Leite diz que não irá interferir nas articulações da PEC que retira plebiscito de privatizações – Portal Plural
Connect with us

Política

Leite diz que não irá interferir nas articulações da PEC que retira plebiscito de privatizações

Publicado

em



 

O governador Eduardo Leite (PSDB) afirmou ao final da tarde desta quarta-feira que o Piratini não participará das articulações políticas pela aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 280/2019), que determina a retirada da exigência de consulta à população, por plebiscito, para que Procergs, Corsan e Banrisul possam ser privatizados. Leite, contudo, não declarou contrariedade à proposta, que tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia e deverá ser distribuída para relatoria de parecer na sessão de 8 de outubro.

“Não é uma prioridade para o governo, mas agora está em análise pela Assembleia. Nossa iniciativa foi de retirar o plebiscito para encaminhar privatizações de CEEE, CRM e Sulgás, como fizemos. Considero que está nova proposta é uma iniciativa legítima dos deputados e o Piratini não vai interferir nas articulações”, declarou o governador, ao final da cerimônia na qual sancionou duas leis recentemente aprovadas pelo Parlamento.

A primeira lei sancionada trata da possibilidade de troca de imóveis do Estado para pagamento de dívidas convertidas em precatórios, de autoria do deputado Vilmar Zanchin (MDB). A outra declara o município de Barra do Ribeiro como “Terra da Fábrica de Gaiteiros”, e reconhece o Instituto Renato Borghetti de Música e Cultura, oriundo do projeto conhecido como Fábrica de Gaiteiros, por sua relevante contribuição para a educação musical, o turismo e a cultura rio-grandense.

Este segundo projeto é de autoria do líder da bancada do PP, deputado Sérgio Turra, que também é autor da PEC 280/2019. Turra e Leite passaram a cerimônia sentados lado a lado. Nenhuma menção sobre a PEC foi feita durante o ato, que também teve a presença da deputada Any Ortiz (Cidadania) e do deputado Frederico Antunes (PP), líder do governo na Assembleia, além do chefe da Casa Civil, Otomar Vivian (PP).

A discussão em torno da retirada do plebiscito e da privatização do Banrisul já mobiliza debates no Legislativo. Parte dos deputados tem defendido que o Estado não deve controlar uma instituição financeira. Outra parte, incluindo integrantes da base do governo, discorda. O governador sustenta, desde a campanha eleitoral, que não irá propor a privatização do banco em sua gestão.

CP

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política

Governo não tem plano para resgatar brasileiros, diz embaixador

Publicado

em



O secretário de Comunicação e Cultura do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Leonardo Gorgulho, disse nesta quarta-feira (24) que, até o momento, o Brasil não tem um plano de resgate para retirar os brasileiros que estão na Ucrânia.

Os ataques da Rússia à Ucrânia começaram na madrugada desta quinta-feira (24). Segundo o Itamaraty, cerca de 500 brasileiros estão no país.

“Sobre a existência de plano de resgate, não há plano de resgate, não há da parte do Brasil e de qualquer outro país”, afirmou o embaixador.

O governo brasileiro estuda implementar um plano de evacuação por via terrestre, mas ainda não há data nem ponto de encontro definidos.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Política

PROFESSORES DE ALECRIM COBRAM O CUMPRIMENTO DA LEI DO PISO

Publicado

em



O Ministério da Educação anunciou, no dia 27 de janeiro, o novo valor do Piso Salarial Profissional Nacional para os Profissionais do Magistério Público da Educação Básica (PSPN). Em 2022, o valor será corrigido e o piso da categoria será de R$ 3.845,63, um aumento de 33,24%.

Na noite do dia 03 de fevereiro, os professores da rede municipal de Alecrim estiveram presentes na sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Alecrim, reivindicando o cumprimento da Lei do Piso Nacional do Magistério, e fazendo Repúdio a proposta de aumento de 13% apresentada pela administração pública municipal. Os educadores da rede municipal foram buscar apoio e foram bem recebidos em sua reivindicação pelos vereadores municipais.

A proposta de 13% foi encaminhada a comissão permanente para análise, mas os educadores discutem o valor apresentado, uma vez que o Presidente Jair Bolsonaro e o MEC já divulgaram o aumento, e que o valor deve ser retroativo a contar do dia 01 de janeiro.

Os Professores da rede apresentaram nota de Repúdio e deram um prazo de 30 dias para o cumprimento da Lei Nacional. Caso não ocorra acordo a demanda será encaminhada ao Judiciário e tomadas demais medidas necessárias.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Pesquisa no RS mostra Edegar Pretto e Onyx Lorenzoni empatados

Publicado

em



O deputado estadual Edegar Pretto (PT) e o ministro de Trabalho e Previdência de Jair Bolsonaro, Onyx Lorenzoni (PL), aparecem técnicamente empatados na primeira pesquisa de intenção de voto para o governo do Rio Grande do Sul em 2022. A pesquisa do Instituto Atlas mostra que Pretto está 0,6% na frente de Lorenzoni, o que é considerado, um empate técnico – 18,6% contra 17,8%, respectivamente.

Na sequência, aparece o senador Luis Carlos Heinze (PP), na terceira colocação somando 9,2% das intenções de voto. O vereador de Porto Alegre e ex-deputado estadual, Pedro Ruas (PSOL) está 8,4%, ocupando a quarta colocação. Já o ex-deputado federal, Beto Albuquerque (PSB), aparece com com 7,8%. O vice-governador do Rio Grande do Sul e secretário de Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior (PSDB), está com 4,5%. Enquanto o deputado federal, Alceu Moreira (MDB), tem 3,5% das intenções dos eleitores.

A margem de erro do levantamento é de 3%. Foram entrevistadas 1.001 pessoas entre os dias 17 a 23 de dezembro.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PORTAL PLURAL LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2022 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×