Mais de 200 animais ganham novos lares durante feira de adoção em Porto Alegre
Connect with us

Good News

Mais de 200 animais ganham novos lares durante feira de adoção em Porto Alegre

Publicado

em

portal plural mais de 200 animais ganham novos lares durante feira de adoção em porto alegre

banner plano0 goldFAST AÇAÍNuveraAcademia Persona15 topo humberto plural

A Feira de Adoção Responsável para cães e gatos, organizada pela Secretaria de Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), em parceria com o Exército e entidades dedicadas à Causa Animal, terminou com mais de 200 animais adotados. Este foi o primeiro evento de adoção promovido pelo governo gaúcho para encontrar novos lares para animais resgatados das recentes enchentes no Rio Grande do Sul.

Encerrada neste domingo (23/6), no Largo do Monumento ao Expedicionário do Parque da Redenção, em Porto Alegre, a feira foi considerada um sucesso pelos organizadores. Além de conscientizar a população sobre a importância da adoção responsável, o evento ofereceu uma nova oportunidade de vida para os animais que sofreram com a catástrofe meteorológica.

Conforme o Comando Militar do Sul, entre o sábado (22/6) e este domingo (23/6), cerca de 20 mil pessoas visitaram os 30 estandes da feira, resultando na adoção de 146 cães e 56 gatos, superando as expectativas da organização. “No sábado, tivemos um dia lindo de sol, o que ajudou a atrair muitas pessoas ao parque. Hoje (domingo) o dia começou nublado, mas isso não afastou os visitantes. Estamos felizes com o resultado”, disse Amanda Munari, coordenadora do Gabinete de Coordenação de Resposta à Fauna (GCRF) do Estado.

Os novos tutores passaram por uma entrevista prévia com uma equipe especializada para garantir que pudessem proporcionar um ambiente seguro e adequado para os animais. Eles também assinaram um Termo de Adoção e Guarda. Todos os pets adotados foram vacinados e receberam um microchip de identificação, além de um kit contendo ração, brinquedo, roupa, coleira e utensílios de higiene.

Lupi terá um irmãozinho na nova família

Um dos adotados foi o cãozinho Lupi, de dois meses, que encontrou um novo lar com Luiz Alberto Bibiano. Ele expressou sua alegria ao acolher um novo membro em sua família. “Levo pra casa um parceiro para o Léo, nosso outro cão. Tenho certeza que haverá uma troca mútua de amor em nosso convívio familiar”, afirmou.

Desde o início das chuvas extremas, em abril, os servidores da Sema, por intermédio do GCRF, e com o apoio de voluntários, estiveram envolvidos em diversas frentes de trabalho. Essas ações incluíram resgate de animais, acolhimento em abrigos e, por fim, realização da feira de adoção. “Pude acompanhar desde os resgates até esse momento da doação. Muitos desses animais, provavelmente, eu mesmo realizei o salvamento. É uma satisfação incrível de dever cumprido”, disse, emocionado, o técnico da Sema Julio Cesar Nunes Rolhano.

Servidores da Sema, com o apoio de instituições parceiras, atuaram em diversas frentes, desde os resgates até o momento da feira

Segundo estimativas da organização, mais de 15 mil animais continuam em abrigos no Estado aguardando a chance de serem adotados. As próximas etapas da feira serão divulgadas em breve.

Compartilhe

Good News

Bisavó que conclui tratamento de radioterapia contra câncer ganha US$ 5 Milhões na loteria

Publicado

em

portal plural bisavó que conclui tratamento de radioterapia contra câncer ganha us$ 5 milhões na loteria
Foto:Foto: Pennsylvania Lottery via AP
banner plano0 goldNuvera15 topo humberto pluralFAST AÇAÍAcademia Persona

Uma bisavó da Pensilvânia, nos Estados Unidos, que recentemente completou o tratamento de radioterapia para câncer de mama, ganhou um prêmio de US$ 5 milhões (cerca de R$ 27,2 milhões) em um bilhete de loteria raspadinha do estado. Donna Osborne, de 75 anos, conquistou o grande prêmio em junho ao comprar um bilhete do jogo “Monopoly Own It All” por US$ 50 (R$ 272) enquanto abastecia seu carro em uma loja de conveniência no Condado de Lancaster, onde mora.

Osborne explicou que decidiu comprar o bilhete depois que uma viagem planejada em família para a Flórida foi frustrada devido a vários atrasos no aeroporto. Ela e sua filha estavam prestes a embarcar quando os atrasos se acumularam, levando Donna a desistir e voltar para casa. Foi então que decidiu comprar o bilhete de loteria.

“Eu estava no aeroporto com minha filha. Estávamos indo visitar a família na Flórida quando o voo atrasou. Bem, foi atrasado tantas vezes que eu decidi voltar para casa. Minha filha ficou e voou para a Flórida,” disse Osborne. “Se eu não tivesse saído do aeroporto, nunca teria comprado aquele bilhete!”

