Lula pede ‘indignação’ à população e critica governo Bolsonaro: ‘Miliciano da pior qualidade’ – Portal Plural
Connect with us

Política

Lula pede ‘indignação’ à população e critica governo Bolsonaro: ‘Miliciano da pior qualidade’

Publicado

em



 

O ex-presidente também pediu “indignação” ao povo brasileiro para que a Constituição seja cumprida

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chamou o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) de “miliciano da pior qualidade”. A afirmação foi feita nesta quinta-feira, 15, durante uma live organizada pelo Movimento Sem Terra (MST), onde os convidados discutiram a fome no Brasil. Durante a fala, Lula disse que não culpa o governo Bolsonaro por todos os incêndios no Brasil, mas criticou o agronegócio pelas queimadas na floresta Amazônica. “Porque não é um empresário civilizado do agronegócio que sabe que tem que ter responsabilidade, mas quem chegou ao governo é um bando de miliciano da pior qualidade. Nós temos que saber disso, conviver com isso e saber que temos que enfrentar isso.”

O ex-presidente também pediu “indignação” ao povo brasileiro para que a Constituição seja cumprida. “Hoje, eu acho que, sabe, se convencesse a sociedade a ficar indignada, eu já poderia morrer tranquilo. O que está faltando para nós é a indignação. Indignação para ver se depois da indignação a gente tem coragem de lutar pelas coisas que já estão na Constituição”, diz. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica (IBGE), anunciados no mês passado, comprovam que, em 2018, o Brasil retornou ao Mapa da Fome, a lista de países com mais de 5% da população ingerindo menos calorias do que o recomendável. Ao comentar sobre esses número, Lula culpou os governos de Michel Temer e de Jair Bolsonaro e disse que eles estragaram medidas dos governos petistas anteriores.

 

 

Jovem Pan

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Pesquisa no RS mostra Edegar Pretto e Onyx Lorenzoni empatados

Publicado

em



O deputado estadual Edegar Pretto (PT) e o ministro de Trabalho e Previdência de Jair Bolsonaro, Onyx Lorenzoni (PL), aparecem técnicamente empatados na primeira pesquisa de intenção de voto para o governo do Rio Grande do Sul em 2022. A pesquisa do Instituto Atlas mostra que Pretto está 0,6% na frente de Lorenzoni, o que é considerado, um empate técnico – 18,6% contra 17,8%, respectivamente.

Na sequência, aparece o senador Luis Carlos Heinze (PP), na terceira colocação somando 9,2% das intenções de voto. O vereador de Porto Alegre e ex-deputado estadual, Pedro Ruas (PSOL) está 8,4%, ocupando a quarta colocação. Já o ex-deputado federal, Beto Albuquerque (PSB), aparece com com 7,8%. O vice-governador do Rio Grande do Sul e secretário de Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior (PSDB), está com 4,5%. Enquanto o deputado federal, Alceu Moreira (MDB), tem 3,5% das intenções dos eleitores.

A margem de erro do levantamento é de 3%. Foram entrevistadas 1.001 pessoas entre os dias 17 a 23 de dezembro.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Política

Aliados pressionam Ciro Gomes a desistir da candidatura

Publicado

em



A pressão se intensificou após uma operação da Polícia Federal envolvendo o ex-governador 

(mais…)

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Pelo fim do recesso de inverno na Câmara

Publicado

em



O vereador Vitor De Conti voltou a solicitar na Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Santa Rosa, o fim das “férias” para os vereadores no meio do ano.

Segundo Vitor, “Em julho eu já havia me manifestado contrário ao recesso de inverno na Câmara. Naquela oportunidade fiz apenas um desabafo contra algo que considero errado. Agora fui adiante, propus à Mesa Diretora, coordenada pelo vereador Timirinho, que o assunto evolua.

A minha proposta é mudar a Lei Orgânica que rege as atividades da Câmara e da Prefeitura, acabando com esse período sem sessões durante a segunda quinzena de julho. É o correto quando a gente deseja um país mais igual. Eu penso que as férias legislativas devem ocorrer somente em janeiro. Vamos à luta para mudar.”

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×