas ao CO2 da mesma maneira, sobreviveram.

Muitas delas eram crianças. Assim, surgiu a hipótese de que o gás tivesse envolvido as casas durante a noite, enquanto os pequenos dormiam do lado de dentro, mas seus pais ainda estavam do lado de fora.

Também se cogitou que as crianças poderiam ter ficado inconscientes mais rápido e, assim, inspirado o gás de forma menos profunda.

“Alguns dos sobreviventes acordaram com pessoas mortas ao seu redor”, diz Baxter. “Sobreviver ou morrer devido à exposição ao gás foi caso de sorte ou azar.”

“O gás te deixa inconsciente rapidamente, e os que sobreviveram sentiram que ficaram inconscientes por muito tempo, mais de 10 horas, até voltarem a si, literalmente até que o gás tivesse se dissipado, quando o dia surgiu e o sol começou a aquecer a terra. Mas é uma situação muito incomum, uma história realmente extraordinária”, afirma Baxter.

As conclusões da força-tarefa para investigar as causas do desastre não impediram que surgissem teorias da conspiração.

“Alguns moradores locais começaram a dizer que países estrangeiros tinham soltado uma bomba secreta, que havia uma conspiração internacional de cientistas”, conta Baxter.

Ainda não se sabe, contudo, o que provocou a liberação do gás em 1986. Uma das hipóteses mais aceitas é de que houve um deslizamento de terras no fundo do lago.

O Nyos continua sendo uma ameaça potencial para as pessoas que moram na região. Na tentativa de evitar uma tragédia como a de 1986, foi instalado um sistema de tubos para permitir que o gás carbônico, caso seja expelido, seja desviado do fundo com segurança.

 

FONTE: BBC

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Good News

Google passa Apple e se torna marca mais valiosa do mundo

Publicado

em



 

O Google ultrapassou a Apple e tornou-se a marca mais rica do mundo, segundo o ranking das 100 marcas mais valiosas do mundo desenvolvido pela consultoria Millward Brown Optimor.

 

A companhia de Sergey Brin e Larry Page foi avaliada em US$ 159 bilhões, um aumento de 40% quando comparado ao índice no ano anterior.

Líder do ranking nos últimos três anos, a Apple caiu para a segunda na edição 2014 da lista e sua marca possui um valor de mercado 20% menor em relação a 2013, US$ 148 bilhões. Segundo a consultoria, a empresa fundada por Steve Jobs não está definindo mais tendências de tecnologia para os consumidores, e cita como exemplo a falta de novos lançamentos. Ainda de acordo com Nick Cooper, diretor de gestão da Millward Brown Optimor, o lado inovador do Google também pesou para a companhia assumir a liderança do ranking.

“O Google foi muito inovador no último ano com o Google Glass, investimentos em inteligência artificial e parcerias múltiplas que permitem ao sistema operacional Android ser adicionado em outros produtos, como os carros”, explica o executivo. “Todas essas atividades enviam um forte aviso para os consumidores sobre o que o Google é e tem coincidido com uma redução da Apple”.

Ainda entre os cinco primeiros do ranking aparecem outras duas empresas de tecnologia. A IBM manteve-se em terceiro, com um valor de US$ 107,5 bilhões e queda de 4% da marca ante 2013. E a Microsoft que subiu três posições e teve um crescimento de 29%, sendo avaliada em US$ 90 bilhões.

A cadeia de restaurantes fast-food, McDonalds, fecha a lista dos cinco primeiros com uma queda de 5% no seu valor de marca em relação ao ano passado, com US$ 86 bilhões.

Desenvolvimento
A pesquisa da Millward Brown Optimor feita em parceria com a WPP não avalia dimensão financeira das empresas e seus produtos, mas a opinião do consumidor e sua forma de relacionamento com as marcas.

O valor total das 100 marcas mais valiosas na análise chega a US$ 2,9 trilhões. Isso representa um aumento de 49% quando comparado com 2008, quando a crise financeira atingiu bancos e moedas no mundo todo.

 

FONTE: TERRA

 

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Good News

A nova profissão do futuro

Publicado

em



 

O capital relacional do corretor imobiliário é único, pessoal e intransferível. Não há o que substitua nem possa competir com isso. Habilidades que não cabem em um algoritmo.

 

Existe uma grande diferença entre sonho e ilusão. O sonho se constrói com o tempo. Com a ajuda de outras pessoas. Já a ilusão é aquela solução mágica, vendida como “a última palavra” no assunto, com a promessa de resolver todos os problemas.

Assim como vários setores, o mercado imobiliário vive uma grande transformação digital. O que é bom e necessário para acompanhar as mudanças de hoje. A questão é quando se vende a ilusão de que a tecnologia por si só é capaz de resolver todos os desafios do segmento, sem a participação do elemento humano. A chamada desintermediação, que pode levar a equívocos por conta da desinformação.

A desintermediação faz sentido em setores nos quais o papel do ser humano é limitado ou não É essencial, sem agregar ao processo. Mas, quando estamos falando de uma importante decisão financeira, como a compra ou venda de um imóvel, tudo que se quer é a segurança de alguém experiente do seu lado. São momentos em que não se pode errar.

O imóvel é a materialização do sonho de alguém. As expectativas são enormes e as variáveis emocionais são decisivas. E só o conhecimento do corretor é capaz de entender e atender cada necessidade do cliente. Trazer tranquilidade e segurança para a sua escolha.

Esse capital relacional do corretor é único, pessoal e intransferível. Não há o que substitua nem possa competir com isso. Habilidades que não cabem em um algoritmo. Mais do que intermediação, os clientes procuram conexão, vínculos de confiança.

Por isso, trabalhamos para que o corretor exerça plenamente sua vocação, que vai muito além da compra e venda de um imóvel. Com a transformação digital pessoal, ele se torna um consultor de negócios imobiliários, conselheiro financeiro. Para orientar a melhor hora de comprar ou vender, o corretor é um facilitador de financiamentos, oferece tranquilidade por meio de seguros atrelados à compra/venda e aluguel, e até apresenta soluções que possam ser uma opção à venda, como o Crédito com Garantia de Imóvel.

É esse profissional cada vez mais completo que vai reinventar o mercado de imóveis residenciais usados. Nos últimos 10 anos, investimos pesado em tecnologia e consolidamos números que confirmam essa tendência. Por meio de nossa plataforma, interligamos mais de 50 mil corretores, 8.500 imobiliárias e 3.500 administradoras de aluguel em todo o país.

Além disso, acompanhamos mensalmente a atividade de 200 mil novos compradores (e inquilinos) e 125 mil vendedores de imóveis. São mais de 8 milhões de visitas únicas nos sites das imobiliárias parceiras. Temos uma visão panorâmica e em tempo real desse mercado pulverizado como nenhuma outra empresa, desenvolvendo soluções para aumentar a capacidade de geração de negócios do setor.

Acreditamos que esse Corretor 2.0. será cada vez mais a mola propulsora do desenvolvimento local. Pelo seu conhecimento, relacionamento e grande poder de engajamento pessoal. E pela nossa tecnologia, que veio trazer mais potência para a sua carreira, como um acelerador de suas competências, levando à uma valorização exponencial da sua atividade.

Definitivamente, Corretor Imobiliário será uma das profissões do futuro.

 

FONTE: INFOMONEY

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×