Ela relatou que raspou o bilhete no estacionamento da loja e ficou chocada ao perceber que tinha ganhado o prêmio máximo do jogo. “Eu não podia acreditar”, disse Osborne. “Voltei para a loja e disse, ‘Você pode verificar isso, por favor? Está certo ou errado?’ Bem, o atendente disse: ‘Está certo!’.”

Osborne, uma jogadora de loteria há cerca de 50 anos, telefonou para sua filha para compartilhar a notícia, mas inicialmente teve dificuldade em ser acreditada. Ela planeja investir parte do prêmio e realizar o sonho de viajar para o Alasca.

Fonte: G1

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Pesquisa revela que metade dos pets brasileiros são adotados e a maioria é vira-lata

Publicado

em

portal plural cerca de 94% dos brasileiros possuem ou já possuíram animais de estimação, segundo uma pesquisa realizada pela quaest em parceria com a petlove, que explorou a relação entre tutores
Foto: Divulgação
banner plano0 goldFAST AÇAÍ15 topo humberto pluralNuveraAcademia Persona

Cerca de 94% dos brasileiros possuem ou já possuíram animais de estimação, segundo uma pesquisa realizada pela Quaest em parceria com a PetLove, que explorou a relação entre tutores e seus pets no Brasil. Dos entrevistados, 72% atualmente têm um bichinho de estimação, 22% já tiveram e 6% nunca tiveram um pet.

Além disso, metade dos tutores afirmaram ter adotado seu animal de estimação. Para 28%, o pet foi dado como presente, enquanto 22% disseram ter comprado o animal.

Os cachorros são os favoritos, com 47% dos brasileiros tendo pelo menos um cão como pet. Os gatos vêm em segundo lugar, com 23%, seguidos por aves, com 12%.

A maioria dos pets nos lares brasileiros são sem raça definida (SRD), os conhecidos vira-latas — 32% dos cachorros e 52% dos gatos. Entre as raças mais comuns, estão os pitbulls (7%), poodles (6%) e shih tzus (6%) entre os cães; e o siamês (16%), o persa (3%) e o angorá (3%) entre os gatos.

Para 93% dos entrevistados, os animais de estimação são considerados parte da família, e 94% acreditam que cuidar de um bichinho melhorou sua saúde mental.

Fonte: CNN Brasil

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Ciência

Óculos de realidade mista é utilizado pela primeira vez no Brasil em cirurgia de remoção de tumor pulmonar

Publicado

em

portal plural Óculos de realidade mista é utilizado pela primeira vez no brasil em cirurgia de remoção de tumor pulmonar
Foto: Davidyson Damasceno/IgesDF.
FAST AÇAÍNuvera15 topo humberto pluralAcademia Personabanner plano0 gold

Uma cirurgia realizada com óculos de realidade mista permitiu aos médicos visualizar dados do paciente em 3D durante o procedimento, tornando-o menos invasivo e mais preciso. A tecnologia foi empregada na remoção de um tumor pulmonar no Hospital Sírio-Libanês de Brasília em maio deste ano.

O procedimento, conhecido como Segmentectomia Pulmonar Anatômica Robótica, envolveu o uso de óculos que combinam informações de diversas fontes e as apresentam em formato 3D diretamente no campo de visão dos cirurgiões. Essas imagens digitais projetadas permitiram uma visão detalhada da anatomia do paciente, facilitando a identificação e a remoção precisa do tumor, além de destacar as estruturas pulmonares circundantes de forma isolada.

A Segmentectomia Pulmonar Anatômica Robótica é uma técnica minimamente invasiva que remove uma pequena porção do pulmão, preservando o restante do órgão. Recentemente, tornou-se padrão em grandes centros de tratamento para câncer de pulmão precoce, mas também é utilizada para outras condições pulmonares benignas como enfisema e bronquiectasias.

O uso dos óculos de realidade mista permitiu que os médicos realizassem a segmentectomia com maior segurança e precisão, reduzindo o tempo de operação e minimizando o risco de complicações. Humberto Alves de Oliveira, cirurgião torácico responsável pela operação, enfatizou que essa tecnologia proporcionou uma visão mais detalhada da anatomia do paciente, facilitando o procedimento.

O paciente, um homem de 65 anos diagnosticado com tumor pulmonar em março de 2024, já recebeu alta hospitalar e está se recuperando em casa. A equipe cirúrgica contou com a colaboração de especialistas internacionais, incluindo Paula Ugalde do Brigham and Women’s Hospital em Boston, EUA, e Isabela Silva Müller, radiologista especializada em tórax e reconstrução 3D no Canadá.

Essa inovação marca um avanço significativo na medicina brasileira, representando um investimento contínuo em tecnologias que podem melhorar os resultados clínicos e a qualidade de vida dos pacientes.

Fonte: CNN Brasil

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×