Inverno começa oficialmente nesta quinta-feira (20) e terá a maior noite do ano
Connect with us

Clima/Tempo

Inverno começa oficialmente nesta quinta-feira (20) e terá a maior noite do ano

Publicado

em

portal plural inverno começa oficialmente nesta quinta feira (20) e terá a maior noite do ano
Foto: Divulgação

FAST AÇAÍ15 topo humberto pluralNuverabanner plano0 goldAcademia Persona

O inverno no Hemisfério Sul começa oficialmente nesta quinta-feira (20), às 17h50, horário de Brasília. A transição do outono para a estação mais fria do ano é marcada pelo solstício, um fenômeno em que a Terra atinge o ponto mais distante do Sol.

A palavra solstício vem do latim e significa “Sol parado”. Isso porque, a olho nu, o Sol parece interromper sua trajetória ao alcançar esse ponto. Nesse dia, não se nota a mudança na posição do Sol ao nascer ou se pôr.

Segundo Thiago Gonçalves, astrônomo e diretor do Observatório do Valongo, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, o solstício ocorre duas vezes por ano – em junho e dezembro. Devido à inclinação do eixo terrestre, um hemisfério recebe mais luz solar quando é verão, enquanto o outro recebe menos, marcando o início do inverno.

Em junho, o Hemisfério Sul recebe menos luz solar, resultando na noite mais longa do ano

À medida que o planeta e o Sol se aproximam novamente, a duração das noites diminui até que dia e noite tenham a mesma duração. Este ponto é chamado equinócio, que também ocorre duas vezes por ano – em setembro e março – marcando o início do outono e da primavera.

Essas mudanças na Terra, em termos de temperatura e vegetação, dependem da quantidade de luz solar recebida em cada região. As áreas próximas à Linha do Equador, como o Norte e o Nordeste do Brasil, sofrem menos variações. Os polos, por sua vez, experimentam mudanças mais extremas devido à inclinação da Terra.

O ciclo completo até o próximo solstício de inverno dura 365 dias, 48 minutos e 46 segundos. Devido a esses minutos e segundos extras, o calendário é ajustado a cada quatro anos com o ano bissexto, que tem 366 dias.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe

Clima/Tempo

Santa Rosa terá dia ensolarado com início do veranico no RS

Publicado

em

portal plural santa rosa terá dia ensolarado com início do veranico no rs

15 topo humberto pluralAcademia PersonaFAST AÇAÍbanner plano0 goldNuvera

O sol brilhará em todo o Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (18), marcando o início de um veranico que se estenderá até o dia 25 de julho. Apesar do tempo firme, algumas áreas podem apresentar períodos de nebulosidade ao longo do dia. As temperaturas sobem, principalmente à tarde, enquanto manhãs e noites permanecem frias.

A região Norte do estado registrará as temperaturas mais altas, com máxima prevista de 25°C em Novo Tiradentes. Já as mínimas mais baixas, de 3°C, ocorrerão em São José dos Ausentes e Soledade, na Serra gaúcha. No Noroeste, a variação será de 8°C a 25°C.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

Veranico na segunda quinzena de julho trará temperaturas até 10°C acima da média no RS

Publicado

em

portal plural veranico na segunda quinzena de julho trará temperaturas até 10°c acima da média no rs
Foto: Divulgação
FAST AÇAÍNuveraAcademia Persona15 topo humberto pluralbanner plano0 gold

Após uma primeira quinzena de frio intenso, a segunda metade de julho trará um veranico ao Rio Grande do Sul. Segundo a Climatempo, as temperaturas podem ficar até 10°C acima da média para o período, trazendo de volta a sensação de calor ao estado. A elevação das temperaturas será gradual, com um período mais quente começando na sexta-feira (19). Guilherme Borges, meteorologista da Climatempo, afirma que os próximos dias serão de tempo seco, com predomínio de sol e aumento gradual das temperaturas. Na terça-feira (16), ainda pode chover na faixa norte do Estado, mas os volumes serão insignificantes.

— De 19 a 26 de julho, o Rio Grande do Sul enfrentará temperaturas acima do normal. O Estado deve passar por um veranico, conforme indicado por dois modelos meteorológicos convergentes. O tempo será firme e quente — explica Schneider.

Na região oeste do Rio Grande do Sul, em áreas como a Campanha, que registrou mínimas negativas nas últimas semanas, as temperaturas devem ficar de 4°C a 6°C acima da média. Em algumas regiões, podem ultrapassar de 8°C a 10°C do habitual para o período. Em Uruguaiana, na Fronteira Oeste, a temperatura mínima média geralmente é de 12°C ou 13°C. Se ficar de 8°C a 10°C acima, pode chegar a 23°C. As máximas, que costumam ser em torno de 19°C, podem atingir 27°C ou 28°C, o que é quente para essa época do ano. — Será uma situação incomum para julho, que normalmente não apresenta veranicos — exemplifica Schneider.

No Norte e Noroeste — especialmente nos municípios que fazem divisa com Santa Catarina — as máximas podem alcançar ou ultrapassar os 30°C.

Bloqueio atmosférico Segundo Borges, o retorno do calor será provocado por um bloqueio atmosférico na região central do Brasil, que envolve áreas de alta pressão, inibindo a formação de nuvens de chuva, retirando a umidade e elevando as temperaturas.

Retorno da chuva A partir do dia 24 de julho, o cenário mudará com o retorno da chuva, que deve amenizar um pouco o calor. As temperaturas permanecerão de 2°C a 4°C acima da média. No dia 26, os termômetros devem voltar à normalidade.

Fonte: GZH

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Clima/Tempo

Semana terá retorno do sol e temperaturas em elevação no RS

Publicado

em

portal plural (1)
Foto: Divulgação
FAST AÇAÍ15 topo humberto pluralNuverabanner plano0 goldAcademia Persona

Depois de um período de frio e muita instabilidade, os gaúchos devem ganhar um alívio nas condições do tempo a partir desta segunda-feira (15). A expectativa da meteorologia é de que a maior parte do Rio Grande do Sul tenha dias de sol entre nuvens e temperaturas em elevação, pelo menos até o meio da semana. A previsão da Climatempo indica que, nesta segunda, o sol deve reaparecer entre nuvens ao longo de todo o dia. Não há expectativa de chuva em praticamente todo o Estado. Apenas na faixa litorânea a expectativa é um pouco diferente: o tempo pode ficar instável com possibilidade de chuva a qualquer momento.

A massa de ar polar que estava  no Rio Grande do Sul nos dias anteriores começa a perder força, e as temperaturas passam a se elevar em algumas áreas. Na Serra, porém, o frio intenso ainda deve predominar. Na terça-feira, mantém-se a condição de tempo estável em praticamente todo o Estado, com o sol predominando entre nuvens.

A previsão é de que esse cenário permaneça inalterado na quarta-feira (17), com tempo firme e sem chuva no Rio Grande do Sul. Os termômetros devem continuar registrando marcas mais elevadas. Espera-se a formação de nevoeiros na faixa central, no Oeste e na Campanha.

Em Santa Rosa,  a máxima deve chegar a 26ºC na quinta e na sexta-feira,

Essa situação pode mudar apenas a partir da outra semana, mas ainda é um pouco cedo para dizermos como vai ficar o tempo para os gaúchos porque vai depender de como as frentes frias provenientes da Argentina vão se comportar — acrescenta Alves.

Fonte: GZH
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×