Jovem RS Conectado no Futuro promove empreendedorismo, inovação e criatividade nas escolas – Portal Plural
Connect with us

Ensino

Jovem RS Conectado no Futuro promove empreendedorismo, inovação e criatividade nas escolas

Pável Bauken

Publicado

em



 

Inovação, empreendedorismo, criatividade e educação. A combinação destas quatro áreas, que não é mais inusitada, é uma adaptação a uma realidade em constante mudança. É com isso em mente que o governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), lançou, nesta quarta-feira (4/9), o Jovem RS Conectado no Futuro, um programa estratégico que define as ações de gestão pedagógica e de planejamento da pasta. A iniciativa promove o empreendedorismo, a inovação e a criatividade nas escolas, em parceria com parques tecnológicos e universidades. A proposta é valorizar, apoiar e dar visibilidade e estímulo ao crescimento e ao protagonismo juvenil.

Para o governador Eduardo Leite, é fundamental que as escolas contribuam para que os alunos estejam mais adaptados às exigências do mundo atual. “A educação tem de estar sintonizada com os novos tempos, que exigem muito mais do que o conhecimento formal. Demandam o despertar para habilidades e competências que são requisitadas nesse cenário de uma nova economia, e que exige criatividade, empreendedorismo e inovação”, argumenta.

Com apoio do Ministério da Educação, R$ 10 milhões serão repactuados, neste ano, para organizar ambiências e infraestruturas. O programa também consiste na maior incubadora de projetos na área pública brasileira, com parcerias públicas e privadas e gestão de modelagens inovadoras em educação. A ideia do Jovem RS Conectado no Futuro é potencializar projetos e vocações já existentes em cada uma das 2,5 mil escolas estaduais, responsáveis pelo ensino de quase 1 milhão de estudantes.

A Seduc e as entidades parceiras serão responsáveis pela mentoria do projeto. A intenção é, ao reconhecer a vocação de uma escola, seja conferido um selo que certificará a escola como inovadora, empreendedora ou criativa e, assim, dar margem para que novos projetos com essa ênfase sejam desenvolvidos no colégio ou na região em que ele se localiza.

O secretário da Educação, Faisal Karam, reforçou que o programa serve, também, como forma de motivação, procurando contribuir para que os alunos se mantenham em ambiente escolar. “Temos distorções sérias de série/idade, provenientes da evasão escolar e da repetência, que refletem na questão pedagógica. Esse quadro fica mais grave quando o aluno vem fragilizado em termos de conhecimento e de motivação. O programa surge diante desse cenário, unindo esforços coletivos de entidades públicas e privadas em prol da educação”, destacou.

Até o final de 2019, 20% das 2,5 mil escolas da rede receberão selos que irão certificá-las como escolas criativas, inovadoras e empreendedoras. A meta para 2020 é atingir 40% das escolas. Em 2021, mais 40% e, até 2022, 100% das escolas estarão certificadas.

O projeto conta com a parceria do Sebrae/RS, da Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação, das secretarias de Inovação, Ciência e Tecnologia, da Cultura e do Trabalho e Assistência Social, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS),  da Universidade de Passo Fundo (UPF), da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), do Instituto Federal do RS (IFRS), da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), da Universidade Regional do Noroeste do Estado do RS (Unijuí), da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), da Imed e da Elefante Letrado Plataforma de Leitura.

“Não deixem que ninguém diga que não podem chegar onde querem”, defende Leite

A cerimônia de lançamento do Jovem RS Conectado com o Futuro quebrou o protocolo ao contar com o estudante Yago Calabrese, de 15 anos, como mestre de cerimônias. O aluno da Escola Estadual de Ensino Médio Ernesto Alves de Oliveira, de Santa Cruz do Sul, é um exemplo do perfil de estudante inovador e criativo que o programa pretende formar e incentivar.

O também estudante Vinicius Cosmann, 17 anos, da Escola Técnica Estadual Celeste Gobbato, de Palmeira das Missões, foi chamado ao palco para discursar e fez um apelo às autoridades presentes. “Acreditem na juventude”, declarou.

Em sua fala, o governador Eduardo Leite relembrou do tempo em que, aos 15 anos, decidiu ser líder do Grêmio Estudantil da escola onde estudava, em Pelotas. “Também fui um jovem provocador e questionador. É preciso não só ser jovem de idade, mas de ideias. Não deixem que nada os desmotive e que ninguém diga que vocês não podem chegar onde querem”, reforçou.

Selos

Escola inovadora
Estimula os estudantes a desenvolver habilidades e competências que fomentem a inovação, o pensar e o fazer científico, usando recursos tecnológicos para produzir autoria. Prepara os estudantes para enfrentar os desafios do século 21 com criatividade, por meio de metodologias ativas, conteúdos virtuais, resolução de problemas e desafios, estabelecendo conexões e cooperações com os demais agentes do processo.

