Ministério da Saúde cadastra médicos veterinários e mais 13 categorias para combater coronavírus - Portal Plural
Connect with us

Geral

Ministério da Saúde cadastra médicos veterinários e mais 13 categorias para combater coronavírus

Publicado

em

Atendimento no Centro de Combate ao Coronavírus (CCC) em Guarulhos, na Grande São Paulo, em 27 de março — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarulhos

Academia PersonaFAST AÇAÍNuveratopo humbeto plural

O Ministério da Saúde publicou uma portaria que determina o cadastro de profissionais de 14 categorias da área da saúde para realizar capacitação, em caráter emergencial, para trabalhar pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no combate ao novo coronavírus (Sars-Cov-2). A portaria foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (2).

Médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, assistentes sociais, profissionais de educação física e até veterinários foram convocados. Veja a lista completa ao final da reportagem.

A possibilidade de o Ministério da Saúde requisitar profissionais, garantido o pagamento posterior, está prevista na lei 13.979/2020, que trada das medidas a serem adotadas durante a emergência de saúde pública causada pelo novo coronavírus.

O texto tinha sido aprovado pelo Congresso e sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro em fevereiro. Trecho da lei prevê que:

“Art. 3º Para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus, as autoridades poderão adotar, no âmbito de suas competências, dentre outras, as seguintes medidas (…)

VII – requisição de bens e serviços de pessoas naturais e jurídicas, hipótese em que será garantido o pagamento posterior de indenização justa”.

Estados, DF e municípios podem requisitar profissionais

Em um comunicado enviado ao presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária, ao qual o G1 teve acesso, o Ministério da Saúde diz que esses profissionais “poderão ser requisitados por estados, municípios ou Distrito Federal para atuar na assistência aos usuários do SUS, em todos os níveis de atenção”, mas não especifica que tipo de assistência será prestada.

O texto da portaria informa que a convocação tem como base a “Declaração de Emergência em Saúde Pública de Importância Internacional pela Organização Mundial da Saúde em 30 de janeiro de 2020”, e na “Emergência em Saúde Pública de importância Nacional (ESPIN) em decorrência da Infecção Humana pelo novo coronavírus (COVID-19), declarada por meio da Portaria nº 188/GM/MS, de 3 de fevereiro de 2020”.

Portaria não define o que cada profissional fará

O presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária, Francisco Cavalcanti, explicou, por meio de nota da entidade, que os profissionais ficarão à disposição do Ministério da Saúde para “auxiliar no que for necessário, com capacitação para cuidar da saúde animal, humana e do meio ambiente, e vasto conhecimento sanitário para ajudar o país a superar essa pandemia.”

Cavalcanti lembrou na nota que, por se tratar de uma situação de emergência de saúde pública, o Ministério da Saúde pode convocar e capacitar esses profissionais de maneira obrigatória.

G1 procurou o Ministério da Saúde e o Conselho Federal de Medicina Veterinária às 12h55 para saber quais vão ser as atividades desempenhadas pelos médicos veterinários, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

A portaria não deixa claro que tipo de função deverá ser exercida por casa profissional convocado.

Convocação obrigatória

Segundo a portaria publicada no DOU, os profissionais de saúde devem obrigatoriamente preencher um cadastro online do Ministério da Saúde.

Ao final do preenchimento, o profissional receberá um link para fazer um curso à distância de capacitação, com base nos protocolos oficiais de combate ao coronavírus aprovados pelo Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (Coes). O curso também é obrigatório.

O profissional que não finalizar o cadastro e o curso de capacitação será reportado ao conselho federal de sua categoria.

Lista das categorias convocados

  • serviço social
  • biologia
  • biomedicina
  • educação física
  • enfermagem
  • farmácia
  • fisioterapia e terapia ocupacional
  • fonoaudiologia
  • medicina
  • medicina veterinária
  • nutrição
  • odontologia
  • psicologia
  • técnicos em radiologia

G1

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Jogo do Tigrinho: quais crimes cometem quem está divulgando o esquema?

Publicado

em

portal plural jogo do tigrinho quais crimes cometem quem está divulgando o esquema

Academia PersonaFAST AÇAÍNuveratopo humbeto plural

O Fortune Tiger, ou “Jogo do Tigrinho”, se tornou tópico conhecido nas redes sociais, não só pela promessa de recompensas fáceis pelo celular, como também as operações policiais contra o esquema que resultaram em apreensão de bens de influenciadores digitais. A plataforma tem certa popularidade, mas é considerada ilegal no Brasil.

O “Jogo do Tigrinho” é considerado jogo de azar, algo proibido no país. Ao divulgá-lo, o influenciador digital ou usuário de redes sociais podem responder por crimes, incluindo propaganda enganosa, sonegação fiscal e estelionato.

Esse tipo de contravenção já resultou na apreensão de bens de um grupo de influenciadores pela Polícia Civil de Alagoas. Os criadores de conteúdo ostentavam uma vida luxuosa, ao mesmo tempo que divulgavam meios para “ganhar dinheiro fácil” com o Fortune Tiger.

Ciente de que a plataforma é ilegal por aqui, quais são os possíveis crimes e contravenções cometidas por quem divulga o “jogo do tigrinho”?

O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil menciona que pessoas (influenciadores ou usuários comuns) que divulgam a plataforma podem responder pelos crimes e pegar as seguintes penas:

  • Crime contra as relações de consumo e contra o consumidor (detenção de 2  a 5 anos e/ou multa);
  • Crime contra a economia popular (detenção de 6 meses a 2 anos e/ou multa);
  • Propaganda enganosa (detenção de 3 meses a 1 ano e/ou multa);
  • Sonegação fiscal (detenção de 6 meses a 2 anos e/ou multa);
  • Estelionato (detenção de 1 a 5 anos e/ou multa),

A promoção da atividade também podem se enquadrar em outros crimes, tais como crime de lavagem de dinheiro, crime de formação de quadrilha ou bando e corrupção ativa.

Fique atento ao esquema

O jogo do tigrinho tem uma proposta simples: altos retornos com baixo investimento inicial. A plataforma está disponível para download de forma gratuita, geralmente por links e tutoriais divulgados por influenciadores ou por publicidade automatizada.

Contudo, ainda que a promessa pareça vantajosa, ela esconde um esquema extremamente prejudicial para os usuários. Não são poucos os relatos de “jogadores” que perderam grandes quantias de dinheiro ao apostar na plataforma, uma vez que não há garantia nenhuma de que o valor será recuperado nos jogos ou até mesmo embolsado, caso seja conquistado.

Ainda assim, é importante saber diferenciar: os jogos de azar são ilegais no Brasil, mas casas de apostas são permitidas pela lei. Portanto, tanto a participação quanto a divulgação de casas de apostas virtuais é legalizada — mesmo que seguindo alguns critérios.

A principal diferença está na dinâmica da plataforma: jogos de azar não têm nenhum grau de previsibilidade, dependendo somente da sorte, enquanto casas de apostas geralmente são atrelados a fatores externos, como competições esportivas.

 

Fonte: TecMundo.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Menina acerta os seis números da Mega-Sena, mas pais esquecem de pagar aposta

Publicado

em

portal plural menina acerta os seis números da mega sena, mas pais esquecem de pagar aposta

topo humbeto pluralNuveraFAST AÇAÍAcademia Persona

Uma menina de 11 anos acertou os seis números da Mega-Sena, mas os pais dela esqueceram de registrar a aposta. Segundo o portal Metrópoles, o caso inusitado ocorreu em União dos Palmares, no interior de Alagoas.

Conforme informações do pai da menina, a filha ficou em choque após se dar conta de que, mesmo tendo acertado os números da Mega-Sena, o valor milionário não seria entregue à família. O homem falou também que, inclusive, a menina havia guardado o bilhete com as seis dezenas marcadas por ela.

Após fazer as marcações dos números que desejava, a menina pediu para que o pai pagasse o jogo, no entanto, ele acabou esquecendo. De acordo com o homem, por causa da correria do dia a dia, como, por exemplo, o trabalho.

O sorteio em questão ocorreu no último sábado (15), o prêmio era de R$ 47 milhões.

 

Com informações de portal Metrópoles e SCC10.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Central das emoções de “Divertida Mente” vira hospedagem no Airbnb

Publicado

em

portal plural central das emoções de “divertida mente” vira hospedagem no airbnb
Foto: Divulgação
Academia PersonaFAST AÇAÍtopo humbeto pluralNuvera

Já imaginou o que se passa na mente de alguém? Agora você pode não apenas descobrir, mas também experimentar: a Central de Controle da mente de Riley, personagem de “Divertida Mente”, foi recriada em tamanho real e está disponível para aluguel no Airbnb.

Localizado em Las Vegas, nos Estados Unidos, o espaço permite que os hóspedes assumam o controle do painel das emoções da adolescente protagonista da animação da Pixar.

Os visitantes terão acesso a dois quartos e salas de estar temáticas dos personagens, incluindo Alegria, Tristeza e Ansiedade – uma das novas emoções introduzidas em “Divertida Mente 2”. A estadia oferece diversas atividades inspiradas no filme, como uma caça ao tesouro das emoções e partidas de hóquei de ar.

As reservas estão disponíveis apenas entre 1º e 16 de julho, com cada pessoa podendo reservar uma noite para até quatro hóspedes. No entanto, será preciso contar com a sorte: o Airbnb selecionará 15 sortudos para desfrutar gratuitamente da Central de Comando. As inscrições para concorrer a uma vaga vão desta terça (18) até 22 de junho, no site da plataforma.

“Divertida Mente 2” estreia nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, 20 de junho. Na América do Norte, a sequência já se tornou a maior bilheteria de 2024, arrecadando US$ 295 milhões desde o último final de semana.

Fonte: Forbes Brasil

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×