Escola criativa
Estimula os estudantes a desenvolver habilidades e competências sócio-emocionais, culturais e ambientais, por meio de metodologias ativas. Enfatiza a aprendizagem colaborativa dos estudantes, o sentimento de pertencimento e o reconhecimento de redes de interação, valorizando e respeitando as diferenças. A premissa básica é possibilitar que os estudantes encontrem espaços que permitam expressividade, escuta e acolhimento.

Escola empreendedora
Estimula os estudantes a desenvolver habilidades e competências que fomentem o protagonismo. Enfatiza a aprendizagem criativa e colaborativa, e a “mão na massa”, voltados para a inserção no mundo do trabalho e na cocriação de soluções dos próprios desafios e da comunidade.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ensino

EMEI Pingo de Gente é inaugurada

Reporter Cidades

Publicado

em



A Prefeitura de Santa Rosa, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Educacional entregou na tarde de quarta-feira 19, o novo prédio que vai abrigar os alunos da EMEI Pingo de Gente.

A solenidade de inauguração contou com a presença do Vice-prefeito Luís Antônio Benvegnú, da secretária municipal de Educação, Maria da Graça Zimmermann, e da vereadora Lires Zimmermann Führ, que representou a câmara, além de profissionais, técnicos, diretores da Rede Municipal de Ensino, vereadores, secretários de governo e pais.

A nova escola na modalidade creche é pré-escola vai acolher 140 crianças distribuídas em duas turmas de berçário, três turmas de maternal e duas turmas de pré-escola, atendendo em sua grande maioria em turno integral com quatro refeições diárias organizadas conforme nutricionista responsável, suporte de atendimento com psicólogas e um olhar pedagógico especial de cuidado por parte das professoras, monitoras e diretora.

Fonte: Prefeitura Municipal de Santa Rosa

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Destaque

UNINTER realiza doação de material escolar do trote solidário

Pável Bauken

Publicado

em



Para completar a alegria do Polo UNINTER Santa Rosa, nessa quarta-feira (19/02), foi realizada a entrega dos materiais escolares arrecadados através do trote solidário para a Pós-graduanda em Psicopedagogia Charise Machado que juntamente com amigas desenvolveram o PROJETO SERVIR, onde já auxiliaram cerca de 200 famílias carentes.

Através do trote solidário, foi arrecadado cerca de 400 itens de material escolar. “Agradecemos a todos os alunos que abraçaram esta causa juntamente com o Polo UNINTER de Santa Rosa e a Psicopedagoga Charise Machado, que dará o melhor destino deste material, onde sensibilizou-se e continua lutando para ajudar essa nobre causa”, disse Fernanda Milani Mohr, Gestora do Polo UNINTER Santa Rosa.

Aproximadamente 200 alunos ingressaram em diversos cursos de graduação, dentre eles os cursos: Design de Animação, Coaching e Desenvolvimento Humano, Publicidade e Propaganda, Engenharias, Jornalismo, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Recursos Humanos, Serviço Social, Gerontologia, Administração, Licenciatura em Pedagogia, História, Educação Física e todos participaram do TROTE SOLIDÁRIO, a fim de contribuir para mais um projeto social.

A UNINTER vem contribuindo com doações de alimentos não perecíveis para entidades de assistência social de Santa Rosa, o projeto TROCA SOLIDÁRIA, onde existem pontos de coletas nos mercados da rede Coopermil, você pode trocar 1kg de alimento por um livro.

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Ensino

Escola de Bela União completa 94 anos

Pável Bauken

Publicado

em



A Escola Érico Veríssimo, localizada na comunidade Bela União, completou 94 anos no dia 14 de fevereiro. Na oportunidade recebeu seus professores e deu início à preparação para o ano letivo. O primeiro dia de aula foi na segunda-feira, 17, junto com as demais unidades de ensino, contando com 98 alunos matriculados no Ensino Fundamental.

Sob a direção do professor Carlos Schüller, a Escola passa a vivenciar outra realidade a partir de agora, pois foi desligada do Estado para ser incorporada à rede municipal. “Trabalharemos para fazer desta uma escola modelo para o interior, em que haja incentivo ao jovem para ficar nas propriedades rurais e vislumbrar as oportunidades que o campo oferece. Precisamos muito do CPM e da comunidade neste momento”, comentou Schüller.

A vereadora Lires Zimmermann, que visitava o educandário do qual foi aluna, enfatizou todo o esforço da Secretaria Municipal de Educação para manter a escola em atividade, tendo em vista que o Estado sinalizava o fechamento da unidade. “A comunidade pediu a manutenção, então esta é a hora de unirmos esforços para vencer os desafios que se apresentam. A equipe de professores e funcionários é vital nesse processo de crescimento que se projeta”, observou Lires.

A diretora da Secretaria de Educação Thêmis Patias lembrou a importância dos elos comunitários, a expressividade das lideranças e as oportunidades que se abrem a partir da gestão municipalizada. “É uma nova realidade. Esperamos que a Escola volte ao seu brilho e que cresça”, disse.

Nascida no seio da Igreja Luterana, a Escola Érico Veríssimo passou depois ao Governo do Estado e agora foi municipalizada. Ela foi instituída cinco anos antes da emancipação de Santa Rosa e já formou centenas de alunos.

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Trending